Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

The Canterbury Tales

de Geoffrey Chaucer, David Wright

Outros autores: Veja a seção outros autores.

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
22,130169183 (3.71)2 / 716
Classic Literature. Fiction. Poetry. HTML:

Geoffrey Chaucer's fourteenth-century masterpiece The Canterbury Tales is such a rollicking good read that you'll forget many critics and scholars also regard it as one of the most important literary works in English. A group of pilgrims are traveling together to visit a holy shrine at the Canterbury Cathedral. Along the way, they decide to hold a storytelling contest to pass the time, with the winner to be awarded a lavish feast on the return trip. The tales offered up in turn by each of the travelers run the full gamut of human emotion, ranging from raucous and ribald jokes to heartrending tales of doomed romance. Even if you don't consider yourself a fan of classic literature, The Canterbury Tales is worth a read.

.… (mais)
  1. 90
    The Decameron de Giovanni Boccaccio (thecoroner)
  2. 102
    Dom Quixote de Miguel de Cervantes Saavedra (Othemts)
  3. 70
    Walking to Canterbury : A modern journey through Chaucer's medieval England de Jerry Ellis (amyblue)
  4. 60
    Piers Plowman de William Langland (myshelves)
    myshelves: Some similar themes are covered, especially with regard to religious issues.
  5. 40
    The Mercy Seller de Brenda Rickman Vantrease (myshelves)
    myshelves: The Mercy Seller, a novel about the religious ferment in the early 15th century, features a Pardoner who is not happy about the portrayal of the Pardoner in The Canterbury Tales.
  6. 20
    The Pentameron de Richard Burton (KayCliff)
  7. 10
    Tales of Count Lucanor de Manuel Juan (caflores)
  8. 10
    Finbar's Hotel de Dermot Bolger (JenniferRobb)
    JenniferRobb: Both contain stories of travelers who have stopped to "rest" in their journey.
  9. 11
    The Canterbury Tales de Seymour Chwast (kxlly)
  10. 11
    Life in the Medieval University de Robert S. Rait (KayCliff)
  11. 11
    Um Espelho Distante: o terrível século XIV de Barbara W. Tuchman (Cecrow)
    Cecrow: Nonfiction study of Chaucer's period, with several references to his Tales.
AP Lit (81)
BitLife (56)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

» Veja também 716 menções

Exibindo 2 de 2
s um dos livros que ajudaram a formar a literatura ocidental tal como a conhecemos: comédia, costumes fustigados e a graça infinita de um titã da imaginação. Publicado pela primeira vez em 1475, Contos da Cantuária é uma coleção magistral de histórias de cavalaria, alegorias morais e farsa desbragada. Tudo começa a partir de um certame entre peregrinos acerca das melhores histórias de cavalaria e romances. Rico e diverso, o livro descortina - com crueza e lirismo, graça e deboche - o universo social e cultural da Inglaterra em plena Idade Média. Anedotas, ciclos cavalheirescos, escatologia, ensinamentos edificantes e muita caricatura surgem nas histórias desses peregrinos que rumam em direção à Cantuária, onde pretendem visitar o túmulo de São Thomas Becket.
Vertido para o português com maestria, mas sem deixar de lado o humor e a diversão, o livro tem tudo para cativar leitores de todas as idades. ( )
  jgcorrea | Oct 17, 2022 |
The Canterbury Tales are at the same time a historical and literary reading. Through the characters you can see a whole frame of representations from Middle Ages. From the women of Bath to merchant, prayers, prioesses, friars... religious, economical, burguois and low society. This book is an incredible source for scholars, students and readers. ( )
  marciliogq | Jul 5, 2009 |
Exibindo 2 de 2

» Adicionar outros autores (169 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Chaucer, Geoffreyautor principaltodas as ediçõesconfirmado
David Wrightautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Allen, MarkEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Altena, Ernst vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ambrus, Victor G.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bantock, NickIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Barisone, ErmannoEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Barnouw, A.J.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bennett, J. A. W.Noteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Boenig, RobertEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bragg, MelvynPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Burton, RaffelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cawley, A. C.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Caxton, WilliamPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coghill, NevillTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fisher, John H.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Forster, PeterIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
French, Robert D.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gual, VictòriaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hanning, Robert W.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hieatt, A. KentEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hieatt, ConstanceEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hill, Frank ErnestTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kent, RockwellIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kolve, V. A.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Latham, RobertGeneral editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Levi, PeterBlurberautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lounsbury, Thomas Raynesfordautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lumiansky, R.MTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Manly, John MatthewsEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
NeCastro, GerardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nicolson, J. U.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pearsall, DerekIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Skeat, Walter W.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stearn, TedDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Taylor, AndrewEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tuttle, PeterTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Untermeyer, LouisIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wain, JohnIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wright, DavidTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Pertence à série publicada

Está contido em

Contém

É reescrito em

Tem a adaptação

É resumida em

É parodiada em

Inspirado

Tem como guia de referência/texto acompanhante

Tem como suplemento

Tem um comentário sobre o texto

Tem um guia de estudo para estudantes

Guia para Professores e Ensino

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
. . . I have translated some parts of his works, only that I might perpetuate his memory, or at least refresh it, amongst my countrymen. If I have altered him anywhere for the better, I must at the same time acknowledge, that I could have done nothing without him. . . .

JOHN DRYDEN on translating Chaucer
Preface to the Fables
1700

------

And such as Chaucer is, shall Dryden be.

ALEXANDER POPE
Essay on Criticism
1711

(Penguin Classics, Nevill Coghill ed., 1974 reprint).
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For
Hester Lewellen
and for
Larry Luchtel
For Richard Freeman, Brian Bell, Glynne Wickham, Peter Whillans, Graham Binns

(Penguin Classics, Nevill Coghill ed., 1974 reprint).
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
When the sweet showers of April have pierced
The drought of March, and pierced it to the root,
And every vein is bathed in that moisture
Whose quickening force will engender the flower;
And when the west wind too with its sweet breath
Has given life in every wood and field
To tender shoots, and when the stripling sun
Has run his half-course in Aries, the Ram,
And when small birds are making melodies,
That sleep all the night long with open eyes,
(Nature so prompts them, and encourages);
Then people long to go on pilgrimages,
And palmers to take ship for foreign shores,
And distant shrines, famous in different lands;
And most especially, from all the shires
Of England, to Canterbury they come,
The holy blessed martyr there to seek,
Who gave his help to them when they were sick.
When in April the sweet showers fall
And pierce the drought of March to the root, and all
The veins are bathed in liquor of such power
As brings about the engendering of the flower,
When also Zephyrus with his sweet breath
Exhales an air in every grove and heath
Upon the tender shoots, and the young sun
His half-course in the sign of the Ram has run,
And the small fowl are making melody
That sleep away the night with open eye
(So nature pricks them and their heart engages)
Then people long to go on pilgrimages
And palmers long to seek the stranger strands
Of far-off saints, hallowed in sundry lands,
And specially, from every shire's end
Of England, down to Canterbury they wend
To seek the holy blissful martyr, quick
To give his help to them when they were sick.

(translated by Nevill Coghill, 1951)
Once upon a time, as old stories tell us, there was a duke named Theseus;  Of Athens he was a lord and governor, And in his time such a conqueror, That greater was there none under the sun.
[Preface] The first part of this Norton Critical Edition of "The Canterbury Tales: Seventeen Tales and the General Prologue"--the glossed Chaucer text--is addressed specifically to students making their first acquaintance with Chaucer in his own language, and it takes nothing for granted.
[Chaucer's Language] There are many differences between Chaucer's Middle English and modern English, but they are minor enough that a student can learn to adjust to them in a fairly short time.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Sloth makes men believe that goodness is so painfully hard and so complicated that it requires more daring than they possess, as Saint George says.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This record is for the unabridged Canterbury Tales. Please do not combine selected tales or incomplete portions of multi-volume sets onto this record. Thank you!
The ISBN 0192510347 and 0192815970 correspond to the World's classics editions (Oxford University Press). One occurrence, however, is entitled "The Canterbury Tales: A Selection".
Editores da Publicação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (4)

Classic Literature. Fiction. Poetry. HTML:

Geoffrey Chaucer's fourteenth-century masterpiece The Canterbury Tales is such a rollicking good read that you'll forget many critics and scholars also regard it as one of the most important literary works in English. A group of pilgrims are traveling together to visit a holy shrine at the Canterbury Cathedral. Along the way, they decide to hold a storytelling contest to pass the time, with the winner to be awarded a lavish feast on the return trip. The tales offered up in turn by each of the travelers run the full gamut of human emotion, ranging from raucous and ribald jokes to heartrending tales of doomed romance. Even if you don't consider yourself a fan of classic literature, The Canterbury Tales is worth a read.

.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Revisores inicias do LibraryThing

O livro de Geoffrey Chaucer, The Canterbury Tales, estava disponível em LibraryThing Early Reviewers.

Current Discussions

Folio Archives 323: The Canterbury Tales by Geoffrey Chaucer 1990 em Folio Society Devotees

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.71)
0.5 7
1 81
1.5 17
2 222
2.5 28
3 720
3.5 108
4 933
4.5 79
5 695

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 207,003,231 livros! | Barra superior: Sempre visível