Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Wide Sargasso Sea Publisher: W. W. Norton &…
Carregando...

Wide Sargasso Sea Publisher: W. W. Norton & Company (original: 1966; edição: 1992)

de JeanRhys (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
6,994199961 (3.56)702
The fortieth anniversary reissue of the best-selling "tour de force" (Walter Allen, New York Times Book Review).
Membro:gabbilevy
Título:Wide Sargasso Sea Publisher: W. W. Norton & Company
Autores:JeanRhys (Autor)
Informação:W.W.Norton&Company (1992)
Coleções:Fiction, Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

Wide Sargasso Sea de Jean Rhys (1966)

Adicionado recentemente pordbkfrank, biblioteca privada, 3007, Sepulchre, AlleghenyCounty, jamiewilde, minnesotaj, reesetee
Bibliotecas HistóricasGraham Greene
  1. 262
    Jane Eyre de Charlotte Brontë (aces)
  2. 71
    The Madwoman in the Attic: The Woman Writer and the Nineteenth-Century Literary Imagination de Sandra M. Gilbert (Imprinted)
  3. 20
    Perto do coração selvagem de Clarice Lispector (Petroglyph)
    Petroglyph: Even though Near to the wild heart was written some twenty years prior to Wide Sargasso Sea, these two share numerous features: the interior monologue, the lyricism, the heroine mostly living inside her skull, the central character who doesn’t see a way out of their mental frustrations with life. Lispector kicked all that up a few notches, but to me these two belong close together on my mental shelves.… (mais)
  4. 20
    The Bell Jar de Sylvia Plath (Philosofiction)
  5. 20
    Grendel de John Gardner (CGlanovsky)
    CGlanovsky: Classics retold to give voice to silent characters important to their plots.
  6. 10
    After Mrs Rochester de Polly Teale (srdr)
    srdr: This brilliant drama illuminates the themes that run through Jean Rhys's life, Wide Sargasso Sea, and Jane Eyre.
  7. 32
    March de Geraldine Brooks (CGlanovsky)
    CGlanovsky: Classic stories (Little Women/Jane Eyre) re-imagined through the experiences of characters who are important to the plot while being almost entirely unseen.
  8. 00
    Journey to the End of the Night de Louis-Ferdinand Céline (Cecilturtle)
    Cecilturtle: colonialisme
  9. 22
    Tell My Horse: Voodoo and Life in Haiti and Jamaica de Zora Neale Hurston (cammykitty)
  10. 01
    Bug-Jargal de Victor Hugo (Medicinos)
    Medicinos: Bug-Jargal décrit une société antillaise basée sur l'exploitation des esclaves qui éclate lorsque ces derniers se rebellent. La prisonnière des Sargasses décrit une société analogue après la rébellion.
  11. 01
    Blessed Is the Fruit: A Novel de Robert Antoni (IsolaBlue)
  12. 02
    Under the Volcano de Malcolm Lowry (GlebtheDancer)
    GlebtheDancer: Dark, foreboding, claustrophobic feel. Self-destruction of central character. Similar prose styles.
  13. 03
    Signed, Mata Hari: A Novel de Yannick Murphy (Usuário anônimo)
    Usuário anônimo: Lush depiction of tropics with natives playing important roles, women "bought" and tragic endings
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 702 menções

Mostrando 1-5 de 197 (seguinte | mostrar todas)
I was totally underwhelmed by this Classic. I didn't feel sympathetic towards any of the characters, they were a very unlikeable lot. If I hadn't wanted one more book to add to my tally for the year, I'd have put it on my DNF list and been much happier - disappointing! ( )
  Fliss88 | Dec 31, 2020 |
A novel that twists and turns suddenly in how you understand the perspective of the characters. I read this without a knowledge of Jane Eyre and the original characters, and found it alone a compelling study on character and prejudice. Excellent writing throughout. ( )
  ephemeral_future | Aug 20, 2020 |
A kind of prequel to Jane Eyre, telling the story of Mr Rochester’s first wife who was kept hidden in the attic. It’s a really sad but compelling story. I read it in a couple of hours - kept thinking I was done for the evening then needing to pick it back up and continue. Mr Rochester tells the story to Jane like “They didn’t tell me until too late that she was mad and bad”, but here it’s more like “I found out from a shit-stirring estranged relative that my wife has a family history of mental illness, so I freaked out, stopped calling her by her real name or showing any affection, and for some reason her mental health suddenly got much, much worse”. ( )
  elusiverica | Aug 15, 2020 |
Finally read this after hearing about it for years. She sure packed a lot into a short novel. ( )
  nmele | Jul 21, 2020 |
I honestly do not know why this is considered a classic. The main thing I liked about this was its length and the ending, which tied it to Jane Eyre. I did not like the characterization or the writing. I had to reread passages to know what is happening, who is saying what, and whether it was real or a dream sequence. Both characters seemed to be going crazy and it was not clear why. But the author seems to be also making the point that Antoinette was not crazy but was like that because of how she is treated. But then with the dream sequences... So which is it? I did not recognize the monster that Rochester was in this. I did not like Antoinette either. I have to give credit to the author that she made a strong point about the lack of choices or power for women during that time. But that is about it. I would have given up on this if I hadn't owned a physical copy of it. ( )
  twinkley | Jul 2, 2020 |
Mostrando 1-5 de 197 (seguinte | mostrar todas)

» Adicionar outros autores (22 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Rhys, Jeanautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Ashworth, AndreaIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Daunt, ChrisIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dorsman-Vos, W.A.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mooney, BelIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Smith, AngelaEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wyndham, FrancisIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em Holandês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
They say when trouble comes close ranks, and so the white people did.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
'If you are buried under a flamboyant tree,' I said, 'your soul is lifted up when it flowers. Everyone wants that.'
The saints we hear about were all very beautiful and wealthy. All were loved by rich and handsome young men.
Reality might disconcert her, bewilder her, hurt her, but it would not be reality. It would be only a mistake, a misfortune, a wrong path taken, her fixed ideas would never change.
'So between you I often wonder who I am and where is my country and where do I belong and why was I ever born at all.'
'You can pretend for a long time, but one day it all falls away and you are alone.'
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

The fortieth anniversary reissue of the best-selling "tour de force" (Walter Allen, New York Times Book Review).

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.56)
0.5 6
1 42
1.5 10
2 158
2.5 48
3 403
3.5 121
4 534
4.5 63
5 265

W.W. Norton

Uma edição deste livro foi publicada pela W.W. Norton.

» Página Web de informação sobre a editora

Penguin Australia

2 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0141182857, 0241951550

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 155,640,740 livros! | Barra superior: Sempre visível