Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Essayism: On Form, Feeling, and Nonfiction…
Carregando...

Essayism: On Form, Feeling, and Nonfiction (edição: 2018)

de Brian Dillon (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1301160,843 (4.03)2
"Essayism is a book about essays and essayists, a study of melancholy and depression, a love letter to belle-lettrists, and an account of the indispensable lifelines of reading and writing. Brian Dillon's style incorporates diverse features of the essay. By turns agglomerative, associative, digressive, curious, passionate, and dispassionate, his is a branching book of possibilities, seeking consolation and direction from Michel de Montaigne, Virginia Woolf, Roland Barthes, Theodor Adorno, Walter Benjamin, Georges Perec, Elizabeth Hardwick, and Susan Sontag, to name just a few of his influences. Whether he is writing on origins, aphorisms, coherence, vulnerability, anxiety, or a number of other subjects, his command of language, his erudition, and his own personal history serve not so much to illuminate or magnify the subject as to discover it anew through a kaleidoscopic alignment of attention, thought, and feeling, a dazzling and momentary suspension of disparate elements, again and again"--… (mais)
Membro:rehpii
Título:Essayism: On Form, Feeling, and Nonfiction
Autores:Brian Dillon (Autor)
Informação:New York Review Books (2018), Edition: 1st, 176 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:essays, English essays, nonfiction, writing, 100

Detalhes da Obra

Essayism: On Form, Feeling, and Nonfiction de Brian Dillon

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 2 menções

Very enjoyable; Dillon writes well and with intelligence about books, and himself. It probably helps that I enjoy many of the same writers, and that I know a bit about what he's discussing, but at worst this is a good book to get if you want good reading suggestions, or if you're interested in the essay as a form. ( )
  stillatim | Oct 23, 2020 |
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

"Essayism is a book about essays and essayists, a study of melancholy and depression, a love letter to belle-lettrists, and an account of the indispensable lifelines of reading and writing. Brian Dillon's style incorporates diverse features of the essay. By turns agglomerative, associative, digressive, curious, passionate, and dispassionate, his is a branching book of possibilities, seeking consolation and direction from Michel de Montaigne, Virginia Woolf, Roland Barthes, Theodor Adorno, Walter Benjamin, Georges Perec, Elizabeth Hardwick, and Susan Sontag, to name just a few of his influences. Whether he is writing on origins, aphorisms, coherence, vulnerability, anxiety, or a number of other subjects, his command of language, his erudition, and his own personal history serve not so much to illuminate or magnify the subject as to discover it anew through a kaleidoscopic alignment of attention, thought, and feeling, a dazzling and momentary suspension of disparate elements, again and again"--

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4.03)
0.5
1
1.5
2
2.5
3 3
3.5 2
4 9
4.5 3
5 3

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,046,252 livros! | Barra superior: Sempre visível