Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Culture & communication : the logic by which…
Carregando...

Culture & communication : the logic by which symbols are connected : an… (edição: 1976)

de Edmund Ronald Leach

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas
73Nenhum(a)284,081 (4.5)Nenhum(a)
Edmund Leach's book investigates the writings of 'structuralists,' and their different theories: the general incest theory and of animal sacrifice. This book is designed for the use of teaching undergraduates in anthropology, linguistics, literary studies, philosophy and related disciplines faced with structuralist argument. It provides the prolegomena necessary to understand the final chapter of Levi-Strauss's massive four-volume Mythologiques. Some prior knowledge of anthropological literature is useful but not essential. The principal ethnographic source is the Book of Leviticus; this guide should help anyone who is trying to grasp the essentials of 'seminology' - the general theory of how signs and symbols come to convey meaning. The author's core thesis is that: 'the indices in non-verbal communication systems, like the sound elements in spoken language, do not have meaning as isolates, but only as members of set'; the book's special merit is that it makes this kind of jargon comprehensible in terms of our everyday experience.… (mais)
Membro:sbronner
Título:Culture & communication : the logic by which symbols are connected : an introduction to the use of structuralist analysi
Autores:Edmund Ronald Leach
Informação:Cambridge [Eng.]; Cambridge University Press, 1976. 105 p. : ill. ; 24 cm.
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

Culture and Communication: The Logic by which Symbols Are Connected. An Introduction to the Use of Structuralist Analysis in Social Anthropology de Edmund Leach

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem resenhas
sem resenhas | adicionar uma resenha

Pertence à série

Pertence à série publicada

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Edmund Leach's book investigates the writings of 'structuralists,' and their different theories: the general incest theory and of animal sacrifice. This book is designed for the use of teaching undergraduates in anthropology, linguistics, literary studies, philosophy and related disciplines faced with structuralist argument. It provides the prolegomena necessary to understand the final chapter of Levi-Strauss's massive four-volume Mythologiques. Some prior knowledge of anthropological literature is useful but not essential. The principal ethnographic source is the Book of Leviticus; this guide should help anyone who is trying to grasp the essentials of 'seminology' - the general theory of how signs and symbols come to convey meaning. The author's core thesis is that: 'the indices in non-verbal communication systems, like the sound elements in spoken language, do not have meaning as isolates, but only as members of set'; the book's special merit is that it makes this kind of jargon comprehensible in terms of our everyday experience.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4.5)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4 1
4.5
5 1

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,901,875 livros! | Barra superior: Sempre visível