Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Little Stranger de Sarah Waters
Carregando...

The Little Stranger (original: 2009; edição: 2010)

de Sarah Waters

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
4,5803261,846 (3.6)1 / 815
One dusty postwar summer in his home of rural Warwickshire, Dr. Faraday is called to a patient at lonely Hundreds Hall, the residence of the Ayres family for more than two centuries. Its owners, mother, son and daughter, are struggling to keep pace with a changing society, as well as conflicts of their own. But the Ayreses are haunted by something more sinister than a dying way of life.… (mais)
Membro:pridecentreedmonton
Título:The Little Stranger
Autores:Sarah Waters
Informação:Riverhead Trade (2010), Edition: 1 Reprint, Paperback, 528 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:ON SHELF

Detalhes da Obra

Estranha presença de Sarah Waters (2009)

Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

» Veja também 815 menções

Inglês (311)  Holandês (4)  Finlandês (3)  Espanhol (2)  Francês (2)  Italiano (1)  Sueco (1)  Catalão (1)  Todos os idiomas (325)
Mostrando 1-5 de 325 (seguinte | mostrar todas)
Still so annoyed that the film version disappeared after a week in the SF Bay Area. Creepy narrator infiltrating a problematic family in a possessed house! Sarah Waters always satisfies, and this a was different kind of story from her other books but still a blast. ( )
  flemertown | Jul 10, 2021 |
Adult fiction; suspense/horror. Really creepy; you never really find out what exactly is responsible for all the misfortunes that befall the Ayres family at the Hundreds mansion, but it is definitely evil, and definitely scary. ( )
  reader1009 | Jul 3, 2021 |
After reading mixed reviews, I wasn't sure what to expect and almost quit listening to the audio book. I'm glad I didn't.

I rounded up from 3.5 because Sarah Waters is a great story teller. I felt it was a bit longer than it needed to be but, contrary to many others, I enjoyed the end. Quite a bit. ( )
  amcheri | May 25, 2021 |
I read Fingersmith earlier this year and absolutely loved it so I came to this novel with pretty high expectations, especially since it follows in the Gothic horror tradition that I also love. However...I found this book pretty dull at times. It meandered quite a bit in the beginning and I never got a very good sense of Dr. Faraday as a character. I've seen a number of people comparing this to Shirley Jackson's work, particularly We Have Always Lived in the Castle, but Jackson has a brisk style that works better with this sort of story. Waters let the tension build nicely in parts (and the whole sequence with the mother near the end was great) but way too often she would deflate it all with mundane details that ultimately just left me bored. I'm eager to read more of Waters but this wasn't the best novel for me to turn to next with her. ( )
  jobinsonlis | May 11, 2021 |
The Little Stranger is set post-World War II in the English countryside. Hundreds, the house where most of the action takes place, has a gothic atmosphere that seems to fascinate the narrator of the story, Dr. Faraday. His mother was once a housemaid there and he becomes the family doctor. The family is much reduced; the son was injured in the war and the estate is in dire straits. Strange things begin to occur to the family, and the doctor is drawn in despite his belief that the problems are more psychological than paranormal.
It took me a long time to read this book, though I did put it down for quite a long while. While the writing is lovely, the plot is very slow. Ultimately, I found the ending unsatisfying; I didn't really expect the spirit of the daughter or a poltergeist to be identified, but things are somewhat left hanging with the doctor not really resolving his feeling toward the family or the house. ( )
  N.W.Moors | Feb 5, 2021 |
Mostrando 1-5 de 325 (seguinte | mostrar todas)
While at one turn, the novel looks to be a ghost story, the next it is a psychological drama of the calibre of du Maurier's Rebecca. But it is also a brilliantly observed story, verging on comedy, about Britain on the cusp of the modern age.
adicionado por passion4reading | editarThe Independent, Joy Lo Dico (May 31, 2009)
 
In the end, though, however fresh the prose, confident the plotting and astute the social analysis, The Little Stranger has a slightly secondhand feel to it. Waters is clearly at the top of her game, with few to match her ability to bring the past to life in a fully imagined world. I look forward to the book in which she leaves behind past templates, with their limitations, and breaks away to make her own literary history.
adicionado por souloftherose | editarThe Guardian, Tracey Chevalier (May 31, 2009)
 
I guess the Waters fans I spoke to were right to be anxious. There is plenty of lovely writing here, and the plot wasn't so dissatisfying that it put me off entirely. But it made me wary. Should I be? Or is it her worst work? Or, indeed, am I missing something? Over to you.
 
The Little Stranger, like all the best works of postmodernist fiction, acknowledges both that making up stories is a mistaken and hopeless way to try to understand the world, and at the same time that it’s the best – perhaps the only – way we have.
 
The story ends in madness, suicide and a creepy darkness reminiscent of Daphne du Maurier's "Rebecca" -- mixed with jolts of anxiety and social upheaval reminiscent of today's news.
 

» Adicionar outros autores (7 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Waters, Sarahautor principaltodas as ediçõesconfirmado
中村有希訳Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bartocci, MaurizioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bützow, HeleneTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Borges, Ana Luiza DantasTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Defossé, AlainTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dewey, AmandaDesignerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gawlik-Małkowska, MagdalenaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Groen, NicoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ho, AndreaDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kwakkel, RichardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Leibmann, UteTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Puchalská, Barbora PungeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rooijen, Lucie vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ropret, AlenkaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Trevillions, MichaelArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vance, SimonNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zulaika, JaimeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
林曉芳Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Сафронова, АлександраTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Pertence à série publicada

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To my parents, Mary and Ron, and my sister, Deborah.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I first saw Hundreds Hall when I was ten years old.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I'd regularly heard her referred to locally as 'rather hearty', a 'natural spinster', a 'clever girl' - in other words she was noticeably plain.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

One dusty postwar summer in his home of rural Warwickshire, Dr. Faraday is called to a patient at lonely Hundreds Hall, the residence of the Ayres family for more than two centuries. Its owners, mother, son and daughter, are struggling to keep pace with a changing society, as well as conflicts of their own. But the Ayreses are haunted by something more sinister than a dying way of life.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.6)
0.5 1
1 32
1.5 6
2 115
2.5 41
3 393
3.5 194
4 566
4.5 87
5 199

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 160,468,068 livros! | Barra superior: Sempre visível