Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Guy Mannering (1815)

de Sir Walter Scott

Outros autores: Veja a seção outros autores.

Séries: Waverley Novels, publication (1815), Waverley Novels (1765)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
5551043,555 (3.75)53
Guy Mannering believes in the ability of patriarchal power and social position to sort out social confusion, but has to learn the limits of authority in a society that is no longer a single hierarchy. Scott's second novel, it was first published in 1815.
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 53 menções

Mostrando 1-5 de 10 (seguinte | mostrar todas)
A fun easy read, typical of its genre. ( )
  lschiff | Sep 24, 2023 |
GUY MANNERING : EL ASTRÓLOGO :
REVISTA LITERARIA : NOVELAS Y CUENTOS :
PUBLICACIÓN SEMANAL

Eri a principios de noviembre de 17... Un
Joven inglés recién salido de la Universidad
de Oxford, llegó hasta la frontera de Escocia
para visitar parte del norte de Inglaterra. E
día en que comienza esta historia había llegado
hasta el condado de Dunfries, donde se
proponía visitar las ruinas de un monasterio
y tomar algunos apuntes. Se entretuvo tanto
en esta labor, que cuando montó de nuevo
a caballo para proseguir su viaje, cubrian el
espacio tintes crepusculares.

Nuestro héroe tenía que atravesar una dilatada
extensión tapizada de oscura hierba,
siguiendo un camino real abierto en ella. A
medida que avanzaba y que crecían .en
intensidad las sombras de la noche, aumentaba
su afán en preguntar a los escasos caminantes
que encontraba la distancia que le separaba
de Kippletrigan, aldea donde pensaba
pasar la noche.

Su cabalgadura debió pensar que e via
iba habiéndose pesado, porque empezo acotar
el paso, sin dar otras señales a los esp
lazos de Mannering que algún que otro
lincho lastimero. El jinete, al empezar a poder l
a paciencia, llegó a creer que Kipplet
gan se alejaba de él a medida que avanzar
y cansado, como el que ignora el terreno que
pisa, viajero en un caballo rendido, y rodeado
de sombras por todas partes, resolvió hacer
noche en el primer lugar habitado que
encontrara, a menos que hallara quien le guiase
a Kippletrigan...
  FundacionRosacruz | Jan 15, 2019 |
The second published novel of Walter Scott. Apparently written in 6 weeks when Scott needed to raise funds urgently when in a financial crisis, the book holds together remarkably well.
The plot is of its era, and slightly unrealistic - the heir, kidnapped as a child, returns as a man, not knowing his heritage, and rights the wrongs. But there are a couple of interesting features: although the book is subtitled "The Astrologer", astrology is not given much credence; and the "Gypsy queen" is given a generous treatment in the plot.
A rollickingly good yarn, more complex and nuanced that expected from a rushed production. ( )
  mbmackay | Aug 10, 2018 |
This is the second novel written by Walter Scott, and arguably better than his first one Waverley.
Set mainly in the rural Galloway region of Scotland in the late 1700s, Guy Mannering tells us a story of Gipsies, smugglers, kidnap, lost identity, love interests, a dispossed Laird and his lost heir. The cast of characters is one of the best in any novel. For example the Gipsy woman Meg Merrilies carries such a strong personality and image that she has achieved immortality beyond these pages in the popular imagination. Keats also wrote a poem based on her. Likewise, the smuggler Dirk Hatteraick is archetypal in his role of desparate incorrigible rogue. Scott even manages to make memorable characters out of the eccentric and socially awkward chaplain, and the lawyer.
Though the plot is somewhat predictable in its overall arch, it is still a tense tale in its scenes and happenings, with enough clever interweavings and twists that it doesn't get boring. As a romantic tale of picturesque quality, it would be a great introduction to Scott's novels. ( )
  P_S_Patrick | Jan 31, 2018 |
Not the adventuresome type of novel one usually associates with Scott, the era of castles and pitched battles is long past and the hero is bedeviled by smugglers and gypsies rather than religious fanatics or enemy knights. I enjoyed it.
  ritaer | Mar 1, 2014 |
Mostrando 1-5 de 10 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (19 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Scott, Sir Walterautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Eliot, Charles WilliamEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tafel, LeonhardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
'Tis said that words and signs have power
O'er sprites in planetary hour;
But scarce I praise their venturous part,
Who tamper with such dangerous art.
Lay of the Last Minstrel
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Guy Mannering believes in the ability of patriarchal power and social position to sort out social confusion, but has to learn the limits of authority in a society that is no longer a single hierarchy. Scott's second novel, it was first published in 1815.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.75)
0.5
1 1
1.5
2 1
2.5 2
3 15
3.5 8
4 17
4.5 1
5 12

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 205,753,157 livros! | Barra superior: Sempre visível