Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

My Golden Trades: Stories de Ivan Klima
Carregando...

My Golden Trades: Stories (original: 1992; edição: 1994)

de Ivan Klima (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1362159,907 (4.03)1
One of the last artistic expressions of life under communism, this novel captures the atmosphere in Prague between 1983 and 1987, where a dance could be broken up by the secret police, a traffic offence could lead to surveillance and where contraband books were the currency of the underworld.
Membro:cardinalmania
Título:My Golden Trades: Stories
Autores:Ivan Klima (Autor)
Informação:Charles Scribner's Sons (1994), Edition: 1st, 284 pages
Coleções:Sua biblioteca, Recovered books
Avaliação:
Etiquetas:Non-Fiction, Translated from Czech, Judges, Court, Justice, Loc-GS-41

Detalhes da Obra

My golden trades de Ivan Klima (1992)

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 1 menção

Exibindo 2 de 2
As much an environmental treatise as protest literature, not to suggest that ecological causes aren't within the purview of protestation. Anyway, I enjoyed these poignant musings from a kindred soul. ( )
  jonfaith | Feb 22, 2019 |
Interesting about the last years of Czech communism. A bit floating for my liking, but still a good read. ( )
  Jonoen | Nov 8, 2009 |
Exibindo 2 de 2
It is part of Mr. Klima's undoubted skill as a writer (again one is reminded of Chekhov) to resist absolutely the kind of intellectual fireworks in which Mr. Kundera specializes. His writer's stance is that of the plain man doing a plain job, or trade, even if it is one that the state apparatus has arbitrarily found for him. The stories suggest that he has become a writer not by having a vocation but by finding himself writing: a humble do-it-yourself activity that can keep you sane in a mad world, especially a mad political world. Ironically, the state has inadvertently shown him how to behave like Voltaire's Candide, and to cultivate his garden.
 

Pertence à série publicada

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

One of the last artistic expressions of life under communism, this novel captures the atmosphere in Prague between 1983 and 1987, where a dance could be broken up by the secret police, a traffic offence could lead to surveillance and where contraband books were the currency of the underworld.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.03)
0.5
1
1.5 1
2
2.5
3 2
3.5 2
4 3
4.5 2
5 5

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 163,357,029 livros! | Barra superior: Sempre visível