Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Historian de Elizabeth Kostova
Carregando...

The Historian (edição: 2005)

de Elizabeth Kostova (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
19,403724159 (3.69)4 / 678
A young woman discovers an ancient book and a cache of old letters in her father's library, and thus begins her adventurous quest for the truth about Vlad the Impaler, a search that will span continents and generations, and a confrontation with the darkest powers of evil.
Membro:sdbruening
Título:The Historian
Autores:Elizabeth Kostova (Autor)
Informação:Little, Brown and Company (2005), Edition: 1st, 642 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

The Historian de Elizabeth Kostova

Adicionado recentemente porArina42, andres_escoces, KellyandNiles, richardnewquist, biblioteca privada, bookmies, Baxter123
  1. 333
    Drácula de Bram Stoker (SandSing7)
  2. 181
    A sombra do vento de Carlos Ruiz Zafón (GodOfTheAnthill)
    GodOfTheAnthill: Both mystery novels with a similar tone and atmosphere
  3. 132
    A Discovery of Witches de Deborah Harkness (clamairy)
    clamairy: Similar themes of magic and academia.
  4. 102
    Dracula [Norton Critical Edition] de Bram Stoker (Nubiannut)
  5. 50
    Labyrinth de Kate Mosse (Johanna11)
  6. 40
    Freedom and Necessity de Steven Brust (tessac)
    tessac: Freedom & Necessity is epistolic in nature so if that appealed to you in The Historian, I heartily recommend F & N. There are no vampires but, like The Historian, the fantastical is subtly woven into the story.
  7. 51
    Dracula the Un-Dead de Dacre Stoker (Joles)
    Joles: Both of these books share a great deal of research and they keep you speeding through one chapter to the next. Oh...and they both have Dracula....
  8. 30
    As memórias do livro de Geraldine Brooks (Johanna11)
  9. 30
    The Quick de Lauren Owen (ablachly)
  10. 20
    Nocturne de Syrie James (Joles)
  11. 20
    The Grand Complication de Allen Kurzweil (FFortuna)
  12. 76
    O Nome da Rosa de Umberto Eco (Johanna11)
  13. 10
    The Stress of Her Regard de Tim Powers (MyriadBooks)
  14. 10
    Lord of the Dead: The Secret History of Byron de Tom Holland (QueenOfDenmark)
    QueenOfDenmark: I've just started reading The Vampyre but right from the start it put me in mind of Elizabeth Kostova's The Historian. Lord Byron is used as the main character in Tom Holland's The Vampyre to interesting effect while count Dracula is the more traditional vampire hero in Kostova's Historian.… (mais)
  15. 10
    The Book of Air and Shadows de Michael Gruber (nicchic)
  16. 21
    Dracula, My Love: The Secret Journals of Mina Harker de Syrie James (Joles)
  17. 10
    Gospel de Wilton Barnhardt (kullfarr)
  18. 11
    Angelology de Danielle Trussoni (vwinsloe)
    vwinsloe: A well-imagined history with supernatural beings.
  19. 00
    The Book of Love de Kathleen McGowan (nicchic)
  20. 23
    The Unexpected Mrs. Pollifax de Dorothy Gilman (Othemts)

(ver todas 22 recomendações)

Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Inglês (701)  Espanhol (9)  Alemão (3)  Sueco (3)  Dinamarquês (2)  Holandês (2)  Norueguês (1)  Italiano (1)  Português (1)  Todos os idiomas (723)
Mostrando 1-5 de 723 (seguinte | mostrar todas)
Finally finished it by listening to the audiobook. I liked it better in that medium. It's dense and slow moving. The historical parts sound correct, but I don't know enough about Vlad to know if that's actually the case. ( )
  KittyCunningham | Apr 26, 2021 |
Viene de un cambio del grupo de Facebook, pero ya me lo había leído, se lo envío a Conchi, abril de 2021
  Tatilake | Mar 14, 2021 |
Kind of pleasantly written - like JK Rowling writing Stephen King - but the last third of the book with its rushed/bizarre explanation of what the heck has been going on, and its stupid epilogue, holds it back. ( )
  skolastic | Feb 2, 2021 |
A great read. Taking one star off for the antiseptic method the author used when having a character tell their story. But then again this is a very ambitious novel and I think even the most seasoned writer would have a doozie of a time navigating so many layers of material stacked upon itself. I think with that aside that she did a wonderful job of putting us in the middle of the characters lives. I felt kind of Jilted to hear how the father died. His ending seemed very low key and I felt that he should have had a better send off. A historian dying like a soldier in a land scarred by previous war. Paul deserved better. Everyone here is a main character and everyone has a stake in the outcome. I do like how after all the horror and evil that was put into the villian he was still made to be a misunderstood creature. ( )
  Joe73 | Dec 29, 2020 |
Not what I expected when I picked up this book. It was good though. The ending left a little wanting. ( )
  Weezer41 | Dec 27, 2020 |
Mostrando 1-5 de 723 (seguinte | mostrar todas)
Vlad Lit: don't flirt with it, just sink your teeth right in
adicionado por simon_carr | editarThe Independent, Lesley McDowell (Aug 14, 2005)
 
When, after many other allusions to historians and historicism, Kostova introduced a character whose last name is Hristova, I was tempted to run out to a pharmacy for some antihristomine.

What's unfortunate about this overload is that the book -- which seems to want to do for historians what ''Possession'' did for literary scholars -- is otherwise the kind of wonderfully paced yarn that would make a suitable companion to a deck chair, a patch of sun and some socklessness.
 
In a ponderous, many-layered book that is exquisitely versed in the art of stalling, Ms. Kostova steeps her readers in Dracula lore. She visits many libraries, monasteries, relics of the Byzantine and Ottoman empires, crypts, restaurants, scholars and folk-song-singing peasants. Every now and then a mysterious pale, sinister figure will materialize, only to vanish bewilderingly. The book's characters find this a lot more baffling than readers will.
adicionado por Shortride | editarThe New York Times, Janet Maslin (Jun 13, 2005)
 
Stuffed with rich, incense-laden cultural history and travelogue, The Historian is a smart, bibliophilic mystery in the same vein (sorry) as A.S. Byatt's Possession--but without all that poetry.
adicionado por Shortride | editarTime, Lev Grossman (Jun 12, 2005)
 

» Adicionar outros autores (19 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Elizabeth Kostovaautor principaltodas as ediçõescalculado
Eyre, JustineNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Michael, PaulNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ram, TitiaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Schroderus, ArtoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
How these papers have been placed in sequence will be
made manifest in the reading of them. All needless matters have
been eliminated, so that a history almost at variance with the
possibilities of later-day belief may stand forth as simple fact.
There is throughout no statement of past things wherein memory
may err, for all the records chosen are exactly contemporary,
given from the stand-points and within the range
of knowledge of those who made them.


     —Bram Stoker, Dracula, 1897
What sort of place had I come to, and among what kind of
people? What sort of grim adventure was it on which I had
embarked? . . . I began to rub my eyes and pinch myself to see if
I were awake. It all seemed like a horrible nightmare to me, and I
expected that I should suddenly awake, and find myself at home,
with the dawn struggling in through the windows, as I had now
and again felt in the morning after a day of overwork. But my
flesh answered the pinching test, and my eyes were not to be
deceived. I was indeed awake and among the Carpathians. All
I could do now was to be patient, and to wait the coming
of the morning.

     
—Bram Stoker, Dracula,1897
There was one great tomb more lordly than all the rest; huge it was,
and nobly proportioned. On it was but one word,


     DRACULA.

     —Bram Stoker, Dracula, 1897.
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For my father,
who first told me
some of these stories
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
A Note To The Reader

The story that follows is one I never intended to commit to paper.
In 1972 I was sixteen—young, my father said, to be traveling with him on his diplomatic missions.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"To you, perceptive reader, I bequeath my history . . ."
"My dear and unfortunate successor . . ."
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Please do not combine with any abridged editions of The Historian.
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

A young woman discovers an ancient book and a cache of old letters in her father's library, and thus begins her adventurous quest for the truth about Vlad the Impaler, a search that will span continents and generations, and a confrontation with the darkest powers of evil.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Certa noite bem tarde, ao explorar a biblioteca do pai, uma jovem encontra um livro antigo e um maço de cartas amareladas. As cartas estão todas endereçadas a "Meu caro e desventurado sucessor", e fazem mergulhar em um mundo com o qual ela nunca sonhou - um labirinto onde os segredos do passado de seu pai e o misterioso destino de sua mãe convergem para um mal inconcebível escondido nas profundezas da história.

As cartas fazem alusão a um dos poderes mais maléficos que a humanidade jamais conheceu, e a uma busca secular pela origem desse mal e sua erradicação. É uma caça à verdade sobre Vlad, o Empalador, o governante medieval cujo bárbaro reinado gerou a lenda de Drácula. Gerações de historiadores arriscaram reputação, sanidade, e até mesmo as próprias vidas para conhecer essa verdade. Agora, uma jovem precisa decidir continuar ou não essa busca - e seguir seu pai em uma caçada que quase o levou à ruína anos antes, quando ele era um estudante universitário cheio de energia e sua mãe ainda era viva.

O que a lenda de Vlad, o Empalador tem a ver com o mundo moderno? Será possível que o Drácula mítico tenha realmente existido - e continuado a viver, pelos séculos afora? A resposta a estas perguntas atravessa o tempo e as fronteiras enquanto primeiro o pai, e depois a filha perseguem pistas que os levam de empoeiradas bibliotecas de universidades norte-americanas a Istambul, Budapeste e os confins da Europa oriental. Em cada cidade, monastério e arquivo, em cartas e conversas secretas, emerge a horrível verdade sobre o feroz reinado de Vlad - e sobre um pacto atemporal que pode ter mantido sua monstruosa obra viva através dos tempos.

Juntando indícios escondidos e textos até então desconhecidos, e interpretando as mensagens em código enredadas na trama das tradições monásticas medievais - bem como esquivando-se dos adversários que farão de tudo para proteger os milenares poderes de Vlad -, uma mulher desvenda o segredo de seu passado e enfrenta a própria definição do mal. O Historiador é uma aventura de proporções monumentais, uma narrativa incansável que mistura fato e fantasia, passado e presente, em um estilo de suspense quase intolerável - e impossível de esquecer.
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.69)
0.5 38
1 188
1.5 28
2 459
2.5 118
3 1190
3.5 317
4 1895
4.5 188
5 1321

Hachette Book Group

6 edições deste livro foram publicadas por Hachette Book Group.

Edições: 0316011770, 0316154547, 0316067946, 1600242782, 0316070637, 1600248616

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,798,354 livros! | Barra superior: Sempre visível