Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

The sleepwalkers, a trilogy de Hermann Broch
Carregando...

The sleepwalkers, a trilogy (original: 1932; edição: 1964)

de Hermann Broch

Séries: The Sleepwalkers (1-3)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
733922,816 (3.99)72
"Broch performs with an impeccable virtuosity." --Aldous Huxley With his epic trilogy, Hermann Broch established himself as one of the great innovators of modern literature, a visionary writer-philosopher equivalent of James Joyce, Thomas Mann, or Robert Musil. Even as he grounded his narratives in the intimate daily life of Germany, Broch was identifying the oceanic changes that would shortly sweep that life into the abyss.   Whether he is writing about a neurotic army officer (The Romantic), a disgruntled bookkeeper and would-be assassin (The Anarchist), or an opportunistic war-deserter (The Realist), Broch immerses himself in the twists of his characters' psyches, and at the same time soars above them, to produce a prophetic portrait of a world tormented by its loss of faith, morals, and reason.… (mais)
Membro:bibliosage
Título:The sleepwalkers, a trilogy
Autores:Hermann Broch
Informação:New York, Pantheon Books [1964]
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

The Sleepwalkers de Hermann Broch (1932)

Adicionado recentemente porBohdiCave, biblioteca privada, ekrst, adornian, paatk, HelgeM, egb22
Bibliotecas HistóricasGillian Rose, William Gaddis, Hannah Arendt, Newton 'Bud' Flounders, Carl Sandburg, Walker Percy
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 72 menções

Mostrando 1-5 de 9 (seguinte | mostrar todas)
This is my second reading of this masterpiece. I continue to be amazed at how these novels transition from romantic nostalgia to deep philosophical modernism. With Broch, one reaches the boundary of what can be done with literary fiction. ( )
  le.vert.galant | Nov 19, 2019 |
> « La première partie est délibérément romantique, la deuxième est écrite selon les procédés naturalistes alors que la dernière procède d'une technique voisine de celle de Joyce dont l'écrivain fut l'ami. Cette tentative se justifie par l'objectif de l'auteur qui veut ainsi rejoindre une réalité plus vaste que celle qui serait accessible à une seule conscience. Sans avoir la qualité d'intériorité de La mort de Virgile, ce gros roman demeure considérable dans la littérature allemande contemporaine.» - amazon.fr
-- Cet ouvrage dont l'action se situe entre 1888 et 1918, raconte la vie de petites gens qui cheminent tout doucement, tel des somnambules vers la première guerre mondiale. L'auteur y inclus un «Traité de la dégradation des valeurs» qui peut se lire à la lumières des événements contemporains. --François Marquis, St-Adolphe d'Howard (ICI.Radio-Canada.ca)
  Joop-le-philosophe | Jan 23, 2019 |
Ok, commentiamo su I sonnambuli... (E chi sono io per discettare su cotanto libro?)

Si incomincia col sorriso, quasi a ritmo di walzer.
La prosa di Broch massaggia le celluline grigie scorrendo sulla pagina tersa, nitida (chiedo umilmente scusa se, per rendere l'idea, sotto sforzo, dovessi esagerare con le castronerie) ma poi il magnetismo e la tensione aumentano.
Gravitano, eterodiretti, come sonnambuli, i personaggi e, come in un vortice, la pagina cattura anche noi lettori.
Il peso specifico delle ultime pagine del terzo romanzo della trilogia è più alto del piombo (l'allegoria e il simbolismo che trovavano spazio nelle prime due parti ormai vengono messe da parte e ci troviamo davanti pagine di filosofia pura con qualche accenno e qualche rimando alle vicende precedentemente narrate).

E' una lettura che lascia il segno. Una bella esperienza.
Mi taccio. ( )
  downisthenewup | Aug 17, 2017 |
3.75. I really loved the first book of the trilogy, found the second OK, and then felt as if the third degenerated into something I couldn't put my finger on– but maybe that last development was exactly what the author had in mind. ( )
  KatrinkaV | Sep 28, 2015 |
Excerpted from the epic sex scene around p. 250
"[...] he flowed boundlessly into her, yearning to enter into her who was no longer a woman to him but a re-won heritage wrested from the unknown, the matrix of life, annihilating his ego by transcending its confines till it was featureless and submerged in its own enlargement."

( )
1 vote | lawrenh | May 14, 2014 |
Mostrando 1-5 de 9 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (10 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Broch, Hermannautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Buhlert, KlausDiretorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Lützeler, Paul MichaelEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Muir, EdwinTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Muir, WillaTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Preisner, RioTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Wölbern, WernerNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zapatka, ManfredNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Zischler, HannsNarradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em alemão. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

"Broch performs with an impeccable virtuosity." --Aldous Huxley With his epic trilogy, Hermann Broch established himself as one of the great innovators of modern literature, a visionary writer-philosopher equivalent of James Joyce, Thomas Mann, or Robert Musil. Even as he grounded his narratives in the intimate daily life of Germany, Broch was identifying the oceanic changes that would shortly sweep that life into the abyss.   Whether he is writing about a neurotic army officer (The Romantic), a disgruntled bookkeeper and would-be assassin (The Anarchist), or an opportunistic war-deserter (The Realist), Broch immerses himself in the twists of his characters' psyches, and at the same time soars above them, to produce a prophetic portrait of a world tormented by its loss of faith, morals, and reason.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (3.99)
0.5
1 1
1.5
2
2.5 1
3 10
3.5 6
4 32
4.5 5
5 14

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 155,673,366 livros! | Barra superior: Sempre visível