Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Gabriela Mistral: Selected Poems (Aris &…
Carregando...

Gabriela Mistral: Selected Poems (Aris & Phillips Hispanic Classics) (edição: 2006)

de Paul Burns (Editor), Salvador Ortiz-Carboneres (Editor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas
1011,876,228 (3)Nenhum(a)
Gabriela Mistral (1889-1967), Chile's 'other' great poet of the twentieth century, is little known outside the Spanish-speaking world, and unlike Pablo Neruda has not been extensively translated into English.
Membro:jimsob8
Título:Gabriela Mistral: Selected Poems (Aris & Phillips Hispanic Classics)
Autores:Paul Burns (Editor)
Outros autores:Salvador Ortiz-Carboneres (Editor)
Informação:Aris & Phillips (2006), 168 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:***
Etiquetas:Nenhum(a)

Informações da Obra

Gabriela Mistral de Gabriela Mistral

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Resulta interesante comparar la poesía de los dos grandes poetas chilenos: Neruda y Mistral. Ambos coinciden, naturalmente, en cosas como el amor explícito a su patria y la preocupación social. Pero las diferencias son interesantes. Al margen de la preferencia de la poetisa por las formas clásicas y por la rima, Mistral resulta más íntima, más subjetiva, mientras que Neruda enseguida busca lo grandioso y lo ideológico. Sería tentador deducir de aquí reflexiones sobre poesía "masculina" y poesía "femenina", pero creo que resultaría una tontería: cada uno escribe como lo que es, como un hombre y como una mujer, con sus similitudes con el resto de su género, y con sus claras individualidades. Como cualquiera, vamos. Por mi parte, a veces la prefiero a ella, a veces a él. Mistral en ocasiones me resulta demasiado empalagosa (las rimas a veces rozan los ripios) y ensimismada, pero otras veces hay que reconocer que emociona, sobre todo en su libro más conocido, "Tala", de 1938. Interesantes también sus continuas referencias religiosas, que la prologuista se empeña inútilmente en minimizar en aras de la progresía al uso. ( )
  caflores | Jan 28, 2013 |
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico
LCC Canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Gabriela Mistral (1889-1967), Chile's 'other' great poet of the twentieth century, is little known outside the Spanish-speaking world, and unlike Pablo Neruda has not been extensively translated into English.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3)
0.5
1
1.5
2
2.5
3 2
3.5
4
4.5
5

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 208,810,234 livros! | Barra superior: Sempre visível