Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Anna Karenina (Everyman's Library) de Leo…
Carregando...

Anna Karenina (Everyman's Library) (original: 1877; edição: 1992)

de Leo Tolstoy (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
38,91662658 (4.14)8 / 1675
In nineteenth-century Russia, the wife of an important government official loses her family and social status when she chooses the love of Count Vronsky over a passionless marriage.
Membro:milbourt
Título:Anna Karenina (Everyman's Library)
Autores:Leo Tolstoy (Autor)
Informação:Everyman's Library (1992), 1016 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Informações da Obra

Ana Karênina de Leo Tolstoy (1877)

  1. 212
    Madame Bovary de Gustave Flaubert (roby72, kjuliff)
    kjuliff: adulatory, bored wife
  2. 154
    Crime e Castigo de Fyodor Dostoevsky (Booksloth, luzestrella)
    luzestrella: when I got to the middle of the book I was shocked. It seens like the climax of all the main conclicts were already there. Why didn't the author cut the novel right there with that happy ending? Unnusual for a ficcion novel indeep. But for that particular reason, for me it has it's charm. The other half of the novel goes on describing what happened with the characters after they got what they wanted.… (mais)
  3. 100
    The Age of Innocence de Edith Wharton (roby72)
  4. 50
    The Princess of Clèves de Madame de La Fayette (andejons)
    andejons: Similar premises: married, upper class women fall in love with men of less than perfect moral standing. The outcomes are very different though.
  5. 40
    Buddenbrooks: The Decline of a Family de Thomas Mann (Henrik_Madsen)
    Henrik_Madsen: To romaner af murstensstørrelse der analyserer og beskriver overklassefamiliernes komplicerede liv.
  6. 41
    The Crimson Petal and the White de Michel Faber (pingdjip)
    pingdjip: Like Tolstoy, Faber goes under his characters' skin, ponders their social manoeuvering, and follows the pitfalls and triumphs of their lives. Difference: Faber is funny and sometimes provocative and teasing in a "postmodern" way.
  7. 63
    Emma de Jane Austen (roby72)
  8. 30
    La Regenta de Leopoldo Alas (alalba)
  9. 21
    What Happened to Anna K.: A Novel de Irina Reyn (sparemethecensor)
    sparemethecensor: Irina Reyn updates the classic _Anna Karenina_ to the Russian diaspora of New York City.
  10. 44
    The Unbearable Lightness of Being de Milan Kundera (alalba)
  11. 11
    The Maias de Eça de Queirós (Usuário anônimo)
  12. 11
    Whose Fault? de Sofja Tolstaja (Monika_L)
  13. 00
    Eirelan de Liam O'Shiel (snarkhunting)
    snarkhunting: Both books build complex stories that delve into the nature of loyalty in relationships.
  14. 00
    Káťa Kabanová [libretto] de Leoš Janáček (JuliaMaria)
  15. 01
    A Suitable Boy de Vikram Seth (uri-starkey)
AP Lit (257)
Read (10)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Inglês (568)  Italiano (15)  Espanhol (12)  Holandês (8)  Francês (6)  Catalão (4)  Sueco (3)  Português (Brasil) (2)  Alemão (2)  Tcheco (1)  Hebraico (1)  Finlandês (1)  Português (Portugal) (1)  Dinamarquês (1)  Todos os idiomas (625)
Exibindo 2 de 2
Tolstoy é emblemático da escola realista. São 967 as páginas de Anna Karenina, que não se espere ler em uma única semana. A leitura é longa e o enredo extenso. Mas não há palavras complicadas, as frases não precisam ser relidas vezes e vezes até que se perceba o que querem dizer, o índice de legibilidade é alto. O romancista queria escrever a história de uma esposa que é desgraçada por um escândalo sexual. Ele a descreve “não como culpável, mas sim unicamente digna de pena”. Essa história ele a conhecia dentro de sua própria família: a única irmã, Marya, havia recentemente deixado o marido por causa de uma relação adúltera com um visconde sueco. O livro começa com a conhecida frase : “Famílias felizes são todas iguais; cada família infeliz é infeliz à sua maneira.” Tolstoy retrata aqui uma família feliz e outra infeliz. O feliz Constantine Levin e sua esposa, Kitty, se assemelham a Pierre e Natasha Bezukhov em Guerra e Paz, com atitudes positivas diante da adversidade e compaixão para com os outros. Já o casamento de Alexey e Anna Karenin, por outro lado, é um casamento sem amor mantido pelos ditames da sociedade. Quando Anna conhece um arrojado oficial da Guarda, Alexey Vronsky, prontamente abandona o marido e o filho por causa de uma paixão ilícita. Longe de ser uma força enobrecedora, o amor de Anna e Vronsky leva ao caos, à ruína e, eventualmente, à morte de Anna sob as rodas de um trem. A natureza autodestrutiva de Anna é hoje em dia chamada de personalidade viciante. Ela exige cada vez mais o amor de Vronsky porque nunca pode acreditar que ele realmente se importe com ela. Mesmo quando ele larga a carreira para lhe dedicar mais tempo, ela clama por mais atenção. Alguns críticos apontam a sexualidade desenfreada de Anna como o que a corrompe. Um caso de ninfomania, pois. Tolstoy é claro e direto. Em paralelo ao enredo, há reflexões sobre a passagem do homem pela terra, amor e ódio, ciúme e obsessão, tentação e repressão, religião e espiritualalidade, política e sociedade, nascimento e a morte. De tudo um pouco, tendo como fundo a bela Rússia imperial e cidades como Moscou, S. Petersburgo e os vastos Urais. ( )
  jgcorrea | Aug 30, 2022 |
Ana Karenina trai o marido que não lhe dá o divórcio. Ela abdica do filho para viver com o amante. Por ciúmes infundados do amante e achando que esse não mais a ama, acaba se matando (pulando na frente de um trem).
  pistori | Oct 25, 2010 |
Exibindo 2 de 2
De nieuwe vertaling van Anna Karenina leest als een trein, dankzij allerlei knappe vondsten van vertaler Hans Boland.
adicionado por Jozefus | editarNRC Handelsblad, Michel Krielaars (Feb 24, 2017)
 

» Adicionar outros autores (352 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Leo Tolstoyautor principaltodas as ediçõescalculado
Arout, Gabrielautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Barrett, AngelaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bayley, JohnIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Carmichael, JoelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Carmichael, JoelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dole, Nathan HaskellTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dunmore, HelenIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Edmonds, RosemaryTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Farrell, James T.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gallero, VíctorTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Garnett, ConstanceTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gibian, GeorgeEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ginzburg , LeoneTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Greenwood, E. B.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gurin, JacobTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gurin, Morris S.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gyllenhaal, MaggieNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hašková, TatjanaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hill, JamesArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Horovitch, DavidNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hughes, JennyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Huisman, WilsTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jones, W. GarethIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kool, Halbo C.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Leclée, JacobTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Magarshack, DavidTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mandelker, AmyIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Marcoff, AlexisTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Matulay, LaszloIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Maude, AylmerTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Maude, Louise ShanksTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
May, NadiaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nin, AndreuTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pevear, RichardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Porter, DavinaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pyykkö, LeaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Reimann, RolfIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Roseen, UllaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Schwartz, MarianTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Trausil, HansContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Troyat, HenriIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Volohonsky, LarissaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zinovieff, KyrilTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

Contém

Tem a adaptação

É resumida em

É parodiada em

Inspirado

Tem como estudo

Tem um comentário sobre o texto

Tem um guia de estudo para estudantes

Prêmios

Distinctions

Notable Lists

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Vengeance is mine; I will repay. ~ Deuteronomy 32:35
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Happy families are all alike; every unhappy family is unhappy in its own way. (C. Garnett, 1946) and (J. Carmichael, 1960)
Все счастливые семьи похожи друг на друга, каждая несчастливая семья несчастлива по-своему. Всё смешалось в доме Облонских.
All happy families resemble one another, but each unhappy family is unhappy in its own way.
All happy families resemble one another, every unhappy family is unhappy after its own fashion. (N. H. Dole, 1886)
All happy families are alike; each unhappy family is unhappy in its own way. (Pevear, Volokhonsky, 2000)
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
"Respect was invented to cover the empty place where love should be." [Anna, p744 (2000)]
"He has long ceased loving me. And where love stops, hatred begins." [Anna, p763 (2000)]
Every minute of Alexei Alexandrovich's life was occupied and scheduled. And in order to have time to do what he had to do each day, he held to the strictest punctuality. 'Without haste and without rest' was his motto. [p109 (2000)]
Every man, knowing to the smallest detail all the complexity of the conditions surrounding him, involuntarily assumes that the complexity of these conditions and the difficulty of comprehending them are only his personal, accidental peculiarity, and never thinks that others are surrounded by the same complexity as he is. [p302 (2000)]
Vronsky meanwhile, despite the full realization of what he had desired for so long, was not fully happy. He soon felt that the realization of his desire had given him only a grain of the mountain of happiness he had expected. It showed him the the eternal error people make in imagining that happiness is the realization of desires. [...] He soon felt arise in his soul a desire for desires, an anguish. [p465 (2000)]
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This is the work for the complete Anna Karenina. Please do not combine with any of the works representing the individual volumes (see combination rules regarding part/whole issues for details), or with abridged versions. Thank you.

Please keep the Norton Critical Edition un-combined with the rest of them – it is significantly different with thorough explanatory annotations, essays by other authors, and reviews by other authors. Thank you.
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico
In nineteenth-century Russia, the wife of an important government official loses her family and social status when she chooses the love of Count Vronsky over a passionless marriage.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.14)
0.5 4
1 109
1.5 14
2 279
2.5 42
3 945
3.5 198
4 2133
4.5 352
5 2843

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 208,299,933 livros! | Barra superior: Sempre visível