Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

One Day In The Life Of Ivan Denisovich de…
Carregando...

One Day In The Life Of Ivan Denisovich (original: 1962; edição: 1962)

de Alexander Solzhenitsyn (Autor), Ralph Parker (Tradutor), David King (Designer da capa), Ernst Neizvestny (Artista da capa)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
11,282180455 (4.03)451
One Day in the Life of Ivan Denisovich brilliantly portrays a single day, any day, in the life of a single Russian soldier who was captured by the Germans in 1945 and who managed to escape a few days later. Along with millions of others, this soldier was charged with some sort of political crime, and since it was easier to confess than deny it and die, Ivan Denisovich "confessed" to "high treason" and received a sentence of 10 years in a Siberian labor camp.… (mais)
Membro:jhoxley
Título:One Day In The Life Of Ivan Denisovich
Autores:Alexander Solzhenitsyn (Autor)
Outros autores:Ralph Parker (Tradutor), David King (Designer da capa), Ernst Neizvestny (Artista da capa)
Informação:E. P. Dutton & Co. (1963), Edition: Third Printing, Paperback, 144 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Russian, Literature, Fiction, unread, robert, penguin, 20th

Detalhes da Obra

One Day in the Life of Ivan Denisovich de Alexander Solzhenitsyn (1962)

  1. 70
    The Gulag Archipelago, 1918-1956: An Experiment in Literary Investigation (Volume One, Parts I-II) de Aleksandr Solzhenitsyn (editfish)
    editfish: A novella exploring a typical day in the life of a 'slogger' in one of Stalin's prison (Destructive Labor) camps.
  2. 50
    Darkness at Noon de Arthur Koestler (BGP, chrisharpe)
  3. 40
    Life and Fate de Vasily Grossman (chrisharpe)
  4. 30
    Kolyma Tales de Varlam Shalamov (Eustrabirbeonne)
  5. 20
    Forest of the Gods de Balys Sruoga (satanburger)
    satanburger: the account of a man from the lithuanian intelligentsia who was imprisoned in a concentration camp by the nazis and kept there by the soviets. very dark humour.
  6. 20
    If This Is a Man de Primo Levi (Eustrabirbeonne)
  7. 11
    If This Is a Man / The Truce de Primo Levi (hazzabamboo)
    hazzabamboo: Levi's memoir of Auschwitz is more 'literary', longer and bleaker, but both are gripping and extremely well written.
  8. 00
    The Day Will Pass Away: The Diary of a Gulag Prison Guard: 1935-1936 de Ivan Chistyakov (meggyweg)
  9. 00
    Without You, There Is No Us: My Time with the Sons of North Korea's Elite de Suki Kim (bks1953)
  10. 00
    Prisoner without a Name, Cell without a Number de Jacobo Timerman (eromsted)
Read (57)
Europe (120)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 451 menções

Inglês (170)  Espanhol (3)  Francês (2)  Sueco (1)  Húngaro (1)  Holandês (1)  Alemão (1)  Catalão (1)  Todos os idiomas (180)
Mostrando 1-5 de 180 (seguinte | mostrar todas)
This was a quick, interesting read. But I just…didn’t really vibe with this book. It wasn’t bad, it was just slow and kind of mundane in my opinion for something that’s 100 pages. Maybe it was just the writing of the time, but I just didn’t really like it. As I said, it was an interesting read. Just not for me. ( )
  historybookreads | Jul 26, 2021 |
classic russian lit. Gulag life. ( )
  reader1009 | Jul 3, 2021 |
Excellent bok about the absolute despair of the Soviet gulags, it was used by Nikita Kruschchev to denounce Josef Stalin. Who knew how such mundane things such as food, sleep, and a smoke could take such a role in such desolate circumstances? ( )
  Jimbookbuff1963 | Jun 5, 2021 |
A short book - 144 pages that literally traces the events of a single day. The premise is that everyday is no different than this. Just more of the same, over and over. It traces the way the prisoners endured their unpredictable stays in the prison camps of Joseph Stalin in post war Russia with just a hint of it being the early days of the Korean war. They endure freezing cold constructing camps for others to eventually live in in an area no one would likely choose to come to on their own. Their coping mechanisms are extremely well thought out, they have nothing but time on their hands. There are endless counts to see if anyone has tried to escape even though escape in this area is likely to lead to death just from the cold. They work from dawn til dusk and often even on Sundays. What jumps out is the inhumanity that abounds. Almost everyone knows how and when to be cruel to another. Punishment is severe and not infrequently leads to death, but not today. The author clearly speaks from experience. It is hard to imagine that the coping mechanisms are just something he made up. Ivan has a good day, extra gruel, extra bread, created a wall of bricks with his gang mates, overcame obstacles such as non-working equipment, boot legged ways to cover windows to help keep warm, smuggles in some steel to make a knife to cut food, gets some tobacco, talks with gang mates, avoids making the guards angry, gets food from a gangmate package after showing him the ropes, yells at others occasionally, in short lives the good life for yet another day. ( )
  Ed_Schneider | Jun 2, 2021 |
Hard work does not always pay off. More so when you are a prisoner in a Gulag labour camp. And like some kind of a secret known to us all, it's cope with a mind-over-matter mindset. This pays off despite the harsh and unfair game of survival of the fittest under a temperature of -14 °C. A day may feel like an eternity but this one day in Ivan Denisovich's life, amidst the small hiccups through ordinary display of abuse and power, is slow and mostly okay. Interestingly, if not for its unforgettable setting, this may all seem eerily familiar and frightening. All the toiling, the exhaustion, the futile efforts of working to live and living to work—minus the visible prison bars, camp guards, and explicit rules—are synonymous to a prison themselves. But there's got to be a way out, isn't it? ( )
  lethalmauve | Jan 25, 2021 |
Mostrando 1-5 de 180 (seguinte | mostrar todas)
This quiet tale has struck a powerful blow against the return of the horrors of the Stalin system. For Solzhenitsyn's words burn like acid.
 

» Adicionar outros autores (227 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Solzhenitsyn, Alexanderautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Hayward, MaxTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hingley, RonaldTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kalb, Marvin L.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Labedz, LeopoldIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lahtela, MarkkuTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Neizvestny, ErnstArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Parker, RalphTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Shonk, KatherineIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tvardovsky, AlexanderPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Valiulina, SanaPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vries, Theun dePosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vries, Theun deTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Willetts, Harry T.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zelma, GeorgiCover photographerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Stalinism ( [1924][1953])
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
[Translator's Dedication] To my grandson, Dmitri Ivanovich, with thoughts of the future
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
As usual, at five o'clock that morning reveille was sounded by the blows of a hammer on a length of rail hanging up near the staff quarters.
[Foreword] The raw material of life which serves as a basis for A. Solzhenitsyn's story is unusual in Soviet literature.
[Introduction] Bertolt Brecht once observed that a country which needs heroes is an unfortunate one.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Apart from sleep, the only time a prisoner lives for himself is ten minutes in the morning at breakfast, five minutes over dinner, and five at supper.
There was truth in that. Better to growl and submit. If you were stubborn they broke you.
You should rejoice that you're in prison. Here you have time to think about your soul.
When you’re cold, don’t expect sympathy from someone who’s warm.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Please do not combine editions that include other works, or critical companions and study guides (such as Monarch Notes Study Guides) with this original 1962 novel. Thank you.
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

One Day in the Life of Ivan Denisovich brilliantly portrays a single day, any day, in the life of a single Russian soldier who was captured by the Germans in 1945 and who managed to escape a few days later. Along with millions of others, this soldier was charged with some sort of political crime, and since it was easier to confess than deny it and die, Ivan Denisovich "confessed" to "high treason" and received a sentence of 10 years in a Siberian labor camp.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.03)
0.5 1
1 14
1.5 9
2 73
2.5 16
3 392
3.5 130
4 904
4.5 131
5 707

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

Penguin Australia

2 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0141184744, 0141045353

Recorded Books

Uma edição deste livro foi publicada pela Recorded Books.

» Página Web de informação sobre a editora

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 162,532,115 livros! | Barra superior: Sempre visível