Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Kim
Carregando...

Kim (1901)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
7,497170889 (3.83)3 / 486
Filled with lyrical, exotic prose and nostalgia for Rudyard Kipling's native India, "Kim" is widely acknowledged as the author's greatest novel and a key element in his winning the 1907 Nobel Prize in Literature. It is the tale of an orphaned sahib and the burdensome fate that awaits him when he is unwittingly dragged into the Great Game of Imperialism. During his many adventures, he befriends a sage old Tibetan lama who transforms his life. As Pankaj Mishra asserts in his Introduction, "To read the novel now is to notice the melancholy wisdom that accompanies the native boy's journey through a broad and open road to the narrow duties of the white man's world: how the deeper Buddhist idea of the illusion of the self, of time and space, makes bearable for him the anguish of abandoning his childhood."… (mais)
Membro:teafairy
Título:Kim
Autores:
Informação:Publisher Unknown
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

Kim de Rudyard Kipling (1901)

  1. 51
    Rikki-Tikki-Tavi de Rudyard Kipling (John_Vaughan)
  2. 30
    Quest for Kim: In Search of Kipling's Great Game de Peter Hopkirk (DuncanHill)
    DuncanHill: Hopkirk follows Kim's travels across India, exploring the places and the historical events and people which inspired Kipling.
  3. 31
    The Far Pavilions de M. M. Kaye (MarthaJeanne)
    MarthaJeanne: I think that Ash in Far Pavillions was based partly on Kim. Both books deal with the ambivalence between cultures of those who were brought up in a different culture to the one they belonged to by birth and later education. Both are also great adventure stories that take place during the British Raj in India. The big difference being that Kim only deals with childhood, but Ash has to go on to life as an adult.… (mais)
  4. 31
    Citizen of the Galaxy de Robert A. Heinlein (aulsmith)
    aulsmith: Another orphan meets a helpful older man with a mission
  5. 10
    As Aventuras de Huckleberry Finn de Mark Twain (CGlanovsky)
    CGlanovsky: Orphaned kid with plenty of street-smarts embarks on a dangerous journey interwoven with high-stakes matters from the adult world (Slavery/Russo-British Espionage).
  6. 21
    About a Boy de Nick Hornby (melmore)
  7. 00
    Carnets du Yoga n° 1 - Janvier 1979 de Gérard Blitz (Joop-le-philosophe)
  8. 11
    The Riddle of the Sands de Erskine Childers (ed.pendragon)
    ed.pendragon: More spying and skulduggery
  9. 22
    Midnight's Children de Salman Rushdie (Gregorio_Roth)
    Gregorio_Roth: The book is a modern interpretation of KIM in a number of ways. I think it will complete your point of view on Imperialism and India.
  10. 12
    The Sea, the Sea de Iris Murdoch (thorold)
    thorold: Two books that demonstrate that it's possible to use a Buddhist holy man to power the plot of a complex modern novel without getting all mystical and Hermann Hesse.
  11. 12
    Kolymsky Heights de Lionel Davidson (wandering_star)
    wandering_star: Both these books feature cunning, clever spies who speak several languages and can pass for several different nationalities - they are also both great adventures.
Asia (62)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Inglês (162)  Alemão (2)  Holandês (2)  Sueco (1)  Catalão (1)  Finlandês (1)  Francês (1)  Todos os idiomas (170)
Mostrando 1-5 de 170 (seguinte | mostrar todas)
The 1963 (not 1979) edition of Kipling's 1901 excellent adventure of a boy and his lama (Tibetan holy man). ( )
  Jimbookbuff1963 | Jun 5, 2021 |
This book is probably Kipling's most problematic - though Stalky & Co. comes close. It's also Kipling's most eloquent work, and the perfect example of how a sexist, racist, imperialist can show love for those they consider utterly beneath them.

I try to re-read it every couple of years for the words - and the reminder that sweet *censored* pants, humans are utterly terrifying in their capacity to demean and diminish those they have the slightest iota of power over. ( )
  wetdryvac | Mar 2, 2021 |
Grew up with this book. Hard to see it with an adult eye. ( )
  Ma_Washigeri | Jan 23, 2021 |
Rudyard Kipling's "Kim: 1901 (the first) edition, illustrated" is remarkable for the beauty of detail rendered in the bas-relief illustrations included in the kindle version. Usually, in my experience, illustrations, photos, maps do not add to the worth of kindle e-books (as read on a paper-white). In this case, however, the prints by Rudyard's father, John Lockwood Kipling add beauty and detail to this classic novel.
In addition to providing the illustrations, Kipling's father also provided a character for the novel: that of the curator of the old original Lahore Museum which figured as the Wonder House or Ajaib Ghar, a post the elder Kipling once held. The curator, though nameless, is not inconsequential as he receives the iron pen-case from Kim's companion, a Tibetan lama whom Kim has taken responsibility for, and the pen-case touches upon the dénouement.
Kim is a self-reliant, street-wise boy when he sets out with the old lama as his chela (disciple). The lama searches for a mystical stream that "whoso bathes in it washes away all taint and speckle of sin." Kim has his own search - for a red bull on a green field.
Kim becomes entangled in colonial espionage when he meets Colonel Creighton of the Ethnological Survey, Mahbub Ali, a Mohamad horse trader, and Hurree Chunder Mookerjee, a Bengali man of letters. The novel is a tale of the adventures that follow, but the book is so much more than an adventure - it also depicts a spiritual search and struggle and the power of the bonds of universal brotherhood.
  RonWelton | Dec 19, 2020 |
Kim & the Great Game
  ritaer | May 19, 2020 |
Mostrando 1-5 de 170 (seguinte | mostrar todas)

» Adicionar outros autores (85 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Kipling, Rudyardautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Biseo, CesareArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Carrington, Charles EdmundIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cohen, MortonIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cooper, SusanIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cosham, RalphNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dastor, SamNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hilton, MargaretNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jacques, RobinIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kipling, John LockwoodIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Meyers, JeffreyIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Millar, H. R.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mishra, PankajIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rolland, VéroniqueArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Said, Edward W.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sandison, AlanEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Serra, RenatoPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sharma, MadhavNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vance, SimonNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vincenzi, FioraTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Weeks, Edwin LordArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Kim (1950IMDb)
Kim (1955IMDb)
Kim (1984IMDb)
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Oh ye who tread the Narrow Way

By Tophet-flare to Judgment Day,

Be gentle when the heathen pray

To Buddha at Kamakura!
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
He sat, in defiance of municipal orders, astride the gun Zam-Zammah on her brick platform opposite the old Ajaib-Gher - the Wonder House, as the natives call the Lahore Museum.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
Filled with lyrical, exotic prose and nostalgia for Rudyard Kipling's native India, "Kim" is widely acknowledged as the author's greatest novel and a key element in his winning the 1907 Nobel Prize in Literature. It is the tale of an orphaned sahib and the burdensome fate that awaits him when he is unwittingly dragged into the Great Game of Imperialism. During his many adventures, he befriends a sage old Tibetan lama who transforms his life. As Pankaj Mishra asserts in his Introduction, "To read the novel now is to notice the melancholy wisdom that accompanies the native boy's journey through a broad and open road to the narrow duties of the white man's world: how the deeper Buddhist idea of the illusion of the self, of time and space, makes bearable for him the anguish of abandoning his childhood."

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Biblioteca Histórica: Rudyard Kipling

Rudyard Kipling tem uma Biblioteca Histórica. As bibliotecas históricas são bibliotecas privadas de leitores famosos introduzidas por membros do LibraryThing que integram o grupo Biblioteca Históricas.

Veja de Rudyard Kipling o perfil histórico.

Veja de a página de autor deRudyard Kipling.

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.83)
0.5 1
1 21
1.5 4
2 55
2.5 22
3 211
3.5 61
4 325
4.5 50
5 268

Penguin Australia

3 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0141332506, 0141442379, 0141199970

Tantor Media

Uma edição deste livro foi publicada pela Tantor Media.

» Página Web de informação sobre a editora

Urban Romantics

Uma edição deste livro foi publicada pela Urban Romantics.

» Página Web de informação sobre a editora

Recorded Books

Uma edição deste livro foi publicada pela Recorded Books.

» Página Web de informação sobre a editora

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 159,243,573 livros! | Barra superior: Sempre visível