Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Lady Chatterley's Lover de D. H. Lawrence
Carregando...

Lady Chatterley's Lover (edição: 2012)

de D. H. Lawrence

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
11,817183410 (3.49)1 / 482
Banned, burned, and the subject of a landmark obscenity trial, Lawrence's lyric and sensual last novel is now regarded as "our time's most significant romance." -- "The New York Times. "This classic tale of love and discovery pits the paralyzed and callous Clifford Chatterley against his indecisive wife and her persuasive lover.… (mais)
Membro:timoroso
Título:Lady Chatterley's Lover
Autores:D. H. Lawrence
Informação:Penguin Export (2012), Paperback
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

O Amante de Lady Chatterley de D. H. Lawrence (Author)

Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

» Veja também 482 menções

Inglês (163)  Italiano (4)  Espanhol (4)  Sueco (3)  Holandês (3)  Norueguês (1)  Hebraico (1)  Português (1)  Francês (1)  Alemão (1)  Todos os idiomas (182)
Mostrando 1-5 de 182 (seguinte | mostrar todas)
I wasn't sure what to expect from this one. A bawdy tale of a wealthy british wife getting a good once over in the brambles, or perhaps a more eloquent 50 Shades of Grey. I got neither, and I am so glad.

What I did get was a wonderfully thought-provoking piece of genuine literature. There are a lot of truths to be taken from these pages, both of the sexual sort and of the social. Surprising, class is a huge player in this story-- to the point that I might be inclined to say the eponymous Lover isn't standing as a neon sign ('sex scenes ahead!') so much as he is a representation of the many ideologies coming to the forefront at the time. He is most certainly a man, but he's also a voice of reason in an unreasonable setting.

I'll be marinating on this one for a while, methinks. ( )
  dowswell | Jul 25, 2021 |
Adult fiction; social commentary. DH's repetitive ramblings get awfully tiresome. ( )
  reader1009 | Jul 3, 2021 |
Als je dit boek in 2021 leest, bijna een eeuw nadat het boek is geschreven, lijkt er op sommige punten nog niet zoveel veranderd: vrouwen worstelen nog steeds met hun seksualiteit, mannen nemen die dikwijls "for granted". Dat Clifford zich geen moment afvraagt wat het voor zijn vrouw betekent dat hij vanaf zijn middel verlamd uit de oorlog is teruggekomen, spreekt ook al boekdelen. En dan het verschil in maatschappelijke klasse. Is daar echt al veel in veranderd? Kortom, een "oud" boek over zaken die nog steeds spelen.
  wannabook08 | Apr 22, 2021 |
For a novel that is purported to be of the “bodice-ripper” genre (ie chick lit) and was written almost 100 years ago, I can’t believe how forward thinking D.H. Lawrence is.

During the 1920s, feminism, female rights, and especially the female organism were new concepts that came about as a result of increased female independence during the Great War. Women had been called to the workforce to replace all of the men who were sent away to the battlefields of Europe, and even after the few remaining men of the Lost Generation returned to England women were not willing to back to being hausfraus. Lady Chatterly is definitely not one of these working women - her family are clearly minor aristocrats and she marries into the leisure class as well - but she personifies the increased intellectual and social freedoms that women of her station became accustomed to in parallel. Constance was given an extensive education during her family’s travels throughout Europe as a young woman and Lawrence makes it clear that she and her sister were given relative freedom to explore all of life that intrigued them. Both sisters had love affairs in their teens - a likely unheard of concept previously, and still likely uncommon - that are presented hand in hand with their highly developed intellect that in fact challenged the men of their circles to keep up or be left behind. This development of personality is one that was surely a shock to readers at the time of the book’s publication, as the idea that women could be seen as intellectual equals as men - and an even greater shock that these women had casual sexual encounters in which they proved to be the more emotionally removed sex of the two.

As the novel progresses, it seems for a moment or two that Constance will grow out of her adolescent behaviour when she marries Lord Clifford Chatterly during the course of the War. Even when Clifford returns home to his ancestral seat at Wragby Hall paralyzed from the waist down that Constance will buck up and be a dutiful wife, only allowing her intellect and true personality to show during conversations with Clifford and his group of intellectual friends. This is clearly not to last, though, as her introduction to this group of interesting men draws obvious comparisons to her youth in Germany surrounded by men of strong opinion and vocabulary. Inevitably, her instinct for sexual encounter is piqued by an Irish writer, Michaelis, who, while ultimately a disappointment to her emotionally and physically, begins her path to a true break from the hopelessly inadequate Clifford. Clifford, while a writer of popular fiction is technically of the intelligentsia that Constance craves as stimuli, he is highly traditional in his outlook on life (especially when it comes to the restrictions of class) which Constance begins to find constrictive in her more accepting views of people. His physical reliance on Constance for daily care is really just the final nail in the coffin of emotion, as she has no interest in being a glorified maid who gets nothing in return for her efforts.

It came as a bit of a shock to me that the person whom Constance finally falls in love with (and leaves Clifford officially for) is the Oliver Mellors, the game keeper of the Wragby Estate. The two of them are from incredibly different walks of life and at their initial encounters were incredibly tense, but their differences only seem to heighten their similarities. Neither are willing to go along with accepted societal norms, and both have a complete disregard for the fripperies of aristocratic privilege and the lack of practicality that it entails. The pair of them argue constantly about practically nothing, but Lawrence has tapped into the exact passion that comes from these types of relationships. They are based on passion, rather than rationality, and the people in them don’t give a damn about what society thinks - even if they make plans to be eventually accepted by this society. For a book published in 1928 that seems to be aimed at the accepted popular market in England, Lawrence is incredibly graphic in his description of sex between the couple. His scenes of “depravity” are of course tame in comparison to earlier authors like the Marquis de Sade, but what I expect caused so much outrage was that he published his novel for the English market (where society was still very closeted about sex in comparison to the Continental population) and was depicting sex between two consenting adults as normal rather than presenting the scenes as gross exaggerations and exceptions to the norm (as De Sade does in his novels). To modern readers who have access to a wide range of pornographic and erotic material (in addition to modern outlooks on sex and relationships between adults) Lawrence’s novel likely seem incredibly tame, but what we must remember is that it is this novel (and many others in between) that helped usher along modern viewpoints on these themes by exposing people to new ways of thinking about the reality of human relationships rather than chaste idealized fictions. ( )
2 vote JaimieRiella | Feb 25, 2021 |
This was a tough call for me. On the one hand, Lawrence does well to acknowledge that female sexuality and pleasure *exists.* On the other hand, the depiction of female sexuality is so...Freudian. So male-focused still. I don't know if I'd teach this book or not. I'm definitely glad to have read it, but I'm not sure this is going to remain on my shelves. ( )
1 vote DrFuriosa | Dec 4, 2020 |
Mostrando 1-5 de 182 (seguinte | mostrar todas)
Although written many years ago, Lady Chatterley's Lover has just been reissued by the Grove Press, and this fictional account of the day-to-day life of an English gamekeeper is still of considerable interest to outdoor minded readers, as it contains many passages on pheasant raising, the apprehending of poachers, ways to control vermin, and other chores and duties of the professional gamekeeper. Unfortunately one is obliged to wade through many pages of extraneous material in order to discover and savor these sidelights on the management of a Midland shooting estate, and in this reviewer's opinion this book cannot take the place of J.R. Miller's Practical Gamekeeping.
adicionado por Cynfelyn | editarField and Stream, Ed Zern (Nov 1, 1959)
 

» Adicionar outros autores (70 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Lawrence, D. H.Autorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Aas, NilsIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Alopaeus, MarjaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Andréen, OmarIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Archibald, SandraIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Armando, BrunoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Barstad, KariIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bonds, LauraIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bosch, AndrésTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brown, ChesterArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brown, RichardNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bryan, Frederick vanPeltPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Busby, BrianIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cushman, KeithContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dahl, ChrixIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Daly, JillNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
De Simone, VanniIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dench, JudiNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Durrell, LawrencePrefaceautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dyer, GeoffIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ellis, DavidIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Emerson, HuntIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fleutiaux, PierretteTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Forsström, IngmarTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fox, EmiliaNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Friedland, RonaldEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Fryn, Haydee N.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gart, RolandContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gåsøy, PaulIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Göktürk, AkşitTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gopegui, BelénIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Graff, FinnIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hare, StevePosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Harrison, KathrynIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Helmut, WernerContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hilton, MargaretNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hoggart, RichardIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Johnsen, EinarIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kamm, JürgenContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kippenbroeck, Johan H. F.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kolstad, JanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kristofori, JanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lawrence, Friedaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lee, JohnNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lessing, DorisIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lundkvist, ArturPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lyon, JohnIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Macleish, ArchibaldPrefaceautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Malignon, JeanTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Malraux, AndréPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Martín, SilviaIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Mathias, RobertDesigner da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Monte, AxelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moore, Harry T.Posfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nordon, PierreTraductionautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Olsen, Poul AsgerIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Orioli, PinoPublisherautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Partanen, JormaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Peake, MaxineNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Perkins, MorelandPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pirè, LucianaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rademacher, SusannaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Roberts, TomTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Robertson, GeoffreyPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Roger-Cornaz, F.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sandfort, J.A.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Schorer, MarkIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Scott, SarahIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Shi, YuanIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
South, AnnaPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Squires, MichaelEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tabak, JosipTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Toming, Hans JørgenIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Topia, AndréAuteurautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vernière, LaureTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Vrba, FrantišekTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Weisser, Susan OstrovIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Worthen, JohnPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Yelin, JulietaEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Publisher's dedication : "......to the twelve jurors who returned a verdict of 'Not Guilty' [on 2 November, 1960] and thus made D.H. Lawrence's last novel available for the first time to the public in the United Kindom"
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Ours is essentially a tragic age, so we refuse to take it tragically.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Ours is essentially a tragic age, so we refuse to take it tragically. The cataclysm has happened, we are among the ruins, we start to build up new litle habitats, to have new little hopes. It is rather hard work: there is no smooth road into the future: but we go round, or scramble ver the obstacles. We've got to live, no matter how many skies have fallen.
The beautiful pure freedom of a woman was infnitely more wonderful than any sexual love. The only unfortunate thing was that men lagged so far behind women in the matter. They insisted on the sex thing like dogs.
"No, I don't hate you," she said. "I think you're nice." - "Ah!" he said to her fiercely, "I'd rather you said that to me than said you love me! It means such a lot more..."
The world is supposed to be full of possibilities, but they narrow down to pretty few in most personal experience. There's lots of good fish in the sea... maybe... but the vast masses seem to be mackerel or herring, and if you're not mackerel or herring yourself, you are likely to find very few good fish in the sea.
"I can't see I do a woman any more harm by sleeping with her than by dancing with her... or even talking to her about the weather. It's just an interchange of sensations instead of ideas, so why not?"
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

Banned, burned, and the subject of a landmark obscenity trial, Lawrence's lyric and sensual last novel is now regarded as "our time's most significant romance." -- "The New York Times. "This classic tale of love and discovery pits the paralyzed and callous Clifford Chatterley against his indecisive wife and her persuasive lover.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.49)
0.5 7
1 59
1.5 17
2 185
2.5 44
3 617
3.5 143
4 638
4.5 56
5 296

Penguin Australia

3 edições deste livro foram publicadas por Penguin Australia.

Edições: 0141441496, 0141192178, 0241951542

Urban Romantics

2 edições deste livro foram publicadas por Urban Romantics.

Edições: 1907832122, 1907832203

Tantor Media

Uma edição deste livro foi publicada pela Tantor Media.

» Página Web de informação sobre a editora

Gray Rabbit Publications

Uma edição deste livro foi publicada pela Gray Rabbit Publications.

» Página Web de informação sobre a editora

Recorded Books

Uma edição deste livro foi publicada pela Recorded Books.

» Página Web de informação sobre a editora

GenreThing

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 160,358,011 livros! | Barra superior: Sempre visível