Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Ensaio sobre a cegueira (1995)

de José Saramago

Outros autores: Veja a seção outros autores.

Séries: Ensaio sobre a cegueira (1)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
13,078390470 (4.07)5 / 581
A stunningly powerful novel of humanity's will to survive against all odds during an epidemic by a winner of the Nobel Prize for Literature. A city is hit by an epidemic of "white blindness" which spares no one. Authorities confine the blind to an empty mental hospital, but there the criminal element holds everyone captive, stealing food rations and raping women. There is one eyewitness to this nightmare who guides seven strangers-among them a boy with no mother, a girl with dark glasses, a dog of tears-through the barren streets, and the procession becomes as uncanny as the surroundings are harrowing. A magnificent parable of loss and disorientation, Blindness has swept the reading public with its powerful portrayal of our worst appetites and weaknesses-and humanity's ultimately exhilarating spirit.… (mais)
  1. 203
    The Road de Cormac McCarthy (browner56, ateolf, lilisin, petterw)
    browner56: Two harrowing, well-written looks at what we can expect when society breaks down
  2. 160
    The Plague de Albert Camus (amyblue, roby72)
  3. 70
    The Day of the Triffids de John Wyndham (infiniteletters)
  4. 60
    O Senhor das Moscas de William Golding (petterw)
  5. 73
    Never Let Me Go de Kazuo Ishiguro (Simone2)
  6. 41
    In the Country of Last Things de Paul Auster (BenTreat, Vonini)
    BenTreat: Both books are personal, tragic accounts of the collapse of civil society.
    Vonini: Same surreal feel, absent government, feeling of people being left to their fates, creeping despair, dismantling of society.
  7. 42
    José Saramago: A Consistência dos Sonhos - Cronobiografia de Fernando Gómez Aguilera (Ronoc)
  8. 20
    1984 de George Orwell (petterw)
  9. 20
    High-Rise de J. G. Ballard (bertilak)
  10. 10
    State of Siege de Albert Camus (colagold)
  11. 10
    Blindness / Seeing de José Saramago (Birbuv)
  12. 00
    Into That Darkness de Steven Price (lkernagh)
  13. 00
    Ensaio sobre a Lucidez de José Saramago (icallithunger)
    icallithunger: These two books should be read together. They happen in the same universe and talk about some of the same themes- about fear, chaos and how far the human goes when faced with them.
  14. 12
    White Noise de Don DeLillo (chrisharpe)
  15. 12
    Rhinoceros de Eugène Ionesco (CGlanovsky)
    CGlanovsky: Surreal epidemic spreads through the population.
1990s (13)
To Read (18)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Inglês (306)  Espanhol (22)  Italiano (14)  Holandês (14)  Francês (7)  Português (Portugal) (5)  Sueco (4)  Alemão (3)  Português (Brasil) (3)  Catalão (3)  Português (2)  Dinamarquês (2)  Árabe (1)  Finlandês (1)  Hebraico (1)  Todos os idiomas (388)
Exibindo 3 de 3
CX16
  Taddone | Nov 25, 2019 |
Saramago é desses autores que as vezes acertam em cheio. Alguns livros como a ilha desconhecida eu acho muito chatos, outros são fantásticos. Gostei desse e também do Evangelho Segundo Jesus Cristo. Nem precisa dizer que ele domina o português num nível acima, ele reconstrói o português. Foi um homem triste e sorumbático, que aparentemente não acreditava no ser humano, mas no fundo tinha uma fé na humanidade e essa contradição aparece a toda hora em seus textos. Seus livros abrem e monstram as feridas da nossa natureza humana. Saramago apesar de tudo é indispensável. ( )
  georgeslacombe | Feb 24, 2014 |
Já faz algumas semanas que estou lendo esse autor. Saber que ele é Prêmio Nobel não me preparou para a surpresa do seu texto. Totalmente diferente, com uma pontuação e forma de diálogos um tanto bizarras, esse autor me cativou. Mesmo ainda no meio do livro começo a fazer parte do fã clube desse notável da Língua Portuguesa que tanto adoro!
Recomendadíssimo! Estou brava comigo mesma por ter demorado tanto...

O post termina, quando o livro terminar!

Terminando o post:
Terminei essa obra-prima na última quinta-feira (06/12/2007) e posso dizer que ele entrou pra minha lista dos Top 10 e o Saramago também! Demorei um bocado pra terminar de ler, mas não tem nada ver com o livro, fui eu mesma que estava envolvida com outras atividades e outras histórias, portanto, eu o considero um livro pra no máximo uma semana, daqueles que você começa e não quer parar! :)

Esse livro traz límpido eu suas palavras a capacidade de autodestruição da humanidade. Esse autor coloca em texto escrito (e lido) o fio tênue, pronto pra se romper, da sanidade humana. Ele é carregado de verdade, mas ainda é difícil digerir tanta coisa e ver com os olhos da imaginação a que ponto o ser humano pode descer. Fico curiosa pensando sobre como o Fernando Meirelles vai nos mostrar imagens tão chocantes! Estou no aguardo do filme! Espero que esteja à altura do livro!

(03 de outubro de 2007) ( )
  paula.datti | Mar 11, 2011 |
Exibindo 3 de 3

» Adicionar outros autores (82 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Saramago, Joséautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Davis, JonathanNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Desti, RitaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jull Costa, MargaretTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lemmens, HarrieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mertin, Ray-GüdeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pontiero, GiovanniTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pontiero, GiovanniTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Weissová, LadaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
If you can see, look.
If you can look, observe.
FROM THE Book of Exhortations
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For Pilar
For my daughter Violante
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The amber light came on.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
...I want my parents to find me if they should return, If they should return, you yourself said it, and we have no way of knowing whether they will still be your parents, I don't understand, You said that the neighbour below was a good person at heart, Poor woman, Your poor parents, poor you, when you meet up, blind in eyes and blind in feelings, because the feelings with which we have lived and which allowed us to live as we were, depended on our having the eyes we were born with, without eyes feelings become something different, we do not know how, we do not know what, you say we're dead because we're blind, there you have it, Do you love your husband, Yes, as I love myself, but should I turn blind, if after turning blind I should no longer be the person I was, how would I then be able to go on loving him, and with what love, Before, when we could still see, there were also blind people, Few in comparison, the feelings in use were those of someone who could see, therefore blind people felt with the feelings of others, not as the blind people they were, now, certainly, what is emerging are the real feelings of the blind, and we're still only at the beginning, for the moment we still live on the memory of what we felt, you don't need eyes to know what life has become today, if anyone were to tell me that one day I should kill, I'd take it as an insult, and yet I've killed...
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

A stunningly powerful novel of humanity's will to survive against all odds during an epidemic by a winner of the Nobel Prize for Literature. A city is hit by an epidemic of "white blindness" which spares no one. Authorities confine the blind to an empty mental hospital, but there the criminal element holds everyone captive, stealing food rations and raping women. There is one eyewitness to this nightmare who guides seven strangers-among them a boy with no mother, a girl with dark glasses, a dog of tears-through the barren streets, and the procession becomes as uncanny as the surroundings are harrowing. A magnificent parable of loss and disorientation, Blindness has swept the reading public with its powerful portrayal of our worst appetites and weaknesses-and humanity's ultimately exhilarating spirit.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.07)
0.5 4
1 50
1.5 8
2 156
2.5 38
3 496
3.5 147
4 1196
4.5 210
5 1266

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 206,042,552 livros! | Barra superior: Sempre visível