Página inicialGruposDiscussãoExplorarZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Woman: An Intimate Geography de Natalie…
Carregando...

Woman: An Intimate Geography (original: 1999; edição: 1999)

de Natalie Angier (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,437249,923 (4.09)22
Science writer Angier presents a celebration of the female body, beginning with the egg. She reveals the interactions between organ systems, arguing that these make us what we are, and explores oestrogen, testosterone, serotonin, adrenaline, the chemistry of orgasm, pregnancy and the menopause.
Membro:CSUDHWRC
Título:Woman: An Intimate Geography
Autores:Natalie Angier (Autor)
Informação:Houghton Mifflin Harcourt (1999), Edition: 1, 416 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:health, reproductive rights, body image

Work Information

Woman: An Intimate Geography de Natalie Angier (1999)

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 22 menções

As mulheres são mais fortes, mais sensuais, mais empreendedoras e se adaptam com mais facilidade a qualquer circunstância. Ao contrário do que sempre foi divulgado por terapeutas do mundo inteiro, elas não são menos interessadas em sexo, adoram desafios, grandes realizações e já enterraram no passado o conceito de uniões monogâmicas, com parceiros mais velhos, de status superior. Essas afirmações, baseadas em rigorosas pesquisas científicas, estão reunidas no livro 'Mulher - uma geografia íntima'. Fazendo uma homenagem ao corpo feminino, a escritora americana Natalie Angier derruba, de forma definitiva, o mito do sexo frágil.
  JonatanStrange | Jul 28, 2010 |
Your book was recommended by a friend, and he's right in saying this story is awesome. Why don't you try to join N0velStar's writing contest?
adicionado por Gab_Cruz | editarbook
 
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
for Katherine Ida
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Science writer Angier presents a celebration of the female body, beginning with the egg. She reveals the interactions between organ systems, arguing that these make us what we are, and explores oestrogen, testosterone, serotonin, adrenaline, the chemistry of orgasm, pregnancy and the menopause.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.09)
0.5
1
1.5 1
2 8
2.5 5
3 30
3.5 11
4 82
4.5 4
5 79

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 164,391,531 livros! | Barra superior: Sempre visível