Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Memórias do Subsolo (1864)

de Fyodor Dostoevsky

Outros autores: Veja a seção outros autores.

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
12,579156495 (4.05)3 / 372
Classic Literature. Fiction. HTML:

Notes from the Underground is Fyodor Dostoevsky's 1864 masterpiece following the ranting, slightly unhinged memoir of an isolated, anonymous civil servant. A dramatic monologue in which the narrator leaves himself open to ridicule and reveals more of his weaknesses than he intends, this influential short novel lays the ground work for the political, religious, moral and political ideas that are explored in Dostoevsky's later works.

.… (mais)
Adicionado recentemente porRMSbrooklyn, Oldmod2, Bellum-Meum, wvrossem3, GOSILIUS, CuriF, biblioteca privada, chemilibris, Bambean
Bibliotecas HistóricasAyn Rand, Astrid Lindgren, T. E. Lawrence, Walker Percy
1860s (14)
My TBR (111)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

» Veja também 372 menções

Inglês (137)  Espanhol (4)  Italiano (4)  Holandês (3)  Sueco (3)  Grego (1)  Húngaro (1)  Português (Brasil) (1)  Francês (1)  Todos os idiomas (155)
O Homem do Subterrâneo é, em suas próprias palavras, "um homem doente". Ao interagir com alguém, ele vê apenas o potencial para dominar ou ser dominado. As relações humanas, para ele, são uma doença. É rancoroso, assustado e envergonhado de sua condição e da sua incapacidade para mudar. A fim de mitigar a dor dessa auto-consciência tão dolorosamente aguda tal, registra suas "confissões" sobre as abrasivas interações com os outros. As "confissões", embora "sinceras" expressões de auto-aversão e de um desejo tortuoso para mudar, acabam sendo, em última análise, desonestas. Ele não consegue mesmo terminar algumas entradas no diário por causa da consciência de que confessar a uma "plateia" invisível só lhe propicia conforto artificial e raso alívio. O Homem do Subterrâneo fantasia sobre como se tornar forte, uma pessoa desejável, para em seguida criticar essas fantasias e sua confiança nas próprias construções e imagens de "força", "desejabilidade", e "retidão" que ele tanto despreza. É a irredutibilidade deste ciclo que faz com que ele se envergonhe da sua condição de desamparo. No entanto, é também atormentado pela culpa: de alguma forma, vê dentro de si a capacidade de mudar. Seu íntimo auto-conhecimento da redutibilidade da "consciência" leva-o a reconhecer, como nas palavras de Sartre, que o homem é "condenado à liberdade." "Notas do Subsolo" é o primeiro romance existencialista e também o primeiro romance com stream of consciousness (fluxo da consciência). ( )
  jgcorrea | Jan 3, 2019 |

» Adicionar outros autores (156 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Dostoevsky, Fyodorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Adrian, EsaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Aplin, HughTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Appelbaum, StanleyEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cansinos Assens, RafaelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coulson, JessieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dekker, PietTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
FitzLyon, KyrilTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Garnett, ConstanceTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Geier, SwetlanaÜbersetzerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ginsburg, MirraTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ginzburg, LeoneContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Guidall, GeorgeNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hughes, JennyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ingold, Felix PhilippTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kallama, ValtoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kennedy, Paul E.Designer da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
López-Morillas, JuanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lönnqvist, BarbaraTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pacini, GianlorenzoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pacini, GianlorenzoEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pevear, RichardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Polledro, AlfredoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Praag, S. vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Randall, NatashaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Redl, ChristianNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Roseen, UllaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Self, WillPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Simonelli, PeteNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Smith, PhilipEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Steiner, GeorgePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Volokhonsky, LarissaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

Tem um guia de estudo para estudantes

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I am a sick man. ... I am a spiteful man.
I am a sick man... I am a wicked man.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"I wished to stifle with external sensations all that was ceaselessly boiling up inside me."
"...because for a woman it is in love that all resurrection, all salvation from ruin of whatever sort, and all regenerations consists, nor can it reveal itself in anything but this."
"Leave us to ourselves without a book and we'll immediately get confused, lost -- we won't know what to join, what to hold to, what to love and what to hate, what to respect and what to despise."
At home, I merely used to read. Reading stirred, delighted, and tormented me.
It is impossible for an intelligent man seriously to become anything, and only fools become something.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

Classic Literature. Fiction. HTML:

Notes from the Underground is Fyodor Dostoevsky's 1864 masterpiece following the ranting, slightly unhinged memoir of an isolated, anonymous civil servant. A dramatic monologue in which the narrator leaves himself open to ridicule and reveals more of his weaknesses than he intends, this influential short novel lays the ground work for the political, religious, moral and political ideas that are explored in Dostoevsky's later works.

.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Biblioteca Histórica: Fyodor Dostoevsky

Fyodor Dostoevsky tem uma Biblioteca Histórica. As bibliotecas históricas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Biblioteca Históricas.

Veja de Fyodor Dostoevsky o perfil histórico.

Veja de a página de autor deFyodor Dostoevsky.

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.05)
0.5 5
1 20
1.5 10
2 119
2.5 29
3 375
3.5 120
4 826
4.5 132
5 889

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 205,973,552 livros! | Barra superior: Sempre visível