Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Elizabeth I and the Old Testament: Biblical Analogies and Providential Rule (Gender and Power in the Premodern World)

de Aidan Norrie

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas
1Nenhum(a)7,792,391Nenhum(a)Nenhum(a)
Throughout her reign, Elizabeth I and her supporters used biblical analogies to perpetuate the Queen's claim to be England's providential Protestant monarch. While Elizabeth's parallels with various biblical figures--including Deborah, Esther, Judith, David, Solomon, and Daniel--have all received varying levels of attention in the scholarship, this is the first analysis of how biblical analogy functioned as a religio-political tool for Elizabeth across her reign. Taking both a chronological and thematic approach, this book addresses this gap by analyzing Elizabeth and her supporters' use of the Old Testament to provide justification for decisions (or the lack thereof), to offer counsel to the Queen, and to vindicate both female kingship and the royal supremacy. It argues that biblical analogies were a vital component of Elizabethan royal iconography, and that their widespread use demonstrates their potency as a tool for legitimizing and sustaining her power.… (mais)
Adicionado recentemente porAidanNorrie

Sem etiquetas

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem resenhas
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Throughout her reign, Elizabeth I and her supporters used biblical analogies to perpetuate the Queen's claim to be England's providential Protestant monarch. While Elizabeth's parallels with various biblical figures--including Deborah, Esther, Judith, David, Solomon, and Daniel--have all received varying levels of attention in the scholarship, this is the first analysis of how biblical analogy functioned as a religio-political tool for Elizabeth across her reign. Taking both a chronological and thematic approach, this book addresses this gap by analyzing Elizabeth and her supporters' use of the Old Testament to provide justification for decisions (or the lack thereof), to offer counsel to the Queen, and to vindicate both female kingship and the royal supremacy. It argues that biblical analogies were a vital component of Elizabethan royal iconography, and that their widespread use demonstrates their potency as a tool for legitimizing and sustaining her power.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Autor LibraryThing

Aidan Norrie é um Autor LibraryThing, um autor que lista a sua biblioteca pessoal na LibraryThing.

página do perfil | página de autor

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: Sem avaliação.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 207,035,298 livros! | Barra superior: Sempre visível