Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Oxford Book of Aphorisms (Oxford…
Carregando...

The Oxford Book of Aphorisms (Oxford Paperbacks) (original: 1983; edição: 1987)

de John Gross (Editor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
230Nenhum(a)88,752 (3.96)1
The dictionary defines "aphorism" as "a short pithy statement or maxim," but beneath this definition lies a wealth of wit and insight to which neither the word nor any brief description can do justice. This delightful anthology demonstrates just how rewarding the aphorism can be and how brilliantly the aphorist can illuminate a hidden truth or reveal the ironies of life. Whatever the situation, whatever the mood, the reader will find in this international array of aphorisms just the right words to give his or her feeling pungent expression. The classic aphorists--La Bruyère, Nietzsche, both Samuel Butlers, La Rochefoucault, Emerson--are here in abundance, as are the philosophers from the Greeks of Paul Valéry, the social commentators from Edmund Burke to Walter Benjamin. Statesmen and scientists, Olympians and gadflies, mystics and boulevardiers--this collection brings together the most diverse figures, drawing freely on ancients and moderns, on the widsom of East and West, juxtaposing viewpoints as different as those of Jean Cocteau and George Orwell, Ambrose Bierce and Marcus Aurelius, Lord Chesterfield and Elias Canetti. Profound, provocative, and vastly entertaining, The Oxford Book of Aphorisms will lure the reader back to its pages time and again. The book is fully indexed, and wherever possible, sources, dates, and complete names are supplied.… (mais)
Membro:anonyth
Título:The Oxford Book of Aphorisms (Oxford Paperbacks)
Autores:John Gross (Editor)
Informação:Oxford Paperbacks (1987), Edition: New edition, 392 pages
Coleções:Sua biblioteca, Para ler
Avaliação:
Etiquetas:culture, history, reference, humor

Detalhes da Obra

The Oxford Book of Aphorisms de John Gross (1983)

Adicionado recentemente porchrisvia, scelib, sofiatahzib, Hess97, anonyth, nehou, racergirl76
Bibliotecas HistóricasEdward St. John Gorey
Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 1 menção

Sem resenhas
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

The dictionary defines "aphorism" as "a short pithy statement or maxim," but beneath this definition lies a wealth of wit and insight to which neither the word nor any brief description can do justice. This delightful anthology demonstrates just how rewarding the aphorism can be and how brilliantly the aphorist can illuminate a hidden truth or reveal the ironies of life. Whatever the situation, whatever the mood, the reader will find in this international array of aphorisms just the right words to give his or her feeling pungent expression. The classic aphorists--La Bruyère, Nietzsche, both Samuel Butlers, La Rochefoucault, Emerson--are here in abundance, as are the philosophers from the Greeks of Paul Valéry, the social commentators from Edmund Burke to Walter Benjamin. Statesmen and scientists, Olympians and gadflies, mystics and boulevardiers--this collection brings together the most diverse figures, drawing freely on ancients and moderns, on the widsom of East and West, juxtaposing viewpoints as different as those of Jean Cocteau and George Orwell, Ambrose Bierce and Marcus Aurelius, Lord Chesterfield and Elias Canetti. Profound, provocative, and vastly entertaining, The Oxford Book of Aphorisms will lure the reader back to its pages time and again. The book is fully indexed, and wherever possible, sources, dates, and complete names are supplied.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.96)
0.5
1
1.5
2 1
2.5
3 3
3.5
4 4
4.5 1
5 4

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,803,528 livros! | Barra superior: Sempre visível