Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Os Filhos de Anansi (2005)

de Neil Gaiman

Outros autores: Veja a seção outros autores.

Séries: American Gods (2)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
20,199465223 (3.94)1 / 424
Fiction. HTML:

When Fat Charlie's dad named something, it stuck. Like calling Fat Charlie "Fat Charlie." Even now, 20 years later, Charlie Nancy can't shake that name, one of the many embarrassing "gifts" his father bestowed-before he dropped dead on a karaoke stage and ruined Fat Charlie's life. Because Mr. Nancy left Fat Charlie things. Things like the tall, good-looking stranger who appears on Charlie's doorstep, who appears to be the brother he never knew. A brother as different from Charlie as night is from day, a brother who's going to show Charlie how to lighten up and have a little fun. And all of a sudden, things start getting very interesting for Fat Charlie. Exciting, scary, and deeply funny, Anansi Boys is a kaleidoscopic journey deep into myth, a wild adventure, as Neil Gaiman shows us where gods come from, and how to survive your family.

.… (mais)
Adicionado recentemente porsheilalorraine, Zaraya, Aliera157, pdculfa, acinkovich, sinisterandroid, Mo_Cat, biblioteca privada, MsNyx, jcm790
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

» Veja também 424 menções

Inglês (449)  Espanhol (5)  Alemão (3)  Francês (1)  Italiano (1)  Finlandês (1)  Holandês (1)  Português (Brasil) (1)  Todos os idiomas (462)
Leitura: Agosto a Setembro/2006.

Neil Gaiman again! Não dá pra não ser fã!!!

Esse livro tem uma qualidade literária, um pouco maior que Deuses Americanos, mas o seu universo de abordagem fica restrito a conflitos familiares. O q na minha opinião não diminui a qualidade da história, mas pelo contrário, a torna mais encantadora a cada página. Adorei toda a abordagem mitológica de Deuses Americanos, mas conhecer o universo particular de um dos tantos "deuses" citados no primeiro livro me deixou mais empolgada.
A minha queda por Anansi começou com o primeiro livro, mas aumentou mais ainda depois de ler esse. Ele é muito divertido e os seus filhos se metem em situação ora perigosas e constrangedoras, ora engraçadas e cômicas.

Se você começar a ler também vai ficar preso nas teias dessas Aranhas!!!

(29 de agosto de 2006) ( )
  paula.datti | Aug 15, 2007 |
Gaiman kutoo tapansa mukaan sujuvan ja houkuttelevan kertomuksen, joka ammentaa tarinoiden ja myyttien maailmasta. Sujuvan lukukokemuksen viimeistelee onnistunut suomennos.

Gaimaniin mieltyneille Hämähäkkijumala on puolipakollinen kirjahyllyn täyte ja kevytfantasiaa hakeville ihan yhtä hyvä tutustumiskirja kuin mikä tahansa varhaisempi romaani. Vaikka kirjan juoni ei juuri yllätäkään, Gaiman esittelee tarinankertojan lahjaansa: kykyä tehdä mahdottomasta todenmakuista.
adicionado por msaari | editarKeskisuomalainen, Riku Ylönen (Jan 30, 2009)
 
And Charlie, who has become a successful singer and fathered a son, has come to terms with the powers and responsibilities of ''a boy who was half a god," having learned what Gaiman knows better, and communicates more forcefully, than any other contemporary writer: Stories and poems, songs and myths, represent us, sustain and complete us, and survive us, while also ensuring that all that's best in us survives with them.
adicionado por stephmo | editarBoston Globe, Bruce Allen (Nov 20, 2005)
 
The focus on Anansi and tricksters, I think, goes a long way towards explaining the tone of this novel. It really feels more like some of the established "funny" sci-fi/fantasy authors (like Gaiman's Good Omens co-author Terry Pratchett) than "classic" Neil.
adicionado por stephmo | editarPopMatters, Stephen Rauch (Nov 7, 2005)
 
The problem in "Anansi Boys" is the type of fantasy Gaiman has chosen. The tales of Anansi outwitting his foes leave you feeling you've eaten something heavy and sugary. There's an Uncle Remus folksiness to the stories that sends the airy blitheness of the farce plummeting down to earth.

There is also, I regret to say, the warm hand of instruction lying uneasily on this tale. Charlie works through his ineffectualness and his family issues to find happiness, contentment and - ugh - acceptance. It leaves you with the uncomfortable feeling that for Gaiman, farce by itself would simply have been too frivolous, that he feels the need to impart a lesson.
adicionado por Aerrin99 | editarNew York Times, Charles Taylor (Oct 9, 2005)
 
Anansi Boys contains a couple of traditional-style Anansi fables, and the book itself takes a similar ambling but wry, pointed tone; like any good Anansi story, it's about cleverness, appetite, and comeuppance, and it's funny in a smart, inclusive way. And like any good Gaiman book, it's about the places where the normal world and a fantastic one intersect, and all the insightful things they have to say about each other.
adicionado por stephmo | editarThe A.V. Club, Tasha Robinson (Oct 5, 2005)
 

» Adicionar outros autores (14 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Gaiman, Neilautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Henry, LennyNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hopkinson, NaloIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mcginnis, RobertArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Trueblood, HoustonArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vallejo, FrancisIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
You know how it is, you pick up a book, flip to the dedication, and find that, once again, the author has dedicated a book to someone else and not to you.

Not this time.

Because we haven't yet met/have only a glancing acquaintance/are just crazy about each other/haven't seen each other in much too long/are in some way related/will never meet, but will, I trust, despite that, always think fondly of each other ....

This one's for you.

With you know what, and you probably know why.
NOTE: The author would like to take this opportunity to tip his hat respectfully to the ghosts of Zora Neale Hurston, Thorne Smith, P.G. Wodehouse, and Frederick "Tex" Avery.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
It begins, as most things begin, with a song.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Fat Charlie wondered what Rosie's mother would usually hear in a church. Probably just cries of "Back! Foul beast of Hell!" followed by gasps of "Is it alive?" and a nervous inquiry as to whether someone had remembered to bring the stakes and hammers. (Chapter 5)
"Your job is safe and sound. Safe as houses. As long as you remain the model of circumspection and discretion you have been so far."
"How safe are houses," asked Fat Charlie.
"Extremely safe."
"It's just that I read somewhere that most accidents occur in the home." (Chapter 5)
"The ties of blood," said Spider, "Are stronger than water."
"Water's not strong," objected Fat Charlie.
"Stronger than vodka, then. Or volcanoes". (Chapter 6)
The beast made the noise of a cat being shampooed, a lonely wail of horror and outrage, of shame and defeat. (Chapter 13)
"I figured even if there was a nuclear war, it would still leave radioactive cockroaches and your mum." (Chapter 14, Charlie speaking to Rosie)
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

Fiction. HTML:

When Fat Charlie's dad named something, it stuck. Like calling Fat Charlie "Fat Charlie." Even now, 20 years later, Charlie Nancy can't shake that name, one of the many embarrassing "gifts" his father bestowed-before he dropped dead on a karaoke stage and ruined Fat Charlie's life. Because Mr. Nancy left Fat Charlie things. Things like the tall, good-looking stranger who appears on Charlie's doorstep, who appears to be the brother he never knew. A brother as different from Charlie as night is from day, a brother who's going to show Charlie how to lighten up and have a little fun. And all of a sudden, things start getting very interesting for Fat Charlie. Exciting, scary, and deeply funny, Anansi Boys is a kaleidoscopic journey deep into myth, a wild adventure, as Neil Gaiman shows us where gods come from, and how to survive your family.

.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

OT - Signed limited edition Anansi Boys by Neil Gaiman em Folio Society Devotees

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.94)
0.5 5
1 34
1.5 11
2 219
2.5 45
3 1136
3.5 316
4 2472
4.5 249
5 1446

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 206,081,918 livros! | Barra superior: Sempre visível