Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Prose Edda: Norse Mythology (Penguin…
Carregando...

The Prose Edda: Norse Mythology (Penguin Classics) (edição: 2006)

de Snorri Sturluson (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
3,197254,260 (4.05)89
The Prose Edda is the most renowned of all works of Scandinavian literature and our most extensive source for Norse mythology. Written in Iceland a century after the close of the Viking Age, it tells ancient stories of the Norse creation epic and recounts the battles that follow as gods, giants, dwarves and elves struggle for survival. It also preserves the oral memory of heroes, warrior kings and queens. In clear prose interspersed with powerful verse, the Edda provides unparalleled insight into the gods' tragic realization that the future holds one final cataclysmic battle, Ragnarok, when the world will be destroyed. These tales from the pagan era have proved to be among the most influential of all myths and legends, inspiring modern works as diverse as Wagner's Ring Cycle and Tolkien's The Lord of the Rings.… (mais)
Membro:Jakethetoaster
Título:The Prose Edda: Norse Mythology (Penguin Classics)
Autores:Snorri Sturluson (Autor)
Informação:Penguin Classics (2006), Edition: Illustrated, 304 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Informações da Obra

The Prose Edda de Snorri Sturluson (Author)

  1. 20
    Mitologia Nórdica de Neil Gaiman (CGlanovsky)
    CGlanovsky: The Edda feels like the primary source material for Gaiman's retelling
  2. 00
    Eirik The Red and Other Icelandic Sagas de Gwyn Jones (Michael.Rimmer)
  3. 00
    Popol Vuh de Quiché Maya (CGlanovsky)
    CGlanovsky: Creation myths and pantheons
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 89 menções

Inglês (19)  Francês (2)  Italiano (1)  Espanhol (1)  Holandês (1)  Sueco (1)  Todos os idiomas (25)
Mostrando 1-5 de 25 (seguinte | mostrar todas)
Since this was my second time reading, I skipped Snorri's final section detailing verse-forms, as I was more interested in the mythology than the art of ancient poetry.

Snorri created this collection of stories and poetry how-to in part to save a dying art. He himself was Christian but he wished to ensure that traditional Norse poetic composition was not lost. He has an interesting theory on the origin of Aesir worship, linking them with Trojan mythology.

Reading this composition, I couldn't help but be sad that this is one of the few sources we still have for Norse mythology, and what we get here is often tantalising fragments. Snorri often quotes other compositions, which have been lost to the ages save the few lines he includes. Just what was Heimdall's poem, what would it have told us about the enigmatic watchman of the gods, and would it have told us why the head is called "Heimdall's sword"?

This is certainly a must for anyone wishing to dig down into Norse mythology. This is one of the main sources that collections of the myths draw from, and you can judge for yourself how well they have interpreted the fragmentary source material. One of the surprises is how numerous the gods were, yet these days we only really pay any attention to Odin, Thor and Loki, seeing as the surviving myths concern mainly these three and give them such lively personalities. But what of Loki and Odin's companion Hoenir? What of Gefjon who ploughed up a whole island? We may never know.

One thing I can say with fair certainty: our modern interpretation of Odin seems to be completely wrong. Sure he was "All Father", but he was also "Corpse Father" and "Dread". I feel that rather than being a kindly old man, he must have been terrifying. ( )
  weemanda | Nov 2, 2023 |
Per me Edda è stato un tuffo nel passato, quando leggevo tonnellate di miti: soprattutto greci e latini, ma non disdegnavo tuffi in quella egiziana, nordica, cinese, e via dicendo.

L’opera in prosa di Snorri Sturluson si presenta come un manuale per scrivere e capire la poesia, soprattutto le kenningar, perifrasi che spesso facevano riferimenti al mito, rendendone necessaria la conoscenza per la comprensione (e la composizione) dei testi. Questa edizione Adelphi contiene il Gylfaginning e gli Skáldskaparmál, ma non il Formáli, il prologo, (del quale però viene inserito il primo capitolo in nota) e Háttatal, dove l’autore si occupava di metrica.

Il Gylfaginning, “L’inganno di Gylfi”, racconta diversi miti incentrati sulla cosmogonia e le divinità principali: probabilmente non è male avere qualche conoscenza pregressa di mitologia nordica prima di affrontare la lettura dell’Edda di Snorri, visto che non si tratta proprio di un racconto lineare, ma di un botta e risposta tra Re Gylfi e Hár, Iafnhár e Thridhi.

Gli Skáldskaparmál, “Il linguaggio poetico”, si concentrano, come dicevo testé, sulle kenningar e si preoccupano di dare loro un senso raccontando i miti ai quali si riferiscono. In questa parte, si racconta anche il mito di un certo anello che sarebbe stato la rovina di chiunque l’avesse posseduto: di certo farà la gioia dei fan di Tolkien, che riconosceranno parecchie similitudini con l’opera del professore. ( )
  lasiepedimore | Sep 21, 2023 |
prior to reading notes in this vol I hadn't realized that some of the "mythical" material reflects actual people/events with independent attestations (Atli=Attila etc)
utterly fascinating ( )
  lidaskoteina | Sep 16, 2022 |
The Prose Edda is a collection of Norse legends and writings compiled by Snorri Sturluson (and at least some definitely written by him) in the 1200s. I don't know a ton about Norse mythology so did find this interesting - it was nice to finally "really" figure out how all of the pieces that I've heard about at various times, from Valhalla to Thor's hammer to Ragnarok to Yggdrasil, all fit together. As one would expect from what is essentially a compilation of myths (also featuring all of the different names of the different gods), it's not the most compelling read, and I found it hard to keep track of which giant did what in which story, but I definitely came out of this knowing more about Norse myths than I did when I started it.

It would have been useful for me to know in advance that the translation/edition that you pick to read may have huge repercussions for your enjoyment of the book, since there are some sections of the Prose Edda (the really dry ones on the composition of poetry) that aren't included in all editions. I first tried to read a non-abridged edition and found it to be a total slog, but eventually I switched to the Penguin edition (the Jesse Byock translation) and found it much more enjoyable. ( )
  forsanolim | May 18, 2022 |
Siendo la raíz las pocas inscripciones en caracteres rúnicos (en nórdico), se desarrolla en Islandia más el arte poético escáldico. Mitología y leyendas heroicas del viejo norte escandinavo. Dioses, monstruos, brujas y enanos. Y entre la más notable, la que cuenta acerca del héroe Sígurd que logra hacerse del tesoro de los nibelungos.
Además de tener el carácter de ser una especie de guía para la enseñanza de este arte escáldico, nos traslada a un tiempo donde los sucesos eran más cercanos a la naturaleza y entonces, de pronto, esa grata dosis de vivencia de lo no vivido por uno. ( )
  Arman.Tleyotl | Sep 8, 2021 |
Mostrando 1-5 de 25 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (18 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Sturluson, SnorriAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Anderson, Rasmus B.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brodeur, Arthur GilchristTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Byock, Jesse L.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Chiesa Isnardi, GiannaEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Collinder, BjörnTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Faulkes, AnthonyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Johansson, Karl G.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Malm, MatsTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nordal, SigurdurIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Winge, Mårten EskilArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Young, Jean IsobelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I wish to dedicate this volume to Franz Bäuml, Albert Lord,
Richard Tomasson and Eugen Weber, teachers
from whom I learned.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
In the beginning, before the heaven and the earth and the sea were created, the great abyss Ginungagap was without form and void, and the spirit of Fimbultyr moved upon the face of the deep, until the ice-cold rivers, the Elivogs, flowing from Niflheim, came in contact with the dazzling flames from Muspelheim. This was before Chaos.

Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Please do not combine with the Poetic Edda - a very different work
Editores da Publicação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico
The Prose Edda is the most renowned of all works of Scandinavian literature and our most extensive source for Norse mythology. Written in Iceland a century after the close of the Viking Age, it tells ancient stories of the Norse creation epic and recounts the battles that follow as gods, giants, dwarves and elves struggle for survival. It also preserves the oral memory of heroes, warrior kings and queens. In clear prose interspersed with powerful verse, the Edda provides unparalleled insight into the gods' tragic realization that the future holds one final cataclysmic battle, Ragnarok, when the world will be destroyed. These tales from the pagan era have proved to be among the most influential of all myths and legends, inspiring modern works as diverse as Wagner's Ring Cycle and Tolkien's The Lord of the Rings.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.05)
0.5
1 3
1.5 2
2 4
2.5 1
3 65
3.5 16
4 126
4.5 15
5 105

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 207,544,294 livros! | Barra superior: Sempre visível