Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

De l'Orateur : Livre I de Cicéron
Carregando...

De l'Orateur : Livre I (edição: 2003)

de Cicéron (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
414445,712 (3.66)5
Contains Cicero's De Oratore and Brutus, influential sources over the centuries for ideas on rhetoric and train­ing for public leadership. The De Oratore, written in 55 B.C., argues that rhetoric is socially significant because states are established and main­tained through the leadership of eloquent men. The three books of dialogues in this volume feature discussions between well-known figures in Roman history, in­cluding Lucius Crassus, Marcus An­tonius, Quintus Lutatius Catulus, Quin­tus Marcius Scaevola, Caius Aurelius Cotta, Julius Caesar Strabo Vopicus, and Publius Sulpicus Rufus. The Brutus continues the theme of the dialogues, giving a history of eminent orators whose performances exemplify the Ciceronian theory that rhetoric final­ly adds up to leadership.… (mais)
Membro:Isababeau
Título:De l'Orateur : Livre I
Autores:Cicéron (Autor)
Informação:Les Belles lettres (2003), 264 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

On the orator [De oratore] de Marcus Tullius Cicero (Author)

Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 5 menções

Exibindo 4 de 4
SOBRE EL ORADOR

Algo sobre el autor:
Marco Tulio Ciocerón , nació en el seno de una familia acomodada que no pertenecía a la élite senatorial y sera Cicerón el primero de su familia en llegar al Senado; es decir fue un" homo novus":Acontecio en el año 106 a.C en la ciudad de Arpino ,cercana a Roma. Fue educado en la retórica, la jurisprudencia y la filosofía por los mejores maestros , destacando en estos campos lo que le convertiria en el mejor orador de Roma _no es de extrañar por tanto esta obra_. Con 16 años participa en la guerra social a las ordenes de Pompeyo y quiza también en la campaña contra los marsos bajo el mando de Sila. Pero nunca destaco en las armas , sucampo de batalla fué el Foro y sus armas las palabras.
A los 25 años pronuncia otro en relación a un parricido.
A posteriori viaja por Grecia perfeccionando su retórica y filosofía. A su regreso Sila había dejado la dictadura , Roma era distinta así empezo a los 30 el "Cursus Honorum" siendo elegido "quaestor "en el 75 a.C.
A los 39 es elegidom praetor .Llegaría a ocupar la maistratura máxima , el consulado pocos años después fue desterrado .
Fue asesinado en el $3 a.C por partidarios de Marco Antonio .

Sobre la obra:
Dividida en tres libros, en ella se dirige a su hermano Quinto donde con peculiar estilo le va a narrar en un supuesto dialogo que tiene lugar en el 98
a.C , entre distintos personajes de la Roma del momento en el que precisamente se hablara sobre oratoria,podría haber optado por realizar un manual sobre oratoria , pues lo que contiene son consejos sobre todo, y teorías basícas de retórica .Sin embargo, el ya dice que no loes , y por ello a lo klargo de éste evita los tecnicismos que si serían propios de un manual.
Los personajes que intervienen en éste dialogo ,son:Lucio Craso, Marco Antonio, Sulpicio Rufo ,Aurelio Cota ;Quinto Mucio Esvola:Craso inicia la conversación haciendo elogío de la elocuencia argumentando que es un rasgo civilizador de las sociedades , pero desarrollado tardiamente en Roma y en Grecia...
  FundacionRosacruz | Mar 5, 2018 |
"read the Orations of Demosthenes & Cicero. analyse these orations, and examine the correctness of the disposition, language, figures, states of the cases, arguments Etc." - Thomas Jefferson to John Minor, 30 Aug. 1814 [PTJ:RS 7:625-631]

"your Latin & Greek should be kept up assiduously by reading at spare hours: and, discontinuing the desultory reading of the schools. I would advise you to undertake a regular course of history & poetry in both languages, in Greek, go first thro’ the Cyropaedia ... in Latin read Livy, Caesar, Sallust Tacitus, Cicero’s Philosophies, and some of his Orations, in prose ..." - Thomas Jefferson to Francis Eppes, 6 Oct. 1820

" ... the lofty, rythmical, full-flowing eloquence of Cicero ... " - Thomas Jefferson to Francis Eppes, 19 Jan. 1821

"for Senatorial eloquence Demosthenes is the finest model; for the bar Cicero. the former had more logic, the latter more imagination." - Thomas Jefferson to John Garland, 27 Feb. 1822
  ThomasJefferson | Jul 22, 2014 |
Edition: // Descr: // Series: Call No. { 875 C48 45 } Edited by Otto Jahn. // //
  ColgateClassics | Oct 26, 2012 |
Edition classique publiée avec des arguments et des notes en français par V. Bétolaud, professeur au lycée Charlemagne.
Exibindo 4 de 4
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (39 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Cicero, Marcus TulliusAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bornecque, HenriTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Courbaud, EdmondTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Harnecker, OttoEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jahn, OttoEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kumaniecki, KazimierzEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Leeman, A.D.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Leeman, Anton D.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Merklin, HaraldEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Piderit, Karl WilhelmEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Reis, PeterEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rooijen-Dijkman, Hedwig W.A. vanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Seel, OttoEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sorof, GustavEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stangl, ThomasEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wilkins, Augustus S.Editorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Utrum difficilius aut maius esset negare tibi saepius idem roganti an efficere id quod rogares diu multumque, Brute, dubitavi.
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
De oratore (in three books, written 55 BC) and Orator (in one book, written 46 BC) are two different works
Orator (written 46 BC, in one book) and De oratore (written 55 BC, in three books) are different works
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
Contains Cicero's De Oratore and Brutus, influential sources over the centuries for ideas on rhetoric and train­ing for public leadership. The De Oratore, written in 55 B.C., argues that rhetoric is socially significant because states are established and main­tained through the leadership of eloquent men. The three books of dialogues in this volume feature discussions between well-known figures in Roman history, in­cluding Lucius Crassus, Marcus An­tonius, Quintus Lutatius Catulus, Quin­tus Marcius Scaevola, Caius Aurelius Cotta, Julius Caesar Strabo Vopicus, and Publius Sulpicus Rufus. The Brutus continues the theme of the dialogues, giving a history of eminent orators whose performances exemplify the Ciceronian theory that rhetoric final­ly adds up to leadership.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.66)
0.5
1
1.5 1
2 1
2.5
3 5
3.5 2
4 10
4.5
5 3

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,680,157 livros! | Barra superior: Sempre visível