Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Secret Garden de Frances Hodgson Burnett
Carregando...

The Secret Garden (original: 1911; edição: 1938)

de Frances Hodgson Burnett

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
27,56048679 (4.14)889
Ten-year-old Mary comes to live in a lonely house on the Yorkshire moors and discovers an invalid cousin and the mysteries of a locked garden.
Membro:erinmackay
Título:The Secret Garden
Autores:Frances Hodgson Burnett
Informação:Grosset & Dunlap, hardcover
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Children's, Literature

Detalhes da Obra

The Secret Garden de Frances Hodgson Burnett (Author) (1911)

Adicionado recentemente porAmandaNorsworthy, biblioteca privada, Annievdm, Arina42, Danizzle, VannySage, 3jillsmom, Eurekas, mistystone
Bibliotecas HistóricasEdward St. John Gorey , Sylvia Plath
1910s (30)
Garden (5)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 889 menções

Inglês (470)  Italiano (5)  Alemão (3)  Espanhol (3)  Sueco (1)  Árabe (1)  Todos os idiomas (483)
Mostrando 1-5 de 483 (seguinte | mostrar todas)
I find it hard to believe that this book wasn't at all on my radar in childhood. We had well-stocked school libraries and teacher/school librarians. Unfortunately, though, book talks and reader's advisory were not a thing. I had friends who were voracious readers and they recommended titles to me, but not this one.

In any case, I finally got to this classic but fairly simply plotted story about the transformation of a sour, spoiled young English girl, Mary Lennox, whose parents die of cholera in Colonial India. Mary is sent back to England to Misselthwaite Manor in Yorkshire, the home of her mother's brother, Archibald Craven. Mr. Craven is a remote figure, still bowed low by grief ten years after his lively, beloved wife accidentally died in the garden she loved so much. An old tree branch she was sitting on broke, and she fell to her death. Mr. Craven spends most of the year away from the manor. He can't bear to be in the place he once so happily shared with her. Her garden has been left alone. All are apparently forbidden to enter it.

Mary, who is largely left to her own devices, discovers this secret garden one day. A friendly little male robin appears to beckon her to come in, guiding her to a once-buried key to a garden door hidden under a thick growth of ivy. The young maid, Martha, who attends to Mary at the manor, has a younger brother, Dickon, a friend to all plants and animals. He speaks the language of birds, squirrels, lambs, and foxes, and hasn't a mean bone in his body. Mary's introduction to Dickon and her sharing the secret garden with him are her salvation.

There is, of course, one more surprise. Mary also has a secret cousin, Archibald Craven's invalid son: Colin. He is, in many ways, like Mary herself--about the same age, pathologically spoiled, and deeply unpleasant. All the adults have led him to believe he has inherited his father's spinal deformity. He's been bed-bound and sequestered for most of his life. Mary discovers him because he's prone to violent tantrums and sessions of wild weeping, which she can hear at some distance from his room in the large house. The curious girl follows the sounds of crying one night and finds him. Ultimately, she takes him in hand, scolding him as only one spoilt child can another. She also offers stories, including one about the magical secret garden and another about a boy who can communicate with animals.

Well before people were writing books about "nature-deficit syndrome," Burnett was aware of the restorative power of the natural world. Mary's friendship with Colin, her introducing him to Dickon and the garden prove to be his salvation as well.

I can imagine that some members of the Woke crowd might not be too keen on the Colonial Anglo-Indian elements in this children's novel, the intimations that South-Asian servants are somehow less than the ruling English who used them as servants. If Farley Mowat's wonderful [book:Owls in the Family|785656] can be purged from school libraries, just about anything can be, it would seem. Some of the vocabulary Burnett regularly uses has also taken on very different meanings. I'm thinking of the word "queer" in particular.

Overall, though, I can't see how anyone could object to this lovely novel maintaining a special place in the canon of beloved children's literature. ( )
  fountainoverflows | May 5, 2021 |
In un certo senso questo per me è stato un audiolibro, nel senso che mio figlio (prima media) doveva leggerlo come compito scolastico e l'ho costretto a leggerlo ad alta voce per sincerarmi che lo facesse davvero. Ha strepitato dall'inizio alla fine, e oggettivamente non posso dargli troppo torto, anche se mi sono guardato bene dal farlo. Il problema non è la traduzione di Giorgio van Straten, che nonostante la scelta di mantenere uno stile da inizio '900 è scorrevole. È proprio il libro che segue in peggio lo stile didascalico del deamicisiano Cuore. Burnett era una convinta assertrice che lavorare in campagna facesse bene alla salute, e ha scritto il libro per dimostrarlo. Sarà, ma io non me la vedo proprio Susan Sowerby tutta felice con dodici bocche da sfamare: probabilmente Burnett conosceva più che altro il proletariato americano del sud. Ad ogni modo ritengo che il mondo possa andare avanti anche senza leggere questo libro. ( )
  .mau. | Apr 29, 2021 |
I did not like this as much as I liked The Little Princess bu the same author. ( )
  afrozenbookparadise | Apr 22, 2021 |
“If you look the right way, you can see that the whole world is a garden.” ( )
  FernForest | Apr 19, 2021 |
A childhood favorite that I return to often. ( )
  mbellucci | Apr 10, 2021 |
Mostrando 1-5 de 483 (seguinte | mostrar todas)

» Adicionar outros autores (26 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Burnett, Frances HodgsonAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Agutter, JennyNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
ArcadyIllustrationsautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bailey, JosephineNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bailey, PeterIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Barrett, AngelaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bauman, JillIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bawden, NinaPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brown, BarbaraIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Carpenter, NancyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Carter, Helena BonhamNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Caswell, KellyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Child, LaurenIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Christenson, HannahArtistautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cockcroft, JasonIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Collier, MaryIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cross, GillianPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dahl, SophieIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dellaporta, PenelopeNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Design, PeartreeFotógrafoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Devine, PhilIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gallagher, SusanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gerding, LauraIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gerzina,Gretchen HolbrookEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gibson, FloNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gilbert, Sandra M.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gillan, KarenNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Graham, EleanorEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gratias, CaroleTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hague, MichaelIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hömke, FriedelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Høverstad, Torstein BuggeTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hewetson, NicholasIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hoff, GerdTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Howell, TroyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hughes, FinolaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hughes, ShirleyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hunt, PeterEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ingpen, RobertIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Johnson, CillaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Karhulahti, SariTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kaster, Shelley AustinIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kincaid, EricIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kliros, TheaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Knight, KathrynEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Konigsburg, E.L.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kork, M. B.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lauter, RichardIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lawrie, RobinIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lermuzeaux, AntoineTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lurie, AlisonContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Marklew, GillyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Marks, AlanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Maroney, VanessaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Martin, Ann MatthewsIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Masterman, DodieIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mayer, FelixTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Müller, KlausIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
McCaddon, WandaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
McKowen, ScottIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
McNulty, FaithPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mitchell, KathyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moore, IngaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Muller, JillIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Numminen, EmiliaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Partridge, Tompaper engineerautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Portugal, Roberto G.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Reim, RiccardoEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rinaldi, AngeloArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Robinson, CharlesIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rozier-GaudriaultIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rust, GrahamIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sanderson, RuthIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Savage, KarenNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sebold, AliceIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Shallenberg, KaraNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Shepard, Ernest HIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
South, AnnaPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stevenson, JulietNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sutton, JudithIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Swan, ToiniTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tamaki, JillianIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Terrazzini, Daniela JaglenkaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Thorne, JennyIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tudor, TashaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tudor, TashaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Twinn, ColinIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Unwin, Nora S.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Veegens-Latorf, E.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ward, JohannaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Włodarkiewiczowa, JadwigaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

É reescrito em

Has the (non-series) sequel

Tem a adaptação

É resumida em

É expandida em

Inspirado

Tem como estudo

Tem um guia de estudo para estudantes

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
When Mary Lennox was sent to Misselthwaite Manor to live with her uncle, everybody said she was the most disagreeable-looking child ever seen.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The seeds Dickon and Mary had planted grew as if fairies had tended them. Satiny poppies of all tints danced in the breeze by the score, gaily defying flowers which had lived in the garden for years and which it might be confessed seemed rather to wonder how such new people had got there. And the roses—the roses! Rising out of the grass, tangled round the sundial, wreathing the tree trunks, and hanging from their branches, climbing up the walls and spreading over them with long garlands falling in cascades—they came alive day by day, hour by hour. Fair, fresh leaves and buds— and buds—tiny at first, but swelling and working Magic until they burst and uncurled into cups of scent delicately spilling themselves over their brims and filling the garden air.
And over walls and earth and trees and swinging sprays and tendrils the fair green veil of tender little leaves had crept, and in the grass under the trees and the gray urns in the alcoves and here and there everywhere were touches or splashes of gold and purple and white and the trees were showing pink and snow above his head and there were fluttering of wings and faint sweet pipes and humming and scents and scents. And the sun fell warm upon his face like a hand with a lovely touch. And in wonder Mary and Dickon stood and stared at him.
They always called it Magic and indeed it seemed like it in the months that followed--the wonderful months--the radiant months--the amazing ones. Oh! the things which happened in that garden! If you have never had a garden you cannot understand, and if you have had a garden you will know that it would take a whole book to describe all that came to pass there. At first it seemed that green things would never cease pushing their way through the earth, in the grass, in the beds, even in the crevices of the walls. Then the green things began to show buds and the buds began to unfurl and show color, every shade of blue, every shade of purple, every tint and hue of crimson. In its happy days flowers had been tucked away into every inch and hole and corner. Ben Weatherstaff had seen it done and had himself scraped out mortar from between the bricks of the wall and made pockets of earth for lovely clinging things to grow on. Iris and white lilies rose out of the grass in sheaves, and the green alcoves filled themselves with amazing armies of the blue and white flower lances of tall delphiniums or columbines or campanulas. "She was main fond o' them--she was", Ben Weatherstaff said.
It was the sweetest, most mysterious-looking place any one could imagine. The high walls which shut it in were covered with the leafless stems of climbing roses which were so thick that they were matted together. Mary Lennox knew they were roses because she had seen a great many roses in India. All the ground was covered with grass of a wintry brown and out of it grew clumps of bushes which were surely rosebushes if they were alive. There were numbers of standard roses which had so spread their branches that they were like little trees. There were other trees in the garden, and one of the things which made the place look strangest and loveliest was that climbing roses had run all over them and swung down long tendrils which made light swaying curtains, and here and there they had caught at each other or at a far-reaching branch and had crept from one tree to another and made lovely bridges of themselves. There were neither leaves nor roses on them now and Mary did not know whether they were dead or alive, but their thin gray or brown branches and sprays looked like a sort of hazy mantle spreading over everything, walls, and trees, and even brown grass, where they had fallen from their fastenings and run along the ground. It was this hazy tangle from tree to tree which made it all look so mysterious. Mary had thought it must be different from other gardens which had not been left all by themselves so long; and indeed it was different from any other place she had ever seen in her life.
There had once been a flowerbed in it, and she thought she saw something sticking out of the black earth- -some sharp little pale green points. She remembered what Ben Weatherstaff had said and she knelt down to look at them. "Yes, they are tiny growing things and they might be crocuses or snowdrops or daffodils," she whispered. She bent very close to them and sniffed the fresh scent of the damp earth. She liked it very much. "Perhaps there are some other ones coming up in other places," she said. "I will go all over the garden and look." She did not skip, but walked. She went slowly and kept her eyes on the ground. She looked in the old border beds and among the grass, and after she had gone round, trying to miss nothing, she had found ever so many more sharp, pale green points, and she had become quite excited again. "It isn't a quite dead garden," she cried out softly to herself. "Even if the roses are dead, there are other things alive." She did not know anything about gardening, but the grass seemed so thick in some of the places where the green points were pushing their way through that she thought they did not seem to have room enough to grow. She searched about until she found a rather sharp piece of wood and knelt down and dug and weeded out the weeds and grass until she made nice little clear places around them. "Now they look as if they could breathe," she said, after she had finished with the first ones. "I am going to do ever so many more. I'll do all I can see. If I haven't time today I can come tomorrow." She went from place to place, and dug and weeded, and enjoyed herself so immensely that she was led on from bed to bed and into the grass under the trees.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This is the work for the original text. Please do not combine movies, adaptations, or other shortened editions to this work. Thanks!
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Ten-year-old Mary comes to live in a lonely house on the Yorkshire moors and discovers an invalid cousin and the mysteries of a locked garden.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4.14)
0.5 3
1 29
1.5 9
2 156
2.5 32
3 871
3.5 165
4 1862
4.5 200
5 2105

Penguin Australia

5 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0142437050, 0141321067, 0141336536, 0143106457, 0141331763

Candlewick Press

2 edições deste livro foram publicadas por Candlewick Press.

Edições: 0763631612, 0763647322

Tantor Media

2 edições deste livro foram publicadas por Tantor Media.

Edições: 1400100720, 1400108446

Urban Romantics

2 edições deste livro foram publicadas por Urban Romantics.

Edições: 1909438545, 1909438553

Recorded Books

Uma edição deste livro foi publicada pela Recorded Books.

» Página Web de informação sobre a editora

HighBridge

Uma edição deste livro foi publicada pela HighBridge.

» Página Web de informação sobre a editora

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,989,642 livros! | Barra superior: Sempre visível