Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Cross Country (Alex Cross, 14) de James…
Carregando...

Cross Country (Alex Cross, 14) (original: 2008; edição: 2008)

de James Patterson (Autor)

Séries: Alex Cross (14)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
3,035893,412 (3.52)63
When the home of Alex Cross's oldest friend, Ellie Cox, is turned into the worst murder scene Alex has ever seen, the destruction leads him to believe that he's chasing a horrible new breed of killer.
Membro:scarymommy
Título:Cross Country (Alex Cross, 14)
Autores:James Patterson (Autor)
Informação:Little, Brown and Company (2008), Edition: First Edition, 416 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

Cross Country de James Patterson (2008)

Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 63 menções

Alex Cross chases a murderer and his young gang from DC to Nigeria, where civil war is beginning. Caught up in the ruthless struggle for power, Cross puts his life and his family’s at risk.
A taut, heart-racing thriller through the darkest heart of the struggles in Africa. ( )
  JoniMFisher | Oct 5, 2021 |
Another gory Alex Cross mystery, delving into the domestic strife in Africa (Darfur, Sudan, Nigeria, Sierra Leone.)

( )
  skipstern | Jul 11, 2021 |
Alex Cross está diante do criminoso mais cruel que já enfrentou Quando o detetive Alex Cross é chamado para investigar um caso de assassinato, depara-se com a cena de crime mais terrível que já viu em toda a sua carreira: uma família inteira foi morta dentro de casa. Tudo fica ainda mais chocante quando ele descobre que uma das vítimas é Ellie Cox, sua ex-namorada dos tempos de faculdade. Furioso, Cross decide pegar o assassino a qualquer custo Logo depois outro crime acontece, novamente envolvendo uma família inteira, só que dessa vez alguns membros dela estavam nos Estados Unidos e outros, na África. A investigação leva a crer que o assassino, conhecido apenas como Tiger, viajou para a Nigéria. Sem hesitar, Cross vai atrás dele. O detetive entra numa caçada implacável, numa terra sem leiAo chegar lá, Cross se vê diante de um terrível cenário de miséria, violência e guerra civil iminente. Sem nenhuma ajuda, ele se envolve numa luta contra a corrupção e contra uma conspiração que parece não ter fronteiras, que pode pôr em risco sua vida e a de todas as pessoas que ele ama. **** Alex Cross perdeu os pais quando tinha 10 anos e então mudou-se para Washington, D.C., para viver com a avó, Nana Mama. É com a ajuda dela que cria os três filhos desde que sua primeira esposa, Maria, morreu baleada num caso nunca solucionado. Com uma longa e bem-sucedida carreira na polícia, o detetive, que é também ph.D. em psicologia, mantém um consultório particular e presta serviços ao Departamento de Crimes Hediondos da Polícia Metropolitana. Em O dia da caça, Cross se vê diante de um dos piores crimes com que já se deparou: uma família inteira foi morta dentro de casa. O cenário não deixa dúvida quanto à crueldade dos assassinos – corpos esquartejados, móveis revirados, janelas e vidros estilhaçados. Ao descobrir que uma das vítimas foi sua namorada na faculdade, Cross toma o caso como pessoal e se dispõe a pegar o assassino custe o que custar. Com a ajuda de sua atual namorada, a detetive Bree Stone, ele começa as investigações e é levado ao submundo de Washington. O que descobre é pior do que imaginava: os responsáveis por tamanha atrocidade são adolescentes – meninos, na verdade. Quando outro crime com os mesmos traços de barbárie vitima mais uma família inteira, dando indícios de que o assassino viajou para a África, Cross não hesita nem por um instante. Apesar dos protestos de Bree e de Nana Mama, ele parte para a Nigéria em busca de justiça. Ao chegar lá, percebe que as coisas não serão nada fáceis. Capturado, espancado e desprotegido, logo descobre que o criminoso – conhecido apenas como Tiger – não está sozinho. Na verdade, ele conta com a ajuda de pessoas muito poderosas e influentes. Diante de uma conspiração que ultrapassa fronteiras, Alex Cross trava uma batalha pessoal contra a corrupção. No entanto, quando não se sabe mais quem são os mocinhos e quem são os bandidos, ninguém está em segurança. Com um ritmo eletrizante, O dia da caça é uma aventura de tirar o fôlego e deixa claro por que James Patterson é o autor de suspense mais lido do mundo.
  BolideBooks | Jun 24, 2021 |
Actual rating: 4.25 (Actual review starts at paragraph 2)
I feel that I should start by saying that I greatly enjoy murder/mystery/thriller books. I enjoy trying to piece together "who done it" and where the killer might be hiding out. I enjoy the rush of adrenaline that sometimes comes from waiting to see if the detectives will catch the killer before he can kill again. Even though I bring all these things up that I enjoy, I will say that some murder/mystery books, even though very enjoyable, do not earn very many stars after I have read them. They can be very predictable and even though enjoyable, may not quite hit the note I was looking for. This is frequently the case with the Alex Cross books. I would consider them bubblegum for the mind. Even though it is fun to chew, you don't get much sustenance from it and after a while, it can become a little much to chew. These books do just that for me. I enjoy reading them after I have finished reading a very large or dense book because I can easily and quickly fly through them without having to focus or worry about things like symbolism, character motivation, or analysis. I just finished reading the second Song of Ice and Fire book (A Clash of Kings) by George R.R. Martin and even though it was very good, it was very dense; I felt the need for a break after reading it. Cross Country by James Patterson was definitely the break I needed and for some reason, reading Alex Cross this time felt much more enjoyable and therefore received a higher rating than I have given an Alex Cross book in the past.

In typical Alex Cross fashion, there is a murder to solve and a killer to find. I was very entertained by the plot of this story and I was kept guessing as to how all the clues tied together. Something about this Alex Cross book had me more engaged than the last few I have read.

I have mixed feelings about the fact that Alex left the United States to go after the international killer (there were international killers in other books and Alex didn't pick up and leave the country for literally the entire book). I understand that the person who died at the beginning was a friend of his, but for some reason it didn't sit well with me from the get-go that Patterson chose to write as though Alex were in Nigeria for the entire book.

With that said, I thought Patterson did a marvelous job of exposing the reader to the gruesome horrors that happen on the other side of the planet. I not sure how much of the book is based on true stories and news events, but I felt more than a little shocked at the horrors that some other parts of the world can hold. This book's injuries and murders felt so much more graphic and personal compared to the other books and I haven't been able to quite figure out why. Alex goes through some very horrific scenes himself in which he is tortured and injured which might be why it felt more personal - usually the injuries, tortures, and murders are happening to other characters - not Alex Cross. Other characters close to Alex experience these same horrors which also made it feel so much more personal compared to past books. These scenes definitely kept me on the edge of my seat, made me not want to put the book down, and therefore earned this book a little higher of a rating compared to the other Alex Cross books that I have read so far.

I'm jumping right into the next Alex Cross book before this Alex Cross high wears off and before the school year starts up. I've heard the next is quite a bit different compared to the other Alex Cross books, but I'm looking forward to another James Patterson quick read. ( )
  courty4189 | Mar 24, 2021 |
Excellent addition to the Alex Cross series. The book really should have been titled cross continents since it crossed between Washington and countries in the motherland. Quite abit of torture and atrocities, really covers the wars and "rape", some kind of standing torture, it was gruesome and sad. ( )
  LoisSusan | Dec 10, 2020 |
Mostrando 1-5 de 89 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

Pertence à série

Pertence à série publicada

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For Jill and Avie Glazer
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The surname of the family was Cox, the father a very successful trial lawyer, but the target was the mother, Ellie Randall Cox.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em alemão. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

When the home of Alex Cross's oldest friend, Ellie Cox, is turned into the worst murder scene Alex has ever seen, the destruction leads him to believe that he's chasing a horrible new breed of killer.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.52)
0.5 5
1 18
1.5 4
2 38
2.5 15
3 112
3.5 26
4 158
4.5 7
5 78

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

Hachette Book Group

6 edições deste livro foram publicadas por Hachette Book Group.

Edições: 0316018724, 0316024643, 1600243851, 1600243894, 044653630X, 1600248241

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 163,261,509 livros! | Barra superior: Sempre visível