Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Carregando...

Os Trabalhadores do Mar (1866)

de Victor Hugo

Outros autores: Veja a seção outros autores.

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas / Menções
1,0882314,077 (3.88)1 / 124
A new translation by Scot James Hogarth for the first unabridged English edition of the novel, which tells the story of an illiterate fisherman from the Channel Islands who must free a ship that has run aground in order to win the hand of the woman he loves, a shipowner's daughter.
  1. 00
    20.000 Léguas Submarinas de Jules Verne (Marcos_Augusto)
  2. 00
    Trustee from the Toolroom de Nevil Shute (Cecrow)
  3. 00
    O Velho e O Mar de Ernest Hemingway (Cecrow)
    Cecrow: Another classic pitting man vs nature in an ocean setting.
  4. 00
    The Book of Ebenezer Le Page de G. B. Edwards (Widsith)
    Widsith: Two sprawling tales of Guernsey life, one from the great French Romantic master and one from a neo-Romantic native Guernseyman.
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

» Veja também 124 menções

Mostrando 1-5 de 23 (seguinte | mostrar todas)
O livro é dedicado à ilha de Guernsey, onde o autor passou 15 anos no exílio. Hugo usa o cenário de uma pequena comunidade da ilha para transmutar eventos aparentemente mundanos em dramas do mais alto calibre. Les Travailleurs de la Mer se passa logo após as Guerras Napoleônicas e trata do impacto da Revolução Industrial na ilha.

A história fala de Gilliatt, um pária social que se apaixona por Deruchette, sobrinha de um armador local, Mess Lethierry. Quando o navio de Lethierry naufragou no Roches Douvres, um recife perigoso, Deruchette promete se casar com quem puder salvar a máquina a vapor do navio. Gilliatt voluntariamente se oferece.

Uma mulher chega a Guernsey, com seu filho Gilliat, e compra uma casa que dizem ser mal-assombrada. O menino cresce, a mulher morre. Gilliat torna-se um bom pescador e marinheiro. As pessoas acreditam que ele seja um mago.

Em Guernsey também mora Mess Lethierry, um ex-marinheiro e proprietário do primeiro navio a vapor da ilha, o Durande, com sua sobrinha Deruchette. Um dia, perto do Natal, ao ir à igreja, ela vê Gilliat na estrada atrás dela e escreve o nome dele na neve. Ele vê isso e fica obcecado com o gesto dela. Com o tempo, ele se apaixona por ela e vai tocar gaita de foles perto da casa dela.

Sieur Clubin, o capitão de confiança de Durande, traça um plano para afundar o navio no recife de Hanói e fugir com um navio de contrabandistas espanhóis, Tamaulipas. Ele entra em contato com Rantaine, um vigarista que roubou uma grande soma de dinheiro de Mess Lethierry há muitos anos. Clubin pega o dinheiro de Rantaine sob a mira de uma arma.

Em meio a uma neblina espessa, Clubin navega para o recife de Hanói, de onde pode nadar facilmente até a costa, encontrar os contrabandistas e desaparecer, dando a impressão de ter se afogado. Por causa do nevoeiro, ele chega por engano ao recife Douvres, que ainda está a meio caminho entre Guernsey e França. Deixado sozinho no navio, ele fica apavorado, mas vê um cortador e pula na água para pegá-lo. Nesse momento, ele é agarrado pela perna e puxado para baixo.

Todos em Guernsey descobrem sobre o naufrágio. Mess Lethierry está desesperado para ter o motor do Durande de volta. Sua sobrinha declara que vai se casar com o salvador da locomotiva, e Mess Lethierry jura que ela não vai se casar com ninguém. Gilliat imediatamente assume a missão, suportando fome, sede e frio tentando libertar o motor dos destroços. Em uma batalha com um polvo, ele encontra o esqueleto de Clubin e o dinheiro roubado no fundo do mar.

Eventualmente, ele consegue devolver o motor para Lethierry, que está muito satisfeito e pronto para honrar sua promessa. Gilliat aparece na frente do povo como o salvador, mas ele se recusa a se casar com Deruchette porque a viu aceitando uma proposta de casamento feita por Ebenezer Caudry, o jovem sacerdote recém-chegado à ilha. Ele organiza seu casamento apressado e os ajuda a fugir no veleiro Cashmere.

A cena da luta com um polvo inspirou Jules Verne a escrever uma parte similar no romance 20 mil léguas submarinas. ( )
  Marcos_Augusto | Sep 2, 2021 |
Classics
  hpryor | Aug 8, 2021 |
Not as good in English as in French. I would say that, though, wouldn’t I? Clunkier and less memorable. Still a fabulous yarn. ( )
  letocq | Feb 6, 2021 |
Du sublime, du long et du très long... quelques descriptions magiques ( )
  ours57 | Feb 24, 2019 |
Superbe roman de Victor Hugo écrit au cours de son exil sur l'île de Guernesey. L'auteur avait souhaité rendre hommage au courage et à l'opiniâtreté hors norme des marins; c'est tout à fait réussi.
Le roman s'ouvre sur le récit d'un homme qui marche dans la neige et qui y trouve, surpris, l'inscription de son nom, laissée par une jeune fille qui s'est rapidement enfuie.
Cet homme, c'est Gilliatt, un personnage tout à fait singulier dont l'origine méconnue et le mode d'existence l'auréolent de mystère et lui confèrent une mauvaise réputation parmi la population. Victor Hugo avait le génie des personnages; il donne subtilement vie à Gilliatt en prenant soin de ne pas en être un narrateur omniscient et surtout trop bavard.
Les autres personnages du livre, ce sont essentiellement mess Lethierry, un aventurier des mers d'une droiture impeccable, Déruchette (la nièce de ce dernier qu'il élève), Sir Clubin (personnage à double facette qui révélera sa véritable nature), et dans une moindre mesure le traître Rantaine qui disparaît puis réapparaît à l'occasion d'un rebondissement en mer.
Des brigands, des pirates, des hommes d'église peuplent également le livre ici et là.
Mais le personnage principal reste indéniablement la mer, perpétuellement observée et le théâtre des actions et ressorts du livre. Elle tue et sauve à son gré ; les plus vaillants la combattent sans merci. Gilliatt, homme simple aux origines non éclaircies, incarne un héros magnifique, doué d'un courage infaillible et d'une habileté sans pareil. L'acte de bravoure longuement décrit dans le dernier tiers du roman est porté par un amour farouche ; en déployant des forces surhumaines pour vaincre la mer, la tempête, l'orage, les ventouses d'une pieuvre qui l'enserre, c'est Déruchette qu'il espère conquérir.
Les aventures en mer sont souvent très méticuleusement (maniaquement, pourrait-on dire) décrites, au moyen d'un vocabulaire didactique particulièrement vaste qui peut paradoxalement rendre la visualisation des scènes assez floue.
Qu'importe, le récit est porté par un souffle poétique tout hugolien, nourri de passages sublimes.
La grandeur d'âme, l'entier don de soi de Gilliatt n'est pas sans rappeler le personnage de Jean Valjean, autre grand homme du peuple à l'histoire singulière.
La force de l'amour muet de Gilliatt s'érige quasiment en leçon : la force semble ainsi être du côté de celui qui aime. C'est un peu comme si Hugo nous disait qu'il ne faut pas être mercantile en amour ou, autrement dit, attendre d'être payé de retour. L'auteur nous décrit dans tous les cas la grandeur de l'innocence inaltérée qui repose sur le don complet de soi-même.
La fin tragique de Gilliatt qui choisit de se fondre dans la mer dont il connaît tous les accents et les humeurs, rappelle celle de L'homme qui rit.
Chez Victor Hugo, on se noie par désespoir d'amour, par désespoir de la perte mais aussi parfois pour expier son déshonneur (souvenons-nous de la fin de Javert dans Les Misérables).
Un très beau et grand roman que ces Travailleurs de la mer. ( )
  biche1968 | Nov 2, 2018 |
Mostrando 1-5 de 23 (seguinte | mostrar todas)
sem resenhas | adicionar uma resenha

» Adicionar outros autores (27 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Hugo, Victorautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Hogarth, JamesTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Palm, Johan M.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Robb, GrahamIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Thomas, W. MoyTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Je dédie ce livre au rocher d'hospitalité et de liberté, à ce coin de vieille terre normande où vit le noble petit peuple de la mer, à l'île de Guernesey, sévère et douce, mon asile actuel, mon tombeau probable.

(I dedicate this book to the rock of hospitality and freedom, in the corner of the ancient Norman lands where the noble little people of the sea live, to the island of Guernsey, harsh and sweet, my current refuge, my likely resting place.)

Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The Christmas of 182– was a memorable day in Guernsey.
Citações
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em Francês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
Canonical LCC

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (1)

A new translation by Scot James Hogarth for the first unabridged English edition of the novel, which tells the story of an illiterate fisherman from the Channel Islands who must free a ship that has run aground in order to win the hand of the woman he loves, a shipowner's daughter.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Capas populares

Links rápidos

Avaliação

Média: (3.88)
0.5
1 2
1.5 1
2 10
2.5 6
3 27
3.5 5
4 52
4.5 3
5 47

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 162,303,008 livros! | Barra superior: Sempre visível