Página inicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Este site usa cookies para fornecer nossos serviços, melhorar o desempenho, para análises e (se não estiver conectado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing, você reconhece que leu e entendeu nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade . Seu uso do site e dos serviços está sujeito a essas políticas e termos.
Hide this

Resultados do Google Livros

Clique em uma foto para ir ao Google Livros

A People's History of the United States de…
Carregando...

A People's History of the United States (edição: 2015)

de Howard Zinn (Autor)

MembrosResenhasPopularidadeAvaliação médiaMenções
12,456130354 (4.23)253
Presents the history of the United States from the point of view of those who were exploited in the name of American progress.
Membro:ltgatty
Título:A People's History of the United States
Autores:Howard Zinn (Autor)
Informação:Harper Perennial Modern Classics (2015), Edition: Reissue, 784 pages
Coleções:Sua biblioteca
Avaliação:
Etiquetas:Nenhum(a)

Detalhes da Obra

A People's History of the United States de Howard Zinn

Carregando...

Registre-se no LibraryThing tpara descobrir se gostará deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Veja também 253 menções

Inglês (124)  Holandês (2)  Francês (1)  Norueguês (1)  Espanhol (1)  Todos os idiomas (129)
Mostrando 1-5 de 129 (seguinte | mostrar todas)
NA
  pszolovits | Feb 3, 2021 |
I have heard a lot about this book and the author is clear that he is viewing history from the perspective of the affected people. That means that we are shown history from the eyes of the indigenous peoples of the Americas, the revolutionary and civil wars from the eyes of slaves, the industrial revolution from the view of workers. The book is both frustrating and enlightening. ( )
  Saraishelafs | Nov 4, 2020 |
Frustrating, depressing, excruciating painful and shocking at times... Yup, one of the best histories I've ever read. Definitely leaning on the people's view of history instead of just the winners view. History as it should be taught - and I'm sure every right winner will say how wrong this book is, so you know the book is correct.

HIGHLY RECOMMEND.
Also, excellent narrator for Audiobook ( )
  marshapetry | Oct 16, 2020 |
I do not regret many things in my life, but I do regret the hours I wasted reading this book. Zinn made no attempt to present any bias but his own. I curse the relentless march of time which saw Mr. Zinn dead in 2010, so I cannot write a strongly worded rebuke to him for the black mark he personally delivered to the field of history. I hope he died ashamed of the way he twisted a noble academic field into his own personal bully pulpit. I hope that anyone who reads this will be inspired to read primary sources and counter arguments and to consider the opposite. Mostly I hope that anyone who reads this book does not swallow it whole. I also hope everyone buys it secondhand. ( )
  ErinCSmith | Jul 24, 2020 |
The People's History of the United States is tedious, repetitive, and an overall slog -- a 33+ hour audio book. I learned some things but much of it was boring, just boring...and I like history. It was so boring that I skipped large portions of it's chapters. I almost gave it up and then read some reviews; that changed my mind and I thought there might be a pony in all that horse shit somewhere. The book is especially relevant during this activist spring of 2020, even if written 20 years ago. The multiple stories lean left and liberal.If you're not one of those, read it to broaden your perspective; if you are, you'll absolutely love it. I'm not and it gets two stars--both for perspective--and minus three stars for it's excessive length and obdurate views. ( )
  buffalogr | Jun 22, 2020 |
Mostrando 1-5 de 129 (seguinte | mostrar todas)
Covering the period from 1492 practically to the present, this illuminating opus overturns many conventional notions, not just about America's treatment of blacks, but about Native Americans, women, and other disenfranchised groups whose perspectives have traditionally been left out of the education equation.
 

» Adicionar outros autores (3 possíveis)

Nome do autorFunçãoTipo de autorObra?Status
Howard Zinnautor principaltodas as ediçõescalculado
Arnove, AnthonyIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Cotton, FrédéricTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Stubel, ToniTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Você deve entrar para editar os dados de Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Compartilhado.
Título canônico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Lugares importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Eventos importantes
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Filmes relacionados
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Premiações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Epígrafe
Dedicatória
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
To Noah, Georgia, Serena, Naushon, Will-and their generation
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Arawak men and women, naked, tawny, and full of wonder, emerged from their villages onto the island's beaches and swam out to get a closer look at the strange big boat.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
While some multimillionaires started in poverty, most did not. A study of the origins of 303 textile, railroad and steel executives of the 1870s showed that 90 percent came from middle- or upper-class families. The Horatio Alger stories of "rags to riches" were true for a few men, but mostly a myth, and a useful myth for control. — chapter 11
One percent of the nation owns a third of the wealth. The rest of the wealth is distributed in such a way as to turn those in the 99 percent against one another: small property owners against the propertyless, black against white, native-born against foreign-born, intellectuals and professionals against the uneducated and the unskilled. These groups have resented one another and warred against one another with such vehemence and violence as to obscure their common position as sharers of leftovers in a very wealthy country. — chapter 24
Capitalism has always been a failure for the lower classes. It is now beginning to fail for the middle classes. — chapter 24
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Clique para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Aviso de desambiguação
Editores da Publicação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Autores Resenhistas (normalmente na contracapa do livro)
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Idioma original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
CDD/MDS canônico
Presents the history of the United States from the point of view of those who were exploited in the name of American progress.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo em haiku

Links rápidos

Capas populares

Avaliação

Média: (4.23)
0.5 3
1 33
1.5 3
2 55
2.5 18
3 201
3.5 50
4 603
4.5 69
5 899

Seven Stories Press

2 edições deste livro foram publicadas por Seven Stories Press.

Edições: 1609803515, 1609802810

É você?

Torne-se um autor do LibraryThing.

 

Sobre | Contato | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blog | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Históricas | Os primeiros revisores | Conhecimento Comum | 155,552,056 livros! | Barra superior: Sempre visível