Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

The Chan's Great Continent: China in Western Minds

de Jonathan D. Spence

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
263179,092 (3.63)4
"Jonathan Spence, our foremost historian of Chinese politics and culture, tells us in his new book how the West has understood China over seven centuries. Ranging from Marco Polo's own depiction of China and the mighty Khan, Kublai, in the 1270s to the China sightings of three twentieth-century writers of acknowledged genius - Kafka, Borges, and Calvino - Spence explores Western thought on China through a remarkable array of expression." "Peopling Spence's account are Iberian adventurers, the great Jesuit missionaries, Enlightenment synthesizers including Voltaire and Montesquieu, spinners of the dreamy cult of Chinoiserie, American observers such as Bret Harte, Mark Twain, Ezra Pound, and Eugene O'Neill, and diplomats from Britain's Lord Macartney to Henry Kissinger. Their visions are alternately coarse and subtle, generous and vicious, sober and exotic. Taken together they tell us as much about the self-image of the West as about China."--Jacket.… (mais)
Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 4 menções

How the West has seen China over seven centuries, by one of the foremost Sinologists of our times. ( )
  herschelian | Feb 13, 2007 |
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

"Jonathan Spence, our foremost historian of Chinese politics and culture, tells us in his new book how the West has understood China over seven centuries. Ranging from Marco Polo's own depiction of China and the mighty Khan, Kublai, in the 1270s to the China sightings of three twentieth-century writers of acknowledged genius - Kafka, Borges, and Calvino - Spence explores Western thought on China through a remarkable array of expression." "Peopling Spence's account are Iberian adventurers, the great Jesuit missionaries, Enlightenment synthesizers including Voltaire and Montesquieu, spinners of the dreamy cult of Chinoiserie, American observers such as Bret Harte, Mark Twain, Ezra Pound, and Eugene O'Neill, and diplomats from Britain's Lord Macartney to Henry Kissinger. Their visions are alternately coarse and subtle, generous and vicious, sober and exotic. Taken together they tell us as much about the self-image of the West as about China."--Jacket.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Gêneros

Melvil Decimal System (DDC)

951 — History and Geography Asia China and adjacent areas

Classificação da Biblioteca do Congresso dos E.U.A. (LCC)

Avaliação

Média: (3.63)
0.5
1
1.5 1
2 1
2.5
3 7
3.5
4 10
4.5 2
5 2

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 162,443,091 livros! | Barra superior: Sempre visível