Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

A Máscara da Morte Rubra (1841)

de Edgar Allan Poe

Outros autores: Veja a seção outros autores.

Séries: Auguste Dupin

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
7282331,301 (3.54)85
"The Murders in the Rue Morgue" is a short story by Edgar Allan Poe published in Graham's Magazine in 1841. It has been claimed as the first detective story; Poe referred to it as one of his "tales of ratiocination". Similar works predate Poe's stories, including Das Fräulein von Scuderi (1819) by E.T.A. Hoffmann and Zadig (1748) by Voltaire.C. Auguste Dupin is a man in Paris who solves the mysterious brutal murder of two women. Numerous witnesses heard a suspect, though no one agrees on what language was spoken. At the murder scene, Dupin finds a hair that does not appear to be human.As the first true detective in fiction, the Dupin character established many literary devices which would be used in future fictional detectives including Sherlock Holmes and Hercule Poirot. Many later characters, for example, follow Poe's model of the brilliant detective, his personal friend who serves as narrator, and the final revelation being presented before the reasoning that leads up to it. Dupin himself reappears in "The Mystery of Marie Roget" and "The Purloined Letter".… (mais)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 85 menções

Inglês (18)  Francês (2)  Dinamarquês (1)  Espanhol (1)  Português (1)  Todos os idiomas (23)
Mostrando 1-5 de 23 (seguinte | mostrar todas)
Indeholder "Mordene i Rue Morgue", "Mysteriet Marie Rogêt", "Det stjålne brev".

"Mordene i Rue Morgue" handler om Monsieur C. August Dupin der opklarer mord begået af en orangutang.
"Mysteriet Marie Rogêt" handler om Monsieur C. August Dupin der beskæftiger sig med mordet på Marie Rogét.
"Det stjålne brev" handler om Monsieur C. Auguste Dupin der finder et brev, gemt blandt andre breve. Han får også trynet politipræfekten i Paris lidt, hvilket han gerne tager med. Og endelig spiller han tyven Minister D- et slemt puds ved at lade brevet erstatte af en kopi. "... hvis en sådan hensigt ej er Atreus værdig, så passer den dog for Thyestes!"

Tre berømte noveller af Edgar Allan Poe. Der er i den sidste historie også en historie om en læge, som en rig gnier forsøger at få et gratis råd af ved at fortælle om en "ven", der har forskellige symptomer. Så spørger gnieren lægen om hvad "vennen" skal gøre. Og lægen fortæller med et glimt i øjet at "vennen" selvfølgelig bør søge læge. I den fortælling er der også nogle betragtninger om matematikere og man kan tirre dem ved at påstå at x² + px ikke altid giver q. ( )
  bnielsen | Mar 20, 2024 |
First 1/2 dozen pages a bit heavy but then, I was into the flow. I enjoyed the way it came together for a 'who dun it'. ( )
  SteveMcI | Apr 28, 2023 |
9788476727607
  archivomorero | Jun 27, 2022 |
While I typically love locked room mysteries, and I don't mind not being given enough clues to fully solve a locked room mystery for myself, I really disliked the way this one ended. It was a completely unexpected twist (since I have somehow managed to avoid spoilers for it) and left a very bad taste in my mouth for the story. However, I do appreciate this for what it was: probably the inspiration for Sherlock Holmes, as well as the first detective story. The language is more dated than I expected, and I didn't like it nearly as much as I remember liking Poe's other works. Not one I need to revisit, though I'm glad to have read it the once. ( )
  ca.bookwyrm | Nov 15, 2021 |
The first of the mysteries featuring the detective C. Auguste Dupin. He becomes interested in the unexplained (by the police) death of a Madame L'Espanaye and her daughter, Camille, in the Rue Morgue. Not just unexplained but brutal deaths.
It took a while to get into the writing style but an interesting mystery nevertheless. ( )
  Vesper1931 | Jul 29, 2021 |
Mostrando 1-5 de 23 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (31 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Edgar Allan Poeautor principaltodas as ediçõescalculado
Case, DavidNarratorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Quintanilha, MarcelloIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

É reescrito em

Tem a adaptação

É resumida em

Inspirado

Tem um guia de estudo para estudantes

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
What song the Surens sang, or what name Achilles assumed when he hid himself among women, although puzzling questions are not beyond all conjecture. -- Sir Thomas Browne, Urn-Burial.
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The mental features dicoursed of as the analytical, are, in themselves, but little susceptible of analysis.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This work is for the original short story, "The Murders in the Rue Morgue" by Edgar Allan Poe. It should not be combined with collections containing additional stories, adaptations, etc.
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

"The Murders in the Rue Morgue" is a short story by Edgar Allan Poe published in Graham's Magazine in 1841. It has been claimed as the first detective story; Poe referred to it as one of his "tales of ratiocination". Similar works predate Poe's stories, including Das Fräulein von Scuderi (1819) by E.T.A. Hoffmann and Zadig (1748) by Voltaire.C. Auguste Dupin is a man in Paris who solves the mysterious brutal murder of two women. Numerous witnesses heard a suspect, though no one agrees on what language was spoken. At the murder scene, Dupin finds a hair that does not appear to be human.As the first true detective in fiction, the Dupin character established many literary devices which would be used in future fictional detectives including Sherlock Holmes and Hercule Poirot. Many later characters, for example, follow Poe's model of the brilliant detective, his personal friend who serves as narrator, and the final revelation being presented before the reasoning that leads up to it. Dupin himself reappears in "The Mystery of Marie Roget" and "The Purloined Letter".

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.54)
0.5
1 4
1.5
2 6
2.5 5
3 45
3.5 13
4 44
4.5 3
5 18

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 205,909,592 livros! | Barra superior: Sempre visível