Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Loot de Aaron Elkins
Carregando...

Loot (original: 1999; edição: 1999)

de Aaron Elkins (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
231487,221 (3.62)11
American art historian Ben Revere braves assassins while searching Europe for a shipment of art stolen by the Nazis in World War II. One of the paintings, a Velazquez, surfaced in Boston where it was sold to a pawnbroker for one hundred dollars. By the author of Twenty Blue Devils.
Membro:alo1224
Título:Loot
Autores:Aaron Elkins (Autor)
Informação:Avon (1999), 384 pages
Coleções:Calibre
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

Loot de Aaron Elkins (1999)

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 11 menções

Exibindo 4 de 4
Interesting locales, WW2 aftermath, with some promising new protagonists make Elkins trip to Europe into a worthwhile read. ( )
  jamespurcell | Aug 11, 2016 |
I had a difficult time making myself go through the first few chapters. I've been so used to the Gideon Oliver series that the change in pace and perspective threw me off a but. First of all, art aficiaonado I am not. As such, I didn't think I'd be able to identify as much with the character and his love of paintings. Nevertheless, I'm glad I made myself go through the first part of the book which was really setting up the whole plot. It starts getting more fast-paced in the middle and although the art references flew over my head more often than not, it did get interesting and the twists were a surprise. ( )
  marichu77 | May 13, 2008 |
Art stolen by Nazis. Pawn shop man killed. Ben Revere, ex-curator, discovers a Velazquez. Goes to Europe, Austria; to learn about the "lost truck" of stolen art. Also a love story. ( )
  UPMarta | Dec 27, 2007 |
Timely work covering Holocaust victims' loss of works of art and other treasures to plundering Germans and Russians. Good characters, well written. ( )
  meerka | Jul 16, 2007 |
Exibindo 4 de 4
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Madness.
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

American art historian Ben Revere braves assassins while searching Europe for a shipment of art stolen by the Nazis in World War II. One of the paintings, a Velazquez, surfaced in Boston where it was sold to a pawnbroker for one hundred dollars. By the author of Twenty Blue Devils.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.62)
0.5
1 1
1.5
2 2
2.5
3 6
3.5 4
4 7
4.5 2
5 4

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 155,845,102 livros! | Barra superior: Sempre visível