Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Story of Edgar Sawtelle de David…
Carregando...

The Story of Edgar Sawtelle (edição: 2008)

de David Wroblewski

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
7,754390835 (3.73)346
A tale reminiscent of "Hamlet" that also celebrates the alliance between humans and dogs follows speech-disabled Wisconsin youth Edgar, who bonds with three yearling canines and struggles to prove that his sinister uncle is responsible for his father's death.
Membro:kozel.ken
Título:The Story of Edgar Sawtelle
Autores:David Wroblewski
Informação:HarpersCollins Publishers (2008), Paperback
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

The Story of Edgar Sawtelle de David Wroblewski

  1. 10
    What the Deaf-Mute Heard de G. D. Gearino (Bookshop_Lady)
    Bookshop_Lady: Coming-of-age stories, family secrets, loss of parents - both wonderful books.
  2. 00
    The Whistling Season de Ivan Doig (chndlrs)
  3. 00
    The Turtle Warrior: A Novel de Mary Relindes Ellis (Ciruelo)
    Ciruelo: Both novels feature a sympathetic young man as the main character, an isolated rural setting, and a ghost.
  4. 00
    The Maestro de Tim Wynne-Jones (LDVoorberg)
    LDVoorberg: If you read and liked The Maestro as a teen, as an you'll probably like at least Part 2 of The Story of Edgar Sawtelle because of the adventure/survival aspect to the plot.
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 346 menções

Levei um certo tempo para ler o livro, e a principal razão para isso é que ele é uma leitura completamente dispensável!
Ele não traz nada de tão incrível ou surpreendente, apenas um pouco interessante, quando você vê que através da criação de cães os princípios da seleção artificial e da eugenia já era praticado muito antes de Hittler vir ao mundo.
É também interessante ver como alguns princípios de genética de populações e outros detalhes que só foram se firmar como ciência muito anos depois foram discutidas em supostas cartas do Canil Sawtelle.

Mas o mais frustante foi, ao final do livro, depois de resistir a partes cansativas e monótonas, que o livro tem de sobra, descobrir que o livro é uma obra de completa ficção, e a base em fatos reais se resume, em dados sobre um incêndio, a existência do canil parceiro (não o palco do livro), e coisas do gênero. Nunca houve um raça Sawtelle, nem cães desses, nem as pessoas dessa família, nem nada!

Frustei total com o final! Tempo perdido... Não aprendi nada! :(
Comecei amando, terminei odiando! ( )
  paula.datti | Sep 10, 2012 |
The Story of Edgar Sawtelle is a dutiful procession through the main events of [Hamlet]. The Mousetrap scene, in which Edgar trains his dogs to act out his father’s murder in front of Claude, is marvelous—Wroblewski loves writing about dogs and he’s great at it—but the other pages are still covered by translucent drafter’s blueprints. Here’s Polonius, the meddler, here’s Laertes, the avenging son, and so on. (The Laertes figure isn’t introduced until page 489 and he’s as puzzled as the rest of us about why he’s supposed to kill a fourteen-year-old boy.) Wroblewski is only at pains to apply himself when there’s a chance his characters might become complicated and unsympathetic.
adicionado por Shortride | editarOpen Letters Monthly, Sam Sacks (Sep 1, 2008)
 
The Story of Edgar Sawtelle, all 566 pages, is surprising and rewarding. It's worth savoring, both its story and its storytelling.
adicionado por Katya0133 | editarUSA Today, Bob Minzesheimer (Jun 19, 2008)
 
High literary art from a talent that bears watching.
adicionado por Katya0133 | editarBooklist, Ian Chipman (Jun 1, 2008)
 
This is the best book I've read in a long time.
adicionado por Katya0133 | editarPublishers Weekly (May 19, 2008)
 
[A] spellbinding first novel . . .
adicionado por Katya0133 | editarKirkus Reviews (Apr 15, 2008)
 

» Adicionar outros autores (10 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
David Wroblewskiautor principaltodas as ediçõescalculado
Lill, DebraArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Poe, RichardNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Saltzman, AlisonDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Foi inspirada por

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
There is a grandeur in this view of life, with its several powers, having been originally breathed into a few forms or into one; and that, whilst this planet has gone cycling on according to the fixed law of gravity, from so simple a beginning endless forms most beautiful and most wonderful have been, and are being, evolved. ~Charles Darwin, The Origin of Species
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For Arthur and Ann Wroblewski
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
After dark the rain began to fall again, but he had already made up his mind to go and anyway it had been raining for weeks.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
High in the crown of a charred tree, an owl revolved its dished face, and one branch down, three small replicas followed.
He thought of his father standing in the barn doorway peering skyward as a thunderstorm approached, while his mother shouted, ‘Gar, get indoors, for God’s sake.’ That was how it was, sometimes. You put yourself in front of the thing and waited for whatever was going to happen and that was all. It scared you and it didn’t matter. You stood and faced it. There was no outwitting anything. … It was not a morbid thought, just the world as it existed. Sometimes you looked the thing in the eye and it turned away. Sometimes it didn’t.
He’d left in confusion, but his return was clarifying. So much of what had been obscure while he faced away was now evident. … So much of the world was governed by chance. … Life was a swarm of accidents waiting in the treetops, descending upon any living thing that passed, ready to eat them alive. You swam in a river of chance and coincidence. You clung to the happiest accidents—the rest you let float by. … Some things were certain—they had already happened—but the future would not be divined. … The future was no ally. A person had only his life to barter with.
Most people thought training meant forcing their will on a dog. Or that training required some magical gift. Both ideas were wrong. Real training meant watching, listening, diverting a dog’s exuberance, not suppressing it. You couldn’t change a river into a sea, but you could trace a new channel for it to follow.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

A tale reminiscent of "Hamlet" that also celebrates the alliance between humans and dogs follows speech-disabled Wisconsin youth Edgar, who bonds with three yearling canines and struggles to prove that his sinister uncle is responsible for his father's death.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.73)
0.5 6
1 73
1.5 14
2 193
2.5 46
3 462
3.5 111
4 745
4.5 98
5 576

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,695,295 livros! | Barra superior: Sempre visível