Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Cathedral: Stories (1983)

de Raymond Carver

Outros autores: Veja a seção outros autores.

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
3,083964,437 (4.17)54
Raymond Carver's third collection of stories, a finalist for the Pulitzer Prize, including the canonical titular story about blindness and learning to enter the very different world of another.  These twelve stories mark a turning point in Carver's work and "overflow with the danger, excitement, mystery and possibility of life. . . . Carver is a writer of astonishing compassion and honesty. . . . his eye set only on describing and revealing the world as he sees it. His eye is so clear, it almost breaks your heart" (Jonathan Yardley, Washington Post Book World).… (mais)
Adicionado recentemente porcolbbee, AMAEB, jammysams, tootall77hc, JoeB1934, JFBCore, ramondefon, bentoverbooks
Bibliotecas HistóricasWilliam Gaddis
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 54 menções

Inglês (86)  Espanhol (5)  Italiano (2)  Francês (2)  Catalão (1)  Todos os idiomas (96)
Mostrando 1-5 de 96 (seguinte | mostrar todas)
Raymond Carver è uno di quegli autori che è facile incrociare quando si cerca ispirazione per qualcosa da leggere: è uno dei grandi della letteratura statunitense del Novecento e scriveva storie brevi, due ottimi requisiti per essere consigliati a unǝ lettorǝ in cerca del prossimo amore letterario. Eppure non aveva attirato abbastanza la mia attenzione: meno male è stato scelto come libro del mese per LiberTiAmo. È stato amore a prima lettura.

Me lo sono divorato questo fine settimana e sento ancora l’intenso sapore di vita sulla lingua. È difficile descrivere cosa si prova nel leggere questi racconti perché è come mettere nero su bianco cosa si prova a essere vivз e a fare delle esperienze in quanto essere umano vivo: sai com’è a un livello istintivo perché sei vivǝ, ma spiegarlo?

È qui che entra in gioco la letteratura – e le arti, in generale: la bellezza di Cattedrale è tutta qui. Riesce a descrivere quello che normalmente non siamo in grado di esprimere a parole e lo fa con quella semplicità che sembra alla portata di chiunque, ma che in realtà è uno dei risultati più difficili da raggiungere per unǝ scrittorǝ.

Non ho altro da aggiungere: è uno di quei libri da leggere e non da raccontare, tanto più che è una lettura relativamente veloce. Buttatevi, che è bello! ( )
  lasiepedimore | Jan 18, 2024 |
I never realized that Altman's Short Cuts was a rip on Carver's stories. Had I known that earlier I would've been less impressed with Altman! ( )
  Andy5185 | Jul 9, 2023 |
Che Carver sia un maestro non c'è bisogno di ribadirlo. Leggerlo in inglese mi aiuta ad apprezzarne lo stile semplice ed essenziale. Del tutto personalmente, Feathers, A small, good thing e Cathedral (qui inclusi) sono fra i suoi racconti che preferisco. ( )
  d.v. | May 16, 2023 |
Another spectacular short story writer. Plain force, hurt people, nothing changes. This is like the Doolittle of short stories: why couldn’t I do that? ( )
  jammymammu | Jan 6, 2023 |
I believe this short-story is one that would be open to many interpretations, so mine might or might not have any semblance to yours. I thought it was about prejudices, preconceived ideas, and walking a mile in another man's shoes. ( )
  mattorsara | Aug 11, 2022 |
Mostrando 1-5 de 96 (seguinte | mostrar todas)
The Cathedral is a story of how a man, known as the narrator, overcomes his predisposition towards a culture that is unknown to him. From the beginning, the narrator does not like Robert, and he really has no reason for it. He has his stereotypes that he sticks to in the beginning, until Robert starts to prove many of them false. It is apparent that the narrator is very big on appearance, and this is shown through his fascination that a blind man had a beard. Later in the story, the narrator also points out that Robert did not wear sunglasses or use a cane. The narrator thought about how pitiful Roberts wife was, and how awful their relationship must have been because she would never receive a compliment based on her looks by her loved one. This shows what type of a husband he is, and what he values in his marriage. The narrator doesn't seem to have many friends, and his wife even points this out, and he seems to drink and smoke a lot. Although he can see, in comparison, he seems like the blind one. Although Robert is physically blind, he is a real jack of trades. He hasn't let his blindness get in the way of his happiness and it just goes to show that you can be blind, and still truly see. The narrator begins to understand this at the end of the story when he draws the cathedral with Robert and begins to bridge the gap between himself and true understanding.
adicionado por smyth104 | editarSchool
 

» Adicionar outros autores (7 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Raymond Carverautor principaltodas as ediçõescalculado
Duranti, RiccardoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
For Tess Gallagher
For Tess Gallagher and in memory of John Gardner
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This friend of mine from work, Bud, he asked Fran and me to supper.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Raymond Carver's third collection of stories, a finalist for the Pulitzer Prize, including the canonical titular story about blindness and learning to enter the very different world of another.  These twelve stories mark a turning point in Carver's work and "overflow with the danger, excitement, mystery and possibility of life. . . . Carver is a writer of astonishing compassion and honesty. . . . his eye set only on describing and revealing the world as he sees it. His eye is so clear, it almost breaks your heart" (Jonathan Yardley, Washington Post Book World).

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.17)
0.5
1 4
1.5
2 18
2.5 5
3 89
3.5 27
4 239
4.5 29
5 261

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 205,991,458 livros! | Barra superior: Sempre visível