Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The God of Small Things: A Novel de…
Carregando...

The God of Small Things: A Novel (original: 1997; edição: 2008)

de Arundhati Roy (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
19,797371237 (3.87)696
Fiction. Literature. HTML:WINNER OF THE MAN BOOKER PRIZE  NEW YORK TIMES BESTSELLER  An affluent Indian family is forever changed by one fateful day in 1969, from the author of The Ministry of Utmost Happiness
[The God of Small Things] offers such magic, mystery, and sadness that, literally, this reader turned the last page and decided to reread it. Immediately. Its that haunting.USA Today
Compared favorably to the works of Faulkner and Dickens, Arundhati Roys modern classic is equal parts powerful family saga, forbidden love story, and piercing political drama. The seven-year-old twins Estha and Rahel see their world shaken irrevocably by the arrival of their beautiful young cousin, Sophie. It is an event that will lead to an illicit liaison and tragedies accidental and intentional, exposing big things [that] lurk unsaid in a country drifting dangerously toward unrest.
 
Lush, lyrical, and unnerving, The God of Small Things is an award-winning landmark that started for its author an esteemed career of fiction and political commentary that continues unabated.
… (mais)
Membro:PixieRose
Título:The God of Small Things: A Novel
Autores:Arundhati Roy (Autor)
Informação:Random House Trade Paperbacks (2008), Edition: Reprint, 333 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Informações da Obra

The God of Small Things de Arundhati Roy (1997)

Adicionado recentemente porrossiele, Nerena, Shannonb8, P.A., CFClarke, TaranGulati, my6boyzmom, GalsGuidetotheGalaxy
Bibliotecas HistóricasThomas C. Dent
Asia (34)
AP Lit (186)
1990s (175)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 696 menções

Inglês (333)  Espanhol (9)  Italiano (6)  Alemão (6)  Francês (5)  Holandês (5)  Catalão (2)  Sueco (1)  Português (Portugal) (1)  Hebraico (1)  Finlandês (1)  Português (Brasil) (1)  Todos os idiomas (371)
'O deus das pequenas coisas' narra a história dos gêmeos Rahel e Estha, que, na Índia de 1969, crescem entre os caldeirões de geléia de banana e as pilhas de grãos de pimenta da fábrica da avó cega. Armados da inocência invencível das crianças, os dois tentam inventar uma infância à sombra da ruína que é sua família - a mãe, a solitária e adorável Ammu; o delicioso tio Chacho; a inimiga Baby Kochamma e o fantasma de uma mariposa que um dia pertenceu a um entomologista imperial. Rahel e Estha descobrem que as coisas podem mudar num só dia, que as vidas podem ter seu rumo alterado e assumir novas - e feias - formas. Descobrem que elas podem até cessar para sempre.
  denis.willians | Aug 9, 2009 |
If Ms. Roy is sometimes overzealous in foreshadowing her characters' fate, resorting on occasion to darkly portentous clues, she proves remarkably adept at infusing her story with the inexorable momentum of tragedy. She writes near the beginning of the novel that in India, personal despair ''could never be desperate enough,'' that ''it was never important enough'' because ''worse things had happened'' and ''kept happening.'' Yet as rendered in this remarkable novel, the ''relative smallness'' of her characters' misfortunes remains both heartbreaking and indelible.
 

» Adicionar outros autores (19 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Arundhati Royautor principaltodas as ediçõescalculado
Demanuelli, ClaudeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fruitós, AdriàDiseño gráficoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Grube, AnetteÜbersetzerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jonkheer, ChristienTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lundborg, GunillaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Veres Xesto, AntíaTraductorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Never again will a single story be told as though it's the only one.

John Berger
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For Mary Roy, who grew me up. Who taught me to say "excuse me" before interrupting her in Public. Who loved me enough to let me go.

For LKC, who, like me, survived.
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
May in Ayemenem is a hot, brooding month.
Maj je v Ajemenemu vroč, morast mesec.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"D'you know what happens when you hurt people? When you hurt people, they begin to love you less. That's what careless words do. They make people love you a little less."
"Just ignore her," Ammu said. "She's just trying to attract attention."

Ammu too was wrong. Rahel was trying to not attract the attention that she deserved.
Rahel looked around her and saw that she was in a Play. But she had only a small part.
She was just the landscape. A flower perhaps. Or a tree.
A face in the crowd. A Townspeople.
Heaven opened and the water hammered down, reviving the reluctant old well, greenmossing the pigless pigsty, carpet bombing still, tea-coloured puddles the way memory bombs still, tea-coloured minds.
Rahel drifted into marriage like a passenger drifts towards an unoccupied chair in an airport lounge. With a Sitting Down sense.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em Francês. Edite para a localizar na sua língua.
Problème de CK
1997 (1e édition originale)
1998-04-23 (1e traduction et édition française, Du monde entier, Gallimard)
2000-01-20 (Réédition française, Folio, Gallimard)
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Fiction. Literature. HTML:WINNER OF THE MAN BOOKER PRIZE  NEW YORK TIMES BESTSELLER  An affluent Indian family is forever changed by one fateful day in 1969, from the author of The Ministry of Utmost Happiness
[The God of Small Things] offers such magic, mystery, and sadness that, literally, this reader turned the last page and decided to reread it. Immediately. Its that haunting.USA Today
Compared favorably to the works of Faulkner and Dickens, Arundhati Roys modern classic is equal parts powerful family saga, forbidden love story, and piercing political drama. The seven-year-old twins Estha and Rahel see their world shaken irrevocably by the arrival of their beautiful young cousin, Sophie. It is an event that will lead to an illicit liaison and tragedies accidental and intentional, exposing big things [that] lurk unsaid in a country drifting dangerously toward unrest.
 
Lush, lyrical, and unnerving, The God of Small Things is an award-winning landmark that started for its author an esteemed career of fiction and political commentary that continues unabated.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.87)
0.5 9
1 115
1.5 24
2 274
2.5 62
3 810
3.5 181
4 1370
4.5 179
5 1325

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 208,657,383 livros! | Barra superior: Sempre visível