Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Diary Of A Young Girl: The Definitive…
Carregando...

The Diary Of A Young Girl: The Definitive Edition (original: 1947; edição: 1997)

de Anne Frank (Autor), Otto Frank (Editor), Mirjam Pressler (Editor), Susan Massotty (Tradutor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
4,901931,648 (4.21)56
The diary as Anne Frank wrote it. At last, in a new translation, this definitive edition contains entries about Anne's burgeoning sexuality and confrontations with her mother that were cut from previous editions. Anne Frank's The Diary of a Young Girl is among the most enduring documents of the twentieth century.… (mais)
Membro:vrajmohan
Título:The Diary Of A Young Girl: The Definitive Edition
Autores:Anne Frank (Autor)
Outros autores:Otto Frank (Editor), Mirjam Pressler (Editor), Susan Massotty (Tradutor)
Informação:Penguin Books Ltd (1997), Edition: Definitive Ed, 352 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

Diary of a Young Girl: The Definitive Edition de Anne Frank (1947)

  1. 10
    Ruth Maier's Diary: A Young Girl's Life Under Nazism de Ruth Maier (JessamyJane)
  2. 10
    Maus de Art Spiegelman (artturnerjr)
    artturnerjr: Two stories of the Holocaust. One is in prose, the other is in comics format; both are appealing to diverse audiences.
  3. 10
    Night de Elie Wiesel (LiteraryReadaholic)
  4. 00
    The Book Thief de Markus Zusak (LiteraryReadaholic)
  5. 00
    Anne Frank's Tales from the Secret Annex de Anne Frank (Cecrow)
  6. 00
    Mischling, Second Degree: My Childhood in Nazi Germany de Ilse Koehn (SusannainSC)
    SusannainSC: The other side of the coin: a German Jew who survived - in the Nazi Youth.
  7. 00
    Hidden Letters de Deborah Slier & Ian Shine (meggyweg)
    meggyweg: Two collections of writings by two teenage victims of the Holocaust in the Netherlands.
  8. 00
    Between Shades of Gray de Ruta Sepetys (kraaivrouw)
    kraaivrouw: Great stories of hope and survival in the face of brutality and genocide
  9. 03
    The Help de Kathryn Stockett (infiniteletters)
    infiniteletters: Lest we forget the lost
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 56 menções

Escrito entre 12 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944, O Diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947, por iniciativa de seu pai, revelando ao mundo o dia a dia de dois longos anos de uma adolescente forçada a esconder-se, juntamente com a sua família e um grupo de outros judeus, durante a ocupação nazi da cidade de Amesterdão. Todos os que se encontravam naquele pequeno anexo secreto acabaram por ser presos em agosto de 1944, e em março de 1945 Anne Frank morreu no campo de concentração de Bergen-Belsen, a escassos dois meses do final da guerra na Europa. O seu diário tornar-se-ia um dos livros de não ficção mais lidos em todo o mundo, testemunho incomparável do terror da guerra e do fulgor do espírito humano. Conheça todas as obras da Educação Literária na nossa página especial. O Diário de Anne Frank de Anne Frank
  Jonatas.Bakas | Apr 24, 2021 |
Não lido.
  claramenezes | Feb 15, 2021 |
I never got to read this in school and reading it as an adult was interesting, both from a historical point of view and from a personal story/character study perspective.

It's amazing how real Anne felt, like a real person. I doubt my prose at her age could have achieved such vivid imagery. The logistics of 8 people hiding in such a small space for such a long time and in such difficult circumstances were fascinating to me, too. I do have to say that some passages felt... not genuine. Perhaps Anne was trying on different personas and opinions as she was developing and growing as a person but every now and again there'd be a passage that just didn't ring true. The diaries have been authenticated so I suppose it was all her work. I would have loved to see what kind of adult she would have grown up into and I can't help picturing their arrest and how Anne must have felt, her emotions about being found and arrested, and then going to prison and the camps. Was she optimistic till the last moment? I hope so. ( )
  JuliaMay | Dec 10, 2020 |
This book captures the attention of some many readers , allowing you enter in a world where things are negatively changing and tomorrow is not promise . The Dairy of A Young Girl : The Definitive Edition takes place in Frankfurt Germany where a jewish girl named Anne Frank is hiding along with her family from Nazis , who plan to captive all jewish people to place them in concentration camp. The book will connect well when focusing on World War too and some of the most tragic one events to ever take place. ( )
  Haley.c143 | Nov 17, 2020 |
Escrito entre 14 de junho de 1942 e 1 de agosto de 1944, O Diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947, por iniciativa de seu pai, revelando ao mundo o dia a dia de dois longos anos de uma adolescente forçada a esconder-se, juntamente com a sua família e um grupo de outros judeus, durante a ocupação nazi da cidade de Amesterdão.

Todos os que se encontravam naquele pequeno anexo secreto acabaram por ser presos em agosto de 1944, e em março de 1945 Anne Frank morreu no campo de concentração de Bergen-Belsen, a escassos dois meses do final da guerra na Europa. O seu diário tornar-se-ia um dos livros de não-ficção mais lidos em todo o mundo, testemunho incomparável do terror da guerra e do fulgor do espírito humano. ( )
  LuisFragaSilva | Nov 8, 2020 |
Mostrando 1-5 de 93 (seguinte | mostrar todas)
Her extraordinary commitment to the immediacy of individual experience in the face of crushing circumstance is precisely what has made Anne Frank's "Diary" -- since the first edition of the book appeared in the Netherlands in 1947 -- the single most compelling personal account of the Holocaust
 

» Adicionar outros autores (22 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Frank, Anneautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Frank, Otto H.Editorautor secundáriotodas as ediçõesconfirmado
Cameron, EuanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Massotty, SusanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mooyaart-Doubleday, B.M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pressler, MirjamEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Roosevelt, EleanorIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wiesel, ElieIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Foreword: Anne Frank kept a diary from June 12, 1942, to August 1, 1944.
June 12, 1942: I hope I will be able to confide everything to you, as I have never been able to confide in anyone, and I hope you will be a great source of comfort and support.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
[April 5, 1944] I don't want to have lived in vain like most people. I want to be useful or bring enjoyment to all people, even those I've never met. I want to go on living even after my death!
Ode to My Fountain Pen / In Memoriam
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The Definitive Edition of Anne Frank's Diary is complete and unabridged. Earlier editions were significantly edited by her father Otto H. Frank. Please see http://www.librarything.com/topic/563... for further discussion.
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (6)

The diary as Anne Frank wrote it. At last, in a new translation, this definitive edition contains entries about Anne's burgeoning sexuality and confrontations with her mother that were cut from previous editions. Anne Frank's The Diary of a Young Girl is among the most enduring documents of the twentieth century.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4.21)
0.5
1 3
1.5 2
2 31
2.5 4
3 100
3.5 25
4 263
4.5 33
5 349

Penguin Australia

3 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 014118275X, 0141315180, 0141032006

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,773,209 livros! | Barra superior: Sempre visível