Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquise No Site
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

Catherine McAuley and the tradition of mercy…
Carregando...

Catherine McAuley and the tradition of mercy (edição: 2000)

de Mary C. Sullivan

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaConversas
18Nenhum(a)948,504Nenhum(a)Nenhum(a)
Catherine McAuley was born into a wealthy Dublin family in 1778. By the time she reached adulthood, she had witnessed the death of both parents and experienced considerable personal poverty. She then worked for twenty years as a companion for an elderly couple and, upon their deaths, received an unexpected inheritance. Driven by a deep faith and pragmatic sense of charity, she opened, in 1827, an institution for unemployed and impoverished women. This proved to be the first step toward the foundation, in 1831, of the Sisters of Mercy, an order now established throughout the world, and in 1990, Pope John Paul II declared Catherine McAuley as Venerable. The present volume, a collection of some of the most important writings by and about Catherine McAuley, includes letters, memoirs, and annals by many of the first Sisters of Mercy and McAuley?s original manuscript of the Rule and Constitutions of the order, critically edited for the first time.… (mais)
Membro:SantaMariaWA
Título:Catherine McAuley and the tradition of mercy
Autores:Mary C. Sullivan
Informação:Four Courts: Dublin
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Sisters of Mercy

Detalhes da Obra

Catherine McAuley and the Tradition of Mercy de Mary C. Sullivan

Nenhum(a)
Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

Sem resenhas
sem resenhas | adicionar uma resenha
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Lugares importantes
Eventos importantes
Filmes relacionados
Premiações
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Citações
Últimas palavras
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Idioma original
CDD/MDS canônico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês

Nenhum(a)

Catherine McAuley was born into a wealthy Dublin family in 1778. By the time she reached adulthood, she had witnessed the death of both parents and experienced considerable personal poverty. She then worked for twenty years as a companion for an elderly couple and, upon their deaths, received an unexpected inheritance. Driven by a deep faith and pragmatic sense of charity, she opened, in 1827, an institution for unemployed and impoverished women. This proved to be the first step toward the foundation, in 1831, of the Sisters of Mercy, an order now established throughout the world, and in 1990, Pope John Paul II declared Catherine McAuley as Venerable. The present volume, a collection of some of the most important writings by and about Catherine McAuley, includes letters, memoirs, and annals by many of the first Sisters of Mercy and McAuley?s original manuscript of the Rule and Constitutions of the order, critically edited for the first time.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: Sem avaliação.

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 157,870,818 livros! | Barra superior: Sempre visível