Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Holy the Firm de Annie Dillard
Carregando...

Holy the Firm (original: 1977; edição: 1998)

de Annie Dillard (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
1,0371714,784 (4.16)45
In 1975 Annie Dillard took up residence on an island in Puget Sound in a wooded room furnished with "one enormous window, one cat, one spider and one person." For the next two years she asked herself questions about time, reality, sacrifice death, and the will of God. In Holy the Firm she writes about a moth consumed in a candle flame, about a seven-year-old girl burned in an airplane accident, about a baptism on a cold beach. But behind the moving curtain of what she calls "the hard things -- rock mountain and salt sea," she sees, sometimes far off and sometimes as close by as a veil or air, the power play of holy fire. This is a profound book about the natural world -- both its beauty and its cruelty -- the Pulitzer Prize-winning Dillard knows so well.… (mais)
Membro:HippieLunatic
Título:Holy the Firm
Autores:Annie Dillard (Autor)
Informação:Harper Perennial (1998), Edition: Revised, 76 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:***
Etiquetas:Earlham, read2021

Detalhes da Obra

Holy the Firm de Annie Dillard (1977)

Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 45 menções

Mostrando 1-5 de 17 (seguinte | mostrar todas)
  chrisvia | Apr 29, 2021 |
Interesting exploration of what is holy, what is good, what is certain. Didn't love the style, but there were a couple of lines that hit perfectly for me. Worth the short investment of time, most definitely. ( )
  HippieLunatic | Apr 27, 2021 |
💧➡️👁️ ( )
  stravinsky | Dec 28, 2020 |
This is a prose poem. Like Pilgrim at Tinker Creek, this seeks to reckon with the place people have in the world. It’s about a lot of things, and it is broad and limned at the edges and you can see different things beyond. Is it a book about a Christian God? Is it a book about nature? Is it a book about suffering? Is it a book about one’s own gods? Yes. ( )
  jtth | May 4, 2020 |
Mostrando 1-5 de 17 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

In 1975 Annie Dillard took up residence on an island in Puget Sound in a wooded room furnished with "one enormous window, one cat, one spider and one person." For the next two years she asked herself questions about time, reality, sacrifice death, and the will of God. In Holy the Firm she writes about a moth consumed in a candle flame, about a seven-year-old girl burned in an airplane accident, about a baptism on a cold beach. But behind the moving curtain of what she calls "the hard things -- rock mountain and salt sea," she sees, sometimes far off and sometimes as close by as a veil or air, the power play of holy fire. This is a profound book about the natural world -- both its beauty and its cruelty -- the Pulitzer Prize-winning Dillard knows so well.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4.16)
0.5 1
1 1
1.5
2 5
2.5 1
3 30
3.5 5
4 54
4.5 6
5 76

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 160,419,313 livros! | Barra superior: Sempre visível