Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Rose of Versailles Volume 1 de Riyoko…
Carregando...

The Rose of Versailles Volume 1 (edição: 2020)

de Riyoko Ikeda (Autor)

Séries: The Rose of Versailles (Perfect Edition 1)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
473436,192 (3.86)1
Membro:ribbonknight
Título:The Rose of Versailles Volume 1
Autores:Riyoko Ikeda (Autor)
Informação:Udon Entertainment (2020), Edition: Illustrated, 496 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

The Rose of Versailles Volume 1 [Perfect Edition] de Ryoko Ikeda

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 1 menção

Exibindo 3 de 3
Naturally, Rose of Versailles shows its age. It's not a gateway manga; the artstyle put off a lot of modern fans badly. So does the somewhat revisionist, rosy image of Marie Antoinette as a sweet, childish, well-intentioned but flighty heroine. She's not the star; gender-bending captain of the guard Lady Oscar is.

RoV is often billed as a queer female romance; that's something of a lie. the heroines are all female, there is one strong bisexual character and a few characters that may be queer but never seem to be aware of that. There's a scene or two that will really stab you in the heart if what you want is a queer-friendly shoujo romance.

And besides that, it's not just a romance. Ikeda-san write romantic historical fiction that is mostly drama; that is, she writes character dramas that take place is well-researched historical settings that are nonetheless secondary to the drama. Nothing will make you say 'that's not how it happened in revolutionary France,' but I also don't think you'll say 'wow, I have learned so much about revolutionary France.'

Why do I still recommend the series highly if it's not quite queer, not quite historical, hard to define, and hard to get a new reader into? Because I am still in love with Lady Oscar, that is why.

Now, what I REALLY want to recommend is Oniisama E (sometimes translated as Dear Brother and sometimes as Brother, my Brother) which is explicitly queer, takes place in Ikeda's Japan of the 1970s, and is all of the delicious schoolgirl homoerotic melodrama you could possibly want, none of the icky pro-monarchy sentiment. Alas, it's never been licensed or officially translated into English. I will say that I have read it in English, and I will say that I did that online, and I am sure you could too. But that's as much as I can say about that! ( )
1 vote RNCoble | Mar 24, 2021 |
A sprawling soap opera of a manga centering around Marie Antoinette. It moves *very* slowly--there are entire chapters dedicated to the question of if/when the Dauphine will first speak to the King's mistress--and the art is a bit flowery for my tastes, but it's engaging. ( )
  amanda4242 | Aug 5, 2020 |
A glacially-paced historical fiction tale of manners and court intrigue set in France during the reigns of Louis XV and Louis XVI. It might be more interesting to me if I were more familiar with French history as it utilizes many real people in its plot. I probably should seek out a true history of the era, as I had more fun researching the real characters in order to note them on LibraryThing after finishing the book than I did actually reading the book.

Mostly, I could not find a way to care about any of the three figures at the core of the book. First, we have the bratty and awful Marie Antoinette. Then we have her wooden and barely there love interest, Hans Axel von Fersen, who just stands about looking handsome. Finally, the heart of the story is the fictional character Oscar François de Jarjayes, and I just have trouble suspending belief to accept that she is a woman who openly dresses as a man and has been given command of the king's royal guard. She spends most of the first volume here being a cypher who sort of stands for justice but mostly doesn't do much of anything. Apparently she becomes involved in a love triangle with the other two at some point, but she seems asexual and spends most of her time worrying about her mother and a street urchin in this volume.

I don't imagine I'll read the rest of the series, but I could come back to it once I've had time to forget how dull it is. ( )
  villemezbrown | May 3, 2020 |
Exibindo 3 de 3
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Ikeda, Ryokoautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Friedman, EricaEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lee, JeannieLettering and Touch Upautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Morimoto, MariTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tsang, AndyDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
1755...In this year, three individuals who would eventually have a fateful encounter at Versailles, France were born in three different European countries.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This edition contains chapters 1 through 22 of The Rose of Versailles.
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.86)
0.5
1
1.5
2 1
2.5
3 2
3.5
4 5
4.5 1
5 2

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 162,291,413 livros! | Barra superior: Sempre visível