Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The Travels of Marco Polo de Marco Polo
Carregando...

The Travels of Marco Polo (original: 1928; edição: 1958)

de Marco Polo (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
4,018392,222 (3.58)87
A sparkling new translation of one of the greatest travel books ever written- Marco Polo's seminal account of his journeys in the east. Marco Polo was the most famous traveller of his time. His voyages began in 1271 with a visit to China, after which he served the Kublai Khan on numerous diplomatic missions. On his return to the West he was made a prisoner of war and met Rustichello of Pisa, with whom he collaborated on this book. His account of his travels offers a fascinating glimpse of what he encountered abroad- unfamiliar religions, customs and societies; the spices and silks of the East; the precious gems, exotic vegetation and wild beasts of faraway lands. Evoking a remote and long-vanished world with colour and immediacy, Marco's book revolutionized western ideas about the then unknown East and is still one of the greatest travel accounts of all time. For this edition - the first completely new English translation of the Travels in over fifty years - Nigel Cliff has gone back to the original manuscript sources to produce a fresh, authoritative new version. The volume also contains invaluable editorial materials, including an introduction describing the world as it stood on the eve of Polo's departure, and examining the fantastical notions the West had developed of the East.… (mais)
Membro:Thicksinpg
Título:The Travels of Marco Polo
Autores:Marco Polo (Autor)
Informação:Penguin Classics (1958), Edition: Reissue, 384 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

The Travels of Marco Polo de Marco Polo (Author) (1928)

  1. 50
    The Travels of Ibn Battutah de Ibn Battutah (bookwoman247)
    bookwoman247: Both men traveled extensively in Medeival times. It's interesting to compare the two; one from a Western perspective, and one from a Middle Eastern /North African perspective.
  2. 10
    Invisible Cities de Italo Calvino (Jannes, Jannes)
  3. 10
    El libro de Marco Polo de Marco Polo (caflores)
  4. 00
    Marco Polo: From Venice to Xanadu de Laurence Bergreen (JGolomb)
  5. 01
    The Journeyer de Gary Jennings (Cecrow)
    Cecrow: Jennings tells 'the rest of the story' in this fictional work.
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 87 menções

Inglês (30)  Holandês (4)  Espanhol (2)  Italiano (1)  Húngaro (1)  Sueco (1)  Todos os idiomas (39)
Mostrando 1-5 de 39 (seguinte | mostrar todas)
Sydney
  Lin456 | Oct 21, 2020 |
Phew, finished it! My first comment would be that I had the cheapo Wordsworth Classics version, with minimal notes, and had to have computer going whole time to reference the places and people mentioned (most place names have changed hugely since thew 1200s) If you're planning to read it, DO get a better version!
It IS actually pretty interesting- to be transported into such an ancient, remote world by a European. In 3 (or in some versions 4) volumes, the reader is transported into the Polos' adventures.
Vol 1 starts with Marco's father and uncle taking off for a trading venture to Constantinople (leaving the pregnant wife of former in Venice)...and somehow just keeping going and ending up in Beijing with Kublai Khan. When they finally go home, the wife is dead and the unborn babe a 19 year old youth! They soon resume their travels with young Marco in tow. And here I'd have loved more info on the people involved- what was the motivation? Adventure, money (living gratis at the Great Khan's court)? Or missionary zeal? (The Khan wanted to learn more of the Church of Rome)? Vol 1 continues with short chapters on many places of Iran, Central Asia etc.
Vol 2 is given up to China, where they were based. Kublai Khan is treated with utter awe and respect; Marco is sent by him on various missions throughout the kingdom and continues the reports, many pretty samey and dull. Apparently Marco never actually got to many of the places included and relies on information from others.
Vol 3 takes us into SE Asia, Japan, Java, India, Zanzibar etc, as Marco is sent further afield. Those mongols surely did control,a ginormous realm!
And latter Vol 3(or Vol 4) focusses on battles between warring Mongol factions- uncle against nephew etc-through Turkey and beyond.
It's quite a read...interesting (somewhat) . ( )
  starbox | Apr 15, 2020 |
Reprint. Third volume of set originally a separate title (London : John Murray, 1920). 3 v. ( )
  ME_Dictionary | Mar 20, 2020 |
descubrimiento del Oriente, palabras espléndidas que
abarca la aurora y tantas y famosas naciones.

Herodoto Alejandro de Macedonia, la Biblia, Vasco de Giama, Las mil
y una noches, Clive y Kipling son diversas etapas de esa
aventura, que no ba cesado aún. Otra etapa (la esencial para
Mesefieid) es este libro.

Venturosamente para nasotros, los genoveses apresaron
en 1296 una galera veneciana. la comandaba un bombre,
gue seria un poco distinto de los demás porque babia esta-
do muchas años en Oriente. Ese bombre, Marco Polo, dictó
en latin a su compañero de cautiverio, Rusticiano de Pisa,
la larga crónica de sus viajes y la descripción de los reinos
explorados por el. Las carceles parecen propicias a la literatura;
recordemos a Verlaine y a Cervantes. El becho de dictar
en latin, no en la lengua vernácula, sugiere que el
autor se dirigia a muchas lectores.

Marco Polo era un mercader, Nro en los tiempos medievales
un mercader podia ser Simbad. Por el camino de la
secda, por el arduo camino que farigaron antiguas caravanas
para que un paño con figuras llegara a manos

MARCO POLO ( LA DESCRIPCIÓN DEL MUNDO)

Uno de los bechos capitales de nuestra bistoria es el
descubrimiento del Oriente, palabras espléndidas que
abarca la aurora y tantas y famosas naciones.

Herodoto Alejandro de Macedonia, la Biblia, Vasco de Giama, Las mil
y una noches, Clive y Kipling son diversas etapas de esa
aventura, que no ba cesado aún. Otra etapa (la esencial para
Mesefieid) es este libro.

Venturusamente para nasotros, los genoveses apresaron
en 1296 una galera veneciana. la comandaba un bombre,
gue seria un poco distinto de los demás porque babia esta-
do muchas años en Oriente. Ese bombre, Marco Polo, dictó
en latin a su compañero

MARCO POLO ( LA DESCRIPCIÓN DEL MUNDO)

Uno de los explorados por el. Las carceles parecen propicias a la literatura;

MARCO POLO ( LA DESCRIPCIÓN DEL MUNDO)

Uno de los bechos capitales de nuestra bistoria es el
descubrimiento del Oriente, palabras espléndidas que
abarca la aurora y tantas y famosas naciones.

Herodoto Alejandro de Macedonia, la Biblia, Vasco de Giama, Las mil
y una noches, Clive y Kipling son diversas etapas de esa
aventura, que no ba cesado aún. Otra etapa (la esencial para
Mesefieid) es este libro.

Venturosamente para nosotros, los genoveses apresaron
en 1296 una galera veneciana. la comandaba un bombre,
gue seria un poco distinto de los demás porque babia esta-
do muchas años en Oriente. Ese bombre, Marco Polo, dictó
en latin a su compañero de cautiverio, Rusticiano de Pisa,
la larga crónica de sus viajes y la descripción de los reinos
explorados por el. Las carceles parecen propicias a la literatura;
recordemos a Verlaine y a Cervantes. El becho de dictar
en latin, no en la lengua vernácula, sugiere que el
autor se dirigia a muchas lectores.

Marco Polo era un mercader, Nro en los tiempos medievales
un mercader podia ser Simbad. Por el camino de la
secda, por el arduo camino que farigaron antiguas caravanas
para que un paño con figuras llegara a manos de
Virgilio y le sugiriera un hexámetro, Marco Polo, atravesando
Cordilleras y arenas, arribó a la China, a Catbay, y mereció la protección
del Emperador, que le confió intrincadas misiones
y lo nombró gobermador de Sung...
  FundacionRosacruz | Dec 16, 2019 |
Fact or fiction? As once the most well-travelled man in the world, who would contradict Marco Polo? When, 750 years or so ago, he told the West of his travels through a thousand lands and cities between Venice and the farthest East. Of an Oriental city with 12000 bridges, where dogs are eaten, and paper used is money, of unicorns, enchanters, of Xanadu, and Kublai Khan who rules a third of the earth, exotic manners and customs, of deserts filled with spirits, and on an island in the Arabian sea colossal eagles that pick up elephants and dash them to the earth.
Part of the poetic license is excused by the nature of this work’s recording. While imprisoned, Marco Polo narrated his adventures to a famous travelling romance writer, Rusticello, who had the good fortune to be sharing the same prison, and jotted them down. So the stories were embellished along the way, and blame for any exaggeration can at least be shared.
As an historical record then it cannot all be taken at face value, however considering that there is no evidence of anyone from the West travelling as widely as Marco Polo did until about 100 years ago, this remains a unique document of considerable historical interest. Albeit one that must be interpreted with caution. For pure entertainment however, this is difficult to surpass as far as historical travel writings are concerned. There is also a lot of material of interest in terms of history, culture, anthropology, sociology, and politics. By reading this we see the many ways in which societies can be structured, and the many permutations, real or fictitious, that humans can create. ( )
  P_S_Patrick | Nov 14, 2019 |
Mostrando 1-5 de 39 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (348 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Polo, MarcoAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Rusticiano da PisaAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Armiño, MauroEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Øye, AgneteTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Badel, Pierre-YvesEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bellonci, MariaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bertolucci Pizzorusso, Valeriaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Blay, Frédéric LeEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Bringsværd, Tor ÅgePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Camesasca, EttoreEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cardona, Giorgio RaimondoContribuinteautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Carrera Díaz, ManuelEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Corbino, JonIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Della Valle, ValeriaPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Dwiggins, W. A.Ilustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Friston, Adrian deIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Göransson, G.Artista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gemme, Francis R.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Gordon, WitoldIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Guignard, EliseTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Haakman, AntonTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Harris, PeterEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Johannes and his schoolArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Joki, Aulis J.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Jonckheere, KarelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Komroff, ManuelEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lapshin, Nikolai FodorovitchIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Latham, RonaldEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Malvano, Maria VittoriaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Marsden, WilliamTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Masefield, JohnIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moule, Arthur ChristopherEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Painter, Douglas M.Introduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pisa, Rustichello daAutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ricci, AldoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ronchi, GabriellaEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rossabi, MorrisEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rugoff, MiltonEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Segre, CesarePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Strizzi, SergioFotógrafoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
t'Serstevens, AlbertTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tusseau, Jean-PierreTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Waugh, TeresaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Witold, GordonIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wright, ThomasEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Yerasimos, StéphaneEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Yule, HenryTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I am a name
For always roaming with a hungry heart
Much Have I seen and known, cities of men
And manners, climates, councils, governments,
Myself not least, but honour'd of them all.

Ulysses by Alfred, Lord Tennyson
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The Venetian Marco Polo is not only the most renowned traveler in world history, but he and his book have generated more speculation then almost any other person or volume in world literature.
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
CDD/MDS canônico
A sparkling new translation of one of the greatest travel books ever written- Marco Polo's seminal account of his journeys in the east. Marco Polo was the most famous traveller of his time. His voyages began in 1271 with a visit to China, after which he served the Kublai Khan on numerous diplomatic missions. On his return to the West he was made a prisoner of war and met Rustichello of Pisa, with whom he collaborated on this book. His account of his travels offers a fascinating glimpse of what he encountered abroad- unfamiliar religions, customs and societies; the spices and silks of the East; the precious gems, exotic vegetation and wild beasts of faraway lands. Evoking a remote and long-vanished world with colour and immediacy, Marco's book revolutionized western ideas about the then unknown East and is still one of the greatest travel accounts of all time. For this edition - the first completely new English translation of the Travels in over fifty years - Nigel Cliff has gone back to the original manuscript sources to produce a fresh, authoritative new version. The volume also contains invaluable editorial materials, including an introduction describing the world as it stood on the eve of Polo's departure, and examining the fantastical notions the West had developed of the East.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.58)
0.5
1 8
1.5 2
2 21
2.5 3
3 84
3.5 26
4 114
4.5 2
5 43

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,969,009 livros! | Barra superior: Sempre visível