Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Practice of Everyday Life de Michel de…
Carregando...

The Practice of Everyday Life (original: 1980; edição: 2002)

de Michel de Certeau

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
951916,219 (4.04)2
In this incisive book, Michel de Certeau considers the uses to which social representation and modes of social behavior are put by individuals and groups, describing the tactics available to the common man for reclaiming his own autonomy from the all-pervasive forces of commerce, politics, and culture. In exploring the public meaning of ingeniously defended private meanings, de Certeau draws brilliantly on an immense theoretical literature to speak of an apposite use of imaginative literature.… (mais)
Membro:pierretremond
Título:The Practice of Everyday Life
Autores:Michel de Certeau
Informação:University of California Press (2002), Edition: 1, Paperback, 260 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

The Practice of Everyday Life de Michel de Certeau (1980)

culture (23)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 2 menções

Mostrando 1-5 de 9 (seguinte | mostrar todas)
An absolutely incredible perceptive trail through modern urban life, told with a voice that seems to understand the heartbeat of a city. ( )
  ephemeral_future | Aug 20, 2020 |
El Museo Nacional de Arte y Fundación/Colección Jumex, presentaron La invención de lo cotidiano, muestra que reunió 158 obras de 102 artistas en promedio, que corresponden a épocas, técnicas y pensamientos diferentes. Las piezas dialogaron alrededor de un tema: la cotidianeidad y forman parte de los acervos de ambas instituciones, con obras que datan del s. XVII a nuestros días. El curador de la exposición, Frédéric Bonnet, propuso una reflexión en torno al uso del arte como evocación documental de lo cotidiano y el modo en que los artistas se adueñan de éste para reinventar y reimaginar algunos de sus usos y aspectos mediante la imagen, la forma y la experiencia producida.
  CarmenSanchez | Mar 1, 2018 |
This is a book I recommended frequently to people without actually having read, given that a classmate of mine back in the Medieval Spatial Theory course had explained parts of it very persuasively. It was hard to find in stores so I bought it online, and found it a very beautiful (and very deliciously-smelling) book. I read most of this in the Dublin airport (side-by-side with [b:The Last Unicorn|29127|The Last Unicorn (The Last Unicorn, #1)|Peter S. Beagle|https://d.gr-assets.com/books/1358147318s/29127.jpg|902304]) which might be pretty fitting when you've got a book thinking about even our interactions with space as codifiers of social behaviour. I think it's one that I've got to go over again in smaller sections to really get to the meat of different chapters. But I'm glad to now have read the book and am better able to justify recommendations, rather than interpreting an interpretation (though I still will always love & think foremost of that friend's take on the book--I could not help but read it through his lens and I think always will). ( )
  likecymbeline | Apr 1, 2017 |
Social History and Conditions
  CPI | Jul 29, 2016 |
Really could not get over the conceit of complaining that everyday language is not discussed in academia whilst using language that is night inaccessible to those that he discusses ( )
  mongoosenamedt | Apr 9, 2016 |
Mostrando 1-5 de 9 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To the ordinary man.
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

In this incisive book, Michel de Certeau considers the uses to which social representation and modes of social behavior are put by individuals and groups, describing the tactics available to the common man for reclaiming his own autonomy from the all-pervasive forces of commerce, politics, and culture. In exploring the public meaning of ingeniously defended private meanings, de Certeau draws brilliantly on an immense theoretical literature to speak of an apposite use of imaginative literature.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4.04)
0.5
1 2
1.5
2 3
2.5
3 11
3.5 1
4 29
4.5 3
5 25

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 156,981,454 livros! | Barra superior: Sempre visível