Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Born to Be Bad [1950 film]

de Nicholas Ray, Edith Sommer (Screenwriter)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas
512,362,192 (3)Nenhum(a)

Nenhum(a).

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Born to Be Bad (1950)

Joan Fontaine – Christabel
Robert Ryan – Nick
Zachary Scott – Curtis

Joan Leslie – Donna
Mel Ferrer – Gobby
Harold Vermilyea – John Caine
Virginia Farmer – Aunt Clara

Screenplay by Edith Sommer and Charles Schnee, based on the novel by Anne Parrish
Directed by Nicholas Ray

Black and white. 90 min.

=========================================

I love you so much I wish I liked you.

I can watch with pleasure pretty much everything with Joan Fontaine in the lead. The way she raises her left eyebrow is enough to seduce me. Here she raises the entertainment value of a rather weak script. Christabel is a profoundly selfish vamp “as helpless as a wildcat” who manipulates men with enviable virtuosity. This is a long way from Joan’s shy and innocent characters in Rebecca (1940) and Suspicion (1941). This has led to the widespread opinion that she was miscast. I beg to differ. Joan gives a stellar performance. She chooses subtlety over histrionics, and for my part she is dead right. She is lucky with her leading men, too. Both are excellent. Robert Ryan is perfect as an arrogant writer who loves Christabel but doesn’t like her (that’s a bummer). He is a restless man not cut out to be “backstreet boy”. Dashing and dark-eyed Zachary Scott is engaged to the ravishing Joan Leslie (Velma in High Sierra, remember her?), but that is no obstacle for Christabel. It’s really too bad that the script never so much as attempts to rise above lacklustre melodrama. The ending is edifying in the most disgustingly conventional way. In theory, this could have been a sizzling drama or even a classic film noir. It is nothing like that, alas, and quite a bit lighter than Nicholas Ray’s best work, such as In a Lonely Place (1950). Only the outstanding cast – Joan Fontaine above all – makes this tripe watchable, indeed enjoyable. ( )
  Waldstein | Mar 1, 2020 |
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Nicholas Rayautor principaltodas as ediçõescalculado
Sommer, EdithScreenwriterautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Ferrer, Melautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Fontaine, Joanautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Leslie, Joanautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Ryan, Robertautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Scott, Zacharyautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3)
0.5
1
1.5
2 1
2.5
3 1
3.5
4 1
4.5
5

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 154,586,636 livros! | Barra superior: Sempre visível