Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

The Time: Night

de Lyudmila Petrushevskaya

Outros autores: Veja a seção outros autores.

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1732160,898 (3.77)24
First published in Russia in 1992, The Time: Night is a darkly humorous depiction of the Soviet utopia's underbelly by one of the most brilliant stylists in contemporary Russian literature. Anna Andrianova is a trite poet and disastrous parent. Heading a household dominated by women, she can cling to the myth of the all-powerful yet suffering Russian matriarch. Challenging that myth is her headstrong daughter Alyona, a woman with appalling judgment and several illegitimate children, who both needs Anna and hates her.… (mais)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 24 menções

Exibindo 2 de 2
The Russian character, so many, yet so individual. ( )
  wbwilburn5 | Jun 13, 2012 |
Anna, whose full name sounds very much like a famous Russian poet (she's practically her namesake!), is trying to make a living as a writer and poet, while keeping her family fed and under control. Her elderly mother is demented or psychotic, her daughter keeps getting pregnant by different men (Anna already looks after six year-old Tima, the oldest of her grandchildren), and her son is just out of prison (and his "friends" are looking for him - the ones that he owes money to).

In an engaging, spirited voice, laced with irony and a dark wit, Anna tells us her story, which is both familiar and foreign. She's tough, fierce, and exhausted. Published in 1992, her tale exposes the (then) contemporary struggle of many Russians, particularly women, in sitcom fashion. Yes, I found it darkly funny, but ultimately heartbreaking. ( )
  avaland | Jan 29, 2011 |
Exibindo 2 de 2
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (3 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Lyudmila Petrushevskayaautor principaltodas as ediçõescalculado
Laird, SallyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Pertence à série publicada

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
He can't understand that when you are out visiting you don't just rush up to people's dressing-tables and start grabbing things, all the little vases and knick-knacks and scent bottles, and especially the little jewellery cases.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

First published in Russia in 1992, The Time: Night is a darkly humorous depiction of the Soviet utopia's underbelly by one of the most brilliant stylists in contemporary Russian literature. Anna Andrianova is a trite poet and disastrous parent. Heading a household dominated by women, she can cling to the myth of the all-powerful yet suffering Russian matriarch. Challenging that myth is her headstrong daughter Alyona, a woman with appalling judgment and several illegitimate children, who both needs Anna and hates her.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.77)
0.5
1
1.5
2
2.5
3 7
3.5 2
4 10
4.5
5 3

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 208,613,815 livros! | Barra superior: Sempre visível