Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Manon Lescaut (1731)

de Abbé Prévost

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
2,036518,022 (3.37)71
The story of Manon Lescaut is a tale of passion and betrayal, of delinquency and misalliance, which moves from eighteenth-century Paris - with its theatres, assemblies, and gaming-houses - via prison and deportation to a tragic denouement among the treeless wastes of Louisiana. It is one of the great love stories, and also one of the most enigmatic. This new translation includes the vignette and eight illustrations that were published in the edition of 1753. - ;'The sweetness of her glance - or rather, my evil star already in its ascendant and drawing me to my ruin - did not allow me to hesita… (mais)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 71 menções

Inglês (37)  Alemão (4)  Francês (3)  Italiano (2)  Esperanto (1)  Espanhol (1)  Sueco (1)  Hebraico (1)  Holandês (1)  Todos os idiomas (51)
Mostrando 1-5 de 51 (seguinte | mostrar todas)
What a drama queen. Stilted by the main character’s ridiculous actions. ( )
  tgamble54 | Aug 5, 2023 |
Recenzoj
Citaĵo
„ Tiu famega romano aperis en Nederlando (1731), kaj estis malpermesita en Francujo pro kontraŭmoraleco. Profundegan pasion reliefigas simple natura stilo. Traduko en bela literatura formo. ”
— 1934, Louis Bastien, Enciklopedio de Esperanto
  Erfgoedbib | Jul 15, 2023 |
Maybe even 1.5*…

A more complete review will come but here are some thoughts I have upon finishing this French classic. I disliked the main character and also the manner in which the story is related. He is forever talking in extremes - stuff like "I was the most wretched creature that ever existed". Despite all his attention to Manon and talk about her beauty and virtues, I never got any feeling for her character; all the reader gets is how the Chevalier sees her. ( )
  leslie.98 | Jun 27, 2023 |
I enjoyed this read for the observations of a 1700's story...and how well it translates to current perspective. However, the characters are the kind you just want to shake! The main fellow is not merely blinded by love...he's made completely senseless by desperate obsession. It was a tragedy...and I am the sort who weeps throughout a tragic story...but not once did I shed a tear, not even as the story concluded. ( )
  Martialia | Sep 28, 2022 |
A French classic, love as the theme, the gullible but persistent suitor giving up everything for his wayward lover, Manon. There is more to it than that, the characters acting as themes such as love, friendship, family etc. The novel can also be viewed from the humorous angle - how can the Chevalier des Grieux be so naive to fall head over heels in love with such a scheming young girl. How many daft schemes can a suitor come up with, all doomed to failure? ( )
  jon1lambert | Jul 22, 2021 |
Mostrando 1-5 de 51 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (340 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Prévost, AbbéAutorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Allem, MauriceEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ballestra, SilviaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Brissaud, PierreIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Coulet, HenriPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Deloffre, FrédéricPostfaceautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Deloffre, FrédericEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Görke, KarlTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hédouin, EdmondIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hill, JamesArtista da capaautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Leloir, MauriceIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Maupassant, Guy dePrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Moreck, CurtTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Picard, RaymondEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Romeral, ÁngelTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Sandfort, J.A.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Scholar, AngelaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tancock, LeonardTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Waddell, HelenTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Quanta laboras in Charybdi, digne puer meliore flamma.
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
I am obliged to take my reader back to that time of my life when I met the Chevalier de Grieux for the first time.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
If it is true that the assistance of Heaven is at every moment equal in strength to the force of the passions, then explain to me by what fateful influence we find ourselves suddenly swept far away from our duty, without being capable of the slightest resistance, and without feeling the slightest remorse.
It was one of those unique situations to which one can find nothing in one's experience that is even slightly similar. Such feelings cannot be explained to other people, because other people have no idea of them; and it is difficult enough to clarify them to oneself, since, being unique, they are unconnected to anything else in one's memory, and cannot even be compared with anything similar.
However, at the same time, as I claimed to hold the good things in life in such low esteem, I felt that I could have done with at least a small portion of them, so as to despise in even more sovereign a fashion the rest. Love is stronger that abundance, stronger than treasure and riches, but it does need help from them; and nothing is a greater cause of despair for a lover with any delicacy of feeling than seeing himself dragged down by this necessity to the level of the coarsest and basest souls.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

The story of Manon Lescaut is a tale of passion and betrayal, of delinquency and misalliance, which moves from eighteenth-century Paris - with its theatres, assemblies, and gaming-houses - via prison and deportation to a tragic denouement among the treeless wastes of Louisiana. It is one of the great love stories, and also one of the most enigmatic. This new translation includes the vignette and eight illustrations that were published in the edition of 1753. - ;'The sweetness of her glance - or rather, my evil star already in its ascendant and drawing me to my ruin - did not allow me to hesita

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.37)
0.5 1
1 11
1.5
2 27
2.5 8
3 95
3.5 20
4 64
4.5 4
5 37

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 205,903,922 livros! | Barra superior: Sempre visível