Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Way of the Samurai (Musashi, Book 1) de Eiji…
Carregando...

Way of the Samurai (Musashi, Book 1) (original: 1971; edição: 1989)

de Eiji Yoshikawa

Séries: Musashi (1 of 5)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1682127,789 (4.11)1
Membro:cosmicspyder
Título:Way of the Samurai (Musashi, Book 1)
Autores:Eiji Yoshikawa
Informação:Pocket (1989), Edition: Musashi Book 1, Paperback
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

The Way of the Samurai de Eiji Yoshikawa (1971)

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 1 menção

Miyamoto Musashi (cerca de 1584 d.C.- 1645) foi um guerreiro espadachim, pintor, autor de "O Livro dos Cinco Anéis". Muito apropriadamente, a história de "Musashi" começa logo após o desfecho da batalha de Sekigahara, num cenário de desolação e morte, com um diálogo entre os fracassados Shinmen Takezo (posteriormente Musashi) e seu amigo Hon'iden Matahachi.

Em "Musashi" é narrada a história desse guerreiro, que busca se aperfeiçoar não só na arte da espada, mas também espiritualmente. Originalmente publicada em vários episódios em jornal japonês, a narrativa consiste em diversas situações vividas por Musashi em seu caminho de aperfeiçoamento.

Em certos aspectos, a história chega a se assemelhar a uma telenovela: muitos são os personagens (que nem sempre são bem desenvolvidos pelo autor) e encontros e desencontros são constantes. Às vezes às pessoas conhecidas se separam, perdem-se umas das outras e, depois de algum tempo, encontram-se em situações inusitadas, para posteriormente se desencontrarem de novo. Paixão, amor, relacionamentos afetivos desfeitos, relacionamentos afetivos iniciados, são temas que também integram a trama.

O livro é muito interessante, entre outras razões, pelas curiosidades que contém sobre o Japão feudal. É estimulante ler sobre xoguns, samurais, ronins, imperadores, bem como sobre seus conflitos. Figuras reais e suas circunstâncias são constantemente citadas, seja ao longo do texto, seja em curtas notas de rodapé que em nada atrapalham a leitura. Diga-se de passagem, como afirmado na introdução a esta edição, "Musashi" é para o Japão (e para quem quer compreendê-lo) o que "E o vento levou" é para os Estados Unidos.

Para quem gosta de ler sobre o Japão, samurais, ou aprecia uma típica aventura de espada, Musashi é muito recomendado. ( )
  Papirofagia | Jun 2, 2006 |
sem resenhas | adicionar uma resenha

Pertence à série

Musashi (1 of 5)
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.11)
0.5
1
1.5
2 1
2.5
3 5
3.5 3
4 10
4.5
5 12

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 162,149,460 livros! | Barra superior: Sempre visível