Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Cyrano de Bergerac (1897)

de Edmond Rostand

Outros autores: Veja a seção outros autores.

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
7,474911,225 (4.13)147
One of the most beloved heroes of the stage, Cyrano de Bergerac is a magnificent wit who, despite his many gifts, feels that no woman can ever love him because of his enormous nose. He adores the beautiful Roxanne but, lacking courage, decides instead to help the tongue-tied but winsome Christian woo the fair lady by providing him with flowery sentiments and soulful poetry. Roxanne is smitten-but is it Christian she loves or Cyrano? A triumph from the moment of its 1897 premiere, Cyrano de Bergerac has become one of the most frequently produced plays in the world. Its perennial popularity is a tribute to the universal appeal of its themes and characters.… (mais)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 147 menções

Inglês (70)  Francês (11)  Italiano (4)  Espanhol (2)  Catalão (1)  Português (1)  Todos os idiomas (89)
Mostrando 1-5 de 89 (seguinte | mostrar todas)
Ӕ
  AnkaraLibrary | Feb 23, 2024 |
This version is complete and unabridged. Translation by Brian Hooker. ( )
  Kiri | Dec 24, 2023 |
E che dovrei fare?
Cercare un protettore potente,
di un padrone farmi servente,
e come un'edera scura che si avvince a un tronco
e lo corteggia leccandogli la corteccia,
arrampicarmi con l'astuzia invece di elevarmi con la forza?
No, grazie. […] Ma... cantare,
sognare, ridere, muoversi, esser solo, esser libero,
aver vista cristallina e voce argentina,
quando va, mettersi il cappello di traverso,
per un sì, per un no, battersi – o scrivere un verso!
Lavorare senza preoccuparsi di gloria e fortuna,
per quel viaggio tanto pensato sulla luna!


Cirano è una delle mie canzoni preferite di Francesco Guccini. Quindi, ad oggi, mi chiedo come mai ho aspettato così tanto per leggere Cyrano de Bergerac di Rostand. Nel caso non conosceste nessuno dei due, vi invito ad ascoltare la prima e leggere il secondo, perché sono entrambi meravigliosi.

Uomo refrattario al compromesso, Cyrano è pronto a difendere le proprie opinioni con spada e lingua tagliente e a guardare con disprezzo chi non ha la medesima forza. Non gli importa se questo suo comportamento gli fa guadagnare numerosi nemici, anzi se ne compiace (Dispiacere è il mio piacere. / Amo esser odiato.). Cyrano è semplicemente troppo nobile d'animo per abbassarsi ad essere un leccac**o come tanti: sa che ottenere il successo tramite il servilismo non sarebbe degno di lui.

È un personaggio estremo, Cyrano, e anche contraddittorio: da un uomo così votato all'autenticità non ci aspetteremmo che accetti di celare la sua parola elegante dietro il bell'aspetto dell'amico Cristiano per far sì che quest'ultimo conquisti l'incantevole Rossana. Già, perché?

Sapendo che il vero Cyrano de Bergerac (il personaggio storico, intendo) era omosessuale, le interpretazioni di quest'amore per interposta persona si sprecano. Personalmente, questa vicenda mi ha richiamato alla mente il De Profundis di Oscar Wilde.

Infatti, così come Wilde rifiutò gli appoggi per uscire libero dal tribunale, Cyrano rinuncia a dire la verità a Rossana. Pur nella diversità delle due vicende, Wilde e Cyrano mi sono sembrati accomunati dalla stessa impossibilità di discostarsi dai loro principi. Erano (o si sentivano) troppo grandi per abbassarsi e svilirsi così. Come dice Wilde nel De Profundis, solo i peccati dell'anima sono vergognosi. Cyrano (come Wilde) non è uno sciocco: sa che quella vicenda, quell'inganno non può finire bene, eppure vi si dedica alacremente e ottiene il cuore di Rossana per Cristiano. E alla fine, quando arriverà la sconfitta, troverà la forza di accoglierla in piedi, con spada e lingua sguainate, fiero di aver combattuto anche con la consapevolezza di una disfatta certa. ( )
  lasiepedimore | Aug 30, 2023 |
More like a 2.5 star book.

I liked how it started, with people of all sorts coming in to see a play. It was fun to think about the different types of people portrayed, and how over the centuries us humans don't really change that much. There's always the stuffy middle-agers taking themselves very seriously, the young fellas pulling pranks and acting out, the vain young men strutting around and provoking others. It's somehow sweet to see. All that happened during the acts in the theater was tops.

Then came the wooing, the main event. What an absolute snooze-fest. Cyrano's long-windedness, which is what Roxane loves most about him/Christian, is flat-out boring to this modern reader. We get it, she's hot and you have the feels, WRAP IT UP.

Then we are on the frontlines of a siege in the war between France and Spain. Here things perked up considerably. And that moment when Roxane's carriage rolls into camp - I about died! It was so unexpected and brilliant. This love triangle is brought to a head, but then with a little twist our author avoids the explosion. What what what?! So then does Roxane marry Cyrano to give us the happy ending, or does she marry the villain-whose-name-I-forget and break our hearts? OMG NEITHER. It is so perfectly done.

So the first and last acts were really good, but that middle dragged the whole thing down. I've got it at 2 stars right now, but as it percolates in my subconscious and conscious over the next few days I might bump it up. ( )
  blueskygreentrees | Jul 30, 2023 |
I think this reread (via the LATW website) was my 4th or 5th time. While I enjoyed it as always, this translation by Anthony Burgess wasn't the best one I have experienced. Or maybe it was the way the play was adapted... in any case, something about it was just not up to my expectations. However, the interview with Sue Lloyd, author of The Man Who Was Cyrano: A Life of Edmond Rostand, included at the conclusion of the play brings my rating up to 4.5*. I had no idea that Cyrano & Roxanne were historical figures from the 17th century! I had assumed that Rostand had made them up.

This recording has the following cast:
Caroline Aaron as Lise/Mother Marguerite
Hugo Armstrong as Le Bret
Kalen Harriman as Foodseller/Others
Gregory Itzin as Comte De Guiche
Hamish Linklater as Cyrano
Anna Mathias as Duenna/Others
Morgan Ritchie as Valvert/Bellerose/Others
Jason Ritter as Christian
André Sogliuzzo as Ragueneau/Ligniere/Others
Devon Sorvari as Roxane
Matthew Wolf as Cuigy/Others ( )
  leslie.98 | Jun 27, 2023 |
Mostrando 1-5 de 89 (seguinte | mostrar todas)

» Adicionar outros autores (87 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Rostand, Edmondautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bair, LowellTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Besnier, PatrickPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bigliosi Franck, CinziaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brissaud, PierreIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Burgess, AnthonyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Connor, PeterIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cronk, NicholasIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cuomo, FrancoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dole, Helen B.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Donne, RichardDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fry, ChristopherTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gips, PhilDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Guillemard, Mary F.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hall, GertrudeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hooker, BrianTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hooker, BrianTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pavis, PatriceEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Thomas, GladysTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Untermeyer, LouisTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em Francês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
It was to the soul of CYRANO that I intended to dedicate this poem.
But since that soul has been reborn in you, COQUELIN, it is to you that I dedicate it.
- E. R.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The hall of the Hotel de Bourgogne in 1640.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This is the play by Edmond Rostand. It should not be combined with any adaptation (e.g., do not combine it with any film adaptation).
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico
One of the most beloved heroes of the stage, Cyrano de Bergerac is a magnificent wit who, despite his many gifts, feels that no woman can ever love him because of his enormous nose. He adores the beautiful Roxanne but, lacking courage, decides instead to help the tongue-tied but winsome Christian woo the fair lady by providing him with flowery sentiments and soulful poetry. Roxanne is smitten-but is it Christian she loves or Cyrano? A triumph from the moment of its 1897 premiere, Cyrano de Bergerac has become one of the most frequently produced plays in the world. Its perennial popularity is a tribute to the universal appeal of its themes and characters.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.13)
0.5
1 7
1.5 3
2 31
2.5 5
3 197
3.5 30
4 351
4.5 38
5 439

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 207,027,229 livros! | Barra superior: Sempre visível