Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Nots (Religion and Postmodernism) de Mark C.…
Carregando...

Nots (Religion and Postmodernism) (edição: 1993)

de Mark C. Taylor (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas
29Nenhum(a)644,340 (4)Nenhum(a)
Nots is a virtuoso exploration of negation and negativity in theology, philosophy, art, architecture, postmodern culture, and medicine. In nine essays that range from nihility in Buddhism to the embodiment of negativity in disease, Mark C. Taylor looks at the surprising ways in which contrasting concepts of negativity intersect. In the first section of this book, Taylor discusses the question of the "not" in the religious thought of Anselm, Hegel, Derrida, and Nishitani. In the second part, he analyzes artistic efforts "to figure not" in the work of artists Arakawa and Madeline Gins, architect Daniel Libeskind, pop artist David Sallee, and pop icon Madonna. The final section consists of a deeply personal and scientifically informed chapter that discusses the workings of negativity in immunology and illness. Taylor's essays work toward a sense of the not as unnameable as it is irrepressible--an "unthinkable third" that falls between being and nonbeing. Bringing together concerns that span Taylor's early investigations of Hegel and Kierkegaard and recent studies of art and architecture, Nots is an important contribution by one of the most original and distinctive voices now writing on the American scene. Religion and Postmodernism series… (mais)
Membro:ldcos7815
Título:Nots (Religion and Postmodernism)
Autores:Mark C. Taylor (Autor)
Informação:University Of Chicago Press (1993), Edition: 1, 292 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

Nots de Mark C. Taylor

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem resenhas
sem resenhas | adicionar uma resenha

Pertence à série

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (2)

Nots is a virtuoso exploration of negation and negativity in theology, philosophy, art, architecture, postmodern culture, and medicine. In nine essays that range from nihility in Buddhism to the embodiment of negativity in disease, Mark C. Taylor looks at the surprising ways in which contrasting concepts of negativity intersect. In the first section of this book, Taylor discusses the question of the "not" in the religious thought of Anselm, Hegel, Derrida, and Nishitani. In the second part, he analyzes artistic efforts "to figure not" in the work of artists Arakawa and Madeline Gins, architect Daniel Libeskind, pop artist David Sallee, and pop icon Madonna. The final section consists of a deeply personal and scientifically informed chapter that discusses the workings of negativity in immunology and illness. Taylor's essays work toward a sense of the not as unnameable as it is irrepressible--an "unthinkable third" that falls between being and nonbeing. Bringing together concerns that span Taylor's early investigations of Hegel and Kierkegaard and recent studies of art and architecture, Nots is an important contribution by one of the most original and distinctive voices now writing on the American scene. Religion and Postmodernism series

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4 1
4.5
5

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,690,093 livros! | Barra superior: Sempre visível