Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Les Misérables de Victor Hugo
Carregando...

Les Misérables (original: 1862; edição: 1987)

de Victor Hugo

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
26,584335116 (4.26)4 / 1108
Classic Literature. Fiction. HTML:

Book lovers of all ages owe it to themselves to conquer this masterwork of nineteenth-century fiction from Victor Hugo, also author of The Hunchback of Notre-Dame. One hundred and fifty years after the original publication of Les Miserables, the heart-rending story of Jean Valjean, Fantine, Cosette and dozens of others of France's downtrodden and dispossessed continues to capture the imaginations of audiences around the world.

.… (mais)
Membro:octal
Título:Les Misérables
Autores:Victor Hugo
Informação:Signet Classics, Mass Market Paperback, 1463 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:***
Etiquetas:Nenhum(a)

Informações da Obra

Les Misérables de Victor Hugo (1862)

  1. 220
    The Count of Monte Cristo de Alexandre Dumas (VictoriaPL)
  2. 101
    War and Peace de Leo Tolstoy (chrisharpe)
  3. 91
    The Grapes of Wrath de John Steinbeck (CGlanovsky)
    CGlanovsky: As much a story about the trials of individuals as a sweeping portrait and critique of an era.
  4. 70
    Silas Marner de George Eliot (ncgraham)
    ncgraham: Both great classics, with orphaned girls and themes of redemption.
  5. 61
    The Mayor of Casterbridge de Thomas Hardy (ncgraham)
    ncgraham: Both stories of men who commit public crimes ... and yet the outcomes are very different.
  6. 20
    The Man Who Laughs de Victor Hugo (raton-liseur)
    raton-liseur: Des thèmes similaires, dans une prose étourdissante et avec une ironie mordante.
  7. 20
    The Life of Lazarillo de Tormes de Anónimo (albavirtual)
  8. 20
    The Hunchback of Notre-Dame de Victor Hugo (CorinneT)
  9. 00
    The Betrothed de Alessandro Manzoni (chrisharpe)
  10. 00
    Island Beneath the Sea de Isabel Allende (CGlanovsky)
    CGlanovsky: Cast of interconnected characters are subjected to historical pressures through years-worth of events surrounding a revolution. Issues of paternity and social justice.
  11. 00
    Barnaby Rudge de Charles Dickens (morryb)
    morryb: Both have a main character who adopts a daughter and the struggle of letting her go.
  12. 00
    Doctor Thorne de Anthony Trollope (morryb)
    morryb: Both speak to the struggle of adopting a child and then letting them up later.
Europe (14)
Elevenses (192)
1860s (6)
100 (16)
Romans (19)
BitLife (117)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

» Veja também 1108 menções

Inglês (302)  Espanhol (9)  Francês (9)  Italiano (3)  Português (Brasil) (2)  Finlandês (2)  Holandês (2)  Norueguês (2)  Piratês (1)  Aragonês (1)  Português (1)  Todos os idiomas (334)
Exibindo 2 de 2
Um marco do romance francês do século XIX, Os miseráveis é um livro grandioso. Narrando fatos que se estendem da derrota francesa na Batalha de Waterloo, em 1815, aos levantes antimonarquistas de junho de 1832 em Paris, Victor Hugo transcendeu as barreiras da ficção para criar uma obra que é ao mesmo tempo um drama romântico, uma epopeia, um documento histórico, um ensaio filosófico, um tratado sobre ética e um estudo sobre literatura e linguagem. Nada disso seria possível sem o fascínio exercido pelas reviravoltas de seu enredo e pelo carisma de seus personagens. Como o criminoso Jean Valjean e sua jornada desesperada em busca de redenção. Ou a explorada e prostituída Fantine e sua filha Cosette. Ou ainda o pequeno Gavroche, filho de um lar desajustado que foge de casa para viver nas ruas. Unidos pelo idealismo e pelo gênio narrativo de Victor Hugo, esses excluídos e heróis improváveis fazem de Os miseráveis um grito de liberdade que continua a ecoar até os dias de hoje. ( )
  Naves3516 | May 3, 2024 |
O enredo nao passa de um sinuoso e divagador melodrama. No corpo de obra de Hugo, prefiro a poesia, o teatro e - entre os romances - O Homem Que Ri. Les Mis, porém, faz parte da história literaria. Ensejou inclusive um esplêndido musical. A publicação de Les Misérables, em 1862, foi amplamente antecipada pela popularidade de Hugo. O livro fez sucesso imediato. Atraiu um público amplo em toda a Europa e outras áreas do mundo. Nos Estados Unidos, encontrou leitores ávidos entre soldados lutando em ambos os lados da Guerra Civil Americana. Sua história principal segue a vida de um ex-presidiário e marginalizado social, Jean Valjean, enquanto busca redenção e realização em uma sociedade passando por rupturas e mudanças. O romance é autobiográfico em muitos aspectos. O personagem de Marius é baseado na vida de Hugo como um jovem adulto. E o conflito entre Jean Valjean e Javert, o antagonista da história, reflete os lados conflitantes da própria personalidade de Hugo. Hugo usou Les Misérables para criticar as injustiças da França do século XIX. No entanto, as questões tratadas no romance são universais e ainda repercutem – os direitos das mulheres, o conflito intergeracional, a crueldade do sistema de justiça e o fracasso das instituições da sociedade. A revolução desempenha um grande papel em Les Misérables, assim como na vida de Hugo. Ele argumenta que as pessoas têm o direito de desafiar as leis e convenções da sociedade quando estas não se alinham com o moralmente correto. A revolução, diz ele, é um agente do progresso. Efetivamente, em 1832 Hugo apresentara em Paris Le Roi S’Amuse, uma peça baseada na vida amorosa do rei Francisco I da França. Desde 1827 até o ano da estreia de Le Roi S’Amuse, Hugo passara de uma postura inicialmente conservadora para um liberalismo reformista que se refletia em suas posições públicas e em sua obra. Entretanto, Le Roi S'Amuse também sofreria censura, acusada de expor a figura régia ao ridículo. ( )
  jgcorrea | Aug 30, 2022 |
Exibindo 2 de 2

» Adicionar outros autores (303 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Hugo, Victorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Bayard, Émile-AntoineIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Denny, NormanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Donougher, ChristineTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fernández Cuesta, NemesioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Guidall, GeorgeNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hapgood, Isabel FlorenceTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Homewood, BillNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kauer, Edmund TheodorTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Keeping, CharlesIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lehtonen, J. V.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Picchi, MarioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rose, JulieTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sabard, Marie-Hélèneautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Serdav, ManuelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tamaki, JillianArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Thirlwell, AdamIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tombs, RobertIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Voionmaa, EinoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ward, LyndIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Washington, PeterIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wilbour, Charles E.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wraxall, LascellesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado

Está contido em

Contém

Is a retelling of

É reescrito em

Tem a sequência (não seriada)

Tem a adaptação

É resumida em

É parodiada em

Inspirado

Tem um comentário sobre o texto

Tem um guia de estudo para estudantes

Guia para Professores e Ensino

Prêmios

Distinctions

Notable Lists

Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em alemão. Edite para a localizar na sua língua.
Solange kraft der Gesetze und Sitten eine soziale Verdammnis existiert, die auf künstlichem Weg, inmitten einer hoch entwickelten Zivilisation, Höllen schafft und noch ein von Menschen gewolltes Fatum zu dem Schicksal, das von Gott kommt, hinzufügt ; solange die drei Probleme des Jahrhunderts, die Entartung des Mannes durch das Proletariat, die Entsittlichung des Weibes infolge materieller Not und die Verwahrlosung des Kindes, nicht gelöst sind ;
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
In the Year 1815 Monseigneur Charles-François-Bienvenu Myriel was Bishop of Digne.
So long as there shall exist, by virtue of law and custom, decrees of damnation pronounced by society, artificially creating hells amid the civilization of the earth, and adding the element of human fate to divine destiny; so long as the three great problems of the century - the degradation of man through pauperism, the corruption of woman through hunger, the crippling of children through lack of light - are unsolved; so long as social asphyxia is possible in any part of the world - in other words, and with a still wider significance, so long as ignorance and poverty exist on earth, books of the nature of Les Miserables cannot fail to be of use. (Preface)
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
This work represents complete editions. Please do not combine with the first volume of multi-volume editions.
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico
Classic Literature. Fiction. HTML:

Book lovers of all ages owe it to themselves to conquer this masterwork of nineteenth-century fiction from Victor Hugo, also author of The Hunchback of Notre-Dame. One hundred and fifty years after the original publication of Les Miserables, the heart-rending story of Jean Valjean, Fantine, Cosette and dozens of others of France's downtrodden and dispossessed continues to capture the imaginations of audiences around the world.

.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Best Les Miserables? em Folio Society Devotees

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (4.26)
0.5 1
1 53
1.5 5
2 130
2.5 27
3 560
3.5 96
4 1250
4.5 164
5 2181

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 208,394,058 livros! | Barra superior: Sempre visível