Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Mary Wollstonecraft and the Feminist Imagination

de Barbara Taylor

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas
15Nenhum(a)1,110,053 (4)Nenhum(a)
In the two centuries since Mary Wollstonecraft published A Vindication of the Rights of Woman (1792), she has become an icon of modern feminism: a stature that has paradoxically obscured her real historic significance. In this in-depth 2003 study of Wollstonecraft's thought, Barbara Taylor develops an alternative reading of her as a writer steeped in the utopianism of Britain's radical Enlightenment. Wollstonecraft's feminist aspirations, Taylor shows, were part of a revolutionary programme for universal equality and moral perfection that reached its zenith during the political upheavals of the 1790s but had its roots in the radical-Protestant Enlightenment. Drawing on all of Wollstonecraft's works, and locating them in a vividly detailed account of her intellectual world and troubled personal history, Taylor provides a compelling portrait of this fascinating and profoundly influential thinker.… (mais)
Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem resenhas
sem resenhas | adicionar uma resenha

Pertence à série publicada

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
In the two centuries since Mary Wollstonecraft published A Vindication of the Rights of Woman (1792), she has become an icon of modern feminism: a stature that has paradoxically obscured her real historic significance. In this in-depth 2003 study of Wollstonecraft's thought, Barbara Taylor develops an alternative reading of her as a writer steeped in the utopianism of Britain's radical Enlightenment. Wollstonecraft's feminist aspirations, Taylor shows, were part of a revolutionary programme for universal equality and moral perfection that reached its zenith during the political upheavals of the 1790s but had its roots in the radical-Protestant Enlightenment. Drawing on all of Wollstonecraft's works, and locating them in a vividly detailed account of her intellectual world and troubled personal history, Taylor provides a compelling portrait of this fascinating and profoundly influential thinker.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4 1
4.5
5

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 160,565,613 livros! | Barra superior: Sempre visível