Picture of author.

José Saramago (1922–2010)

Autor(a) de Ensaio sobre a cegueira

190+ Works 46,930 Membros 1,248 Reviews 254 Favorited

About the Author

José Saramago was born on November 16, 1922. He spent most of his childhood on his parent's farm, except while attending school in Lisbon. Before devoting himself exclusively to writing novels in 1976, he worked as a draftsman, a publisher's reader, an editor, translator, and political commentator mostrar mais for Diario de Lisboa. He is indisputably Portugal's best-known literary figure and his books have been translated into more than 25 languages. Although he wrote his first novel in 1947, he waited some 35 years before winning critical acclaim for work such as the Memorial do Convento. His works include The Year of the Death of Ricardo Reis, The Stone Raft, Baltasar and Blimunda, The History of the Siege of Lisbon, The Gospel According to Jesus Christ, and Blindness. At age 75, he was awarded the Nobel Prize for Literature in 1998 for his work in which "parables sustained by imagination, compassion and irony, continually enables us to apprehend an elusory reality." He died from a prolonged illness that caused multiple organ failure on June 18, 2010 at the age of 87. (Bowker Author Biography) mostrar menos

Séries

Obras de José Saramago

Ensaio sobre a cegueira (1995) 13,090 cópias
Blindness / Seeing (2005) — Autor — 3,113 cópias
O evangelho segundo Jesus Cristo (1991) 3,105 cópias
All the Names (1997) 2,976 cópias
Ensaio sobre a Lucidez (2006) 2,787 cópias
The Cave (2003) 2,515 cópias
Baltasar and Blimunda (1982) 2,471 cópias
The Double (2002) 2,464 cópias
Cain (2009) 1,538 cópias
The Elephant's Journey (2010) 1,522 cópias
The Stone Raft (1986) 1,514 cópias
The Tale of the Unknown Island (1997) 967 cópias
Small Memories (2009) 556 cópias
Raised from the ground (1980) 504 cópias
Skylight (2011) 458 cópias
The Lives of Things (1978) 374 cópias
The Notebook (2009) 264 cópias
Blindness / Seeing (2011) 186 cópias
A maior flor do mundo (2001) 119 cópias
Alabardas (2014) 92 cópias
Il perfetto viaggio (1988) 84 cópias
Poesía completa (2002) 58 cópias
O ano de 1993 (1975) 56 cópias
In Nomine Dei (1901) 45 cópias
La viuda (1900) 38 cópias
Que Farei Com Este Livro? (1998) 35 cópias
The Lizard (2016) 31 cópias
Os Poemas Possíveis (1982) 25 cópias
L'ultimo quaderno (2010) 23 cópias
Nas Suas Palavras (2010) 21 cópias
A Noite (1998) 20 cópias
The Silence of Water (2011) 19 cópias
Provavelmente Alegria (1999) 15 cópias
El Hombre y La Cosa (2006) 14 cópias
Folhas políticas: 1976-1998 (1999) 12 cópias
Discursos de Estocolmo (1999) 12 cópias
Os Apontamentos (1990) 12 cópias
Lisbona (2010) 12 cópias
Cadernos de Lanzarote (1997) 12 cópias
Palestina existe 2002 (2002) — Contribuinte — 12 cópias
Palabras para un mundo mejor (2004) 10 cópias
Candida Hoefer: In Portugal (2006) 8 cópias
Menus souvenirs (2014) 8 cópias
SOMOS CUENTOS DE CUENTOS (2001) 6 cópias
A estátua e a pedra (2013) 6 cópias
Romanzi e racconti (1999) 6 cópias
كل الأسماء (2002) 5 cópias
Del resto e di me stesso (2018) 5 cópias
Lucarna (2011) 4 cópias
Folhas Políticas (2015) 4 cópias
Belki de Nese (2018) 3 cópias
EL SILENCIO DEL AGUA (2011) 3 cópias
Andrea Mantegna (2002) 3 cópias
Todos os Nomes (2015) 3 cópias
A Bagagem do Viajante (2018) 3 cópias
Nuestro libro de cada día (2001) 3 cópias
El último cuaderno (2011) 3 cópias
Saramago por José Saramago (2013) 2 cópias
Umut Tarlalari (2013) 2 cópias
Stolece u Alentezu (2016) 2 cópias
O poeta perguntador — Editor — 2 cópias
Körlük 2 cópias
The Centaur 2 cópias
Moby Dick em Lisboa (1996) 2 cópias
Cuadernos de Lanzarote I — Autor — 2 cópias
¿Qué Democracia? (2005) 2 cópias
Sedam Sunaca i Sedam Luna (2015) 2 cópias
The Notebook (Volume 2) (2010) — Autor — 2 cópias
المنور (2014) 2 cópias
Kisirdöngü (2015) 1 exemplar(es)
Ensaio sobre a Cegueira 1 exemplar(es)
VIUDA LA 1 exemplar(es)
Caino (Italian Edition) 1 exemplar(es)
Le të ulërijmë (2012) 1 exemplar(es)
O malarstwie i kaligrafii (2010) 1 exemplar(es)
Kameni splav (2017) 1 exemplar(es)
Povest o opsadi Lisabona 1 exemplar(es)
Price s ovog i s onog sveta (2014) 1 exemplar(es)
i spilia / η σπηλιά (2003) 1 exemplar(es)
L'aveuglement 1 exemplar(es)
CUENTO DE LA ISLA DESCONOCIDA (1980) 1 exemplar(es)
De Andere Kant 1 exemplar(es)
על הפיקחון 1 exemplar(es)
Todos los nombres 1997 1 exemplar(es)
Petites memories 2006 1 exemplar(es)
Double the Epub (2013) 1 exemplar(es)
Not Defterimden (2009) 1 exemplar(es)
La vedova 1 exemplar(es)
1997 1 exemplar(es)
Sedia (in Oggetto quasi) 1 exemplar(es)
Piedra de Luna (1999) 1 exemplar(es)
Embargo i druge priče 1 exemplar(es)
elefante 1 exemplar(es)
essays sobre la ceguera 1 exemplar(es)
piedra 1 exemplar(es)
todos los hombres 1 exemplar(es)
A bagagem do viajante: cr℗onicas (2010) 1 exemplar(es)
Levantando do Chão 1 exemplar(es)
Memórias 1 exemplar(es)
ثورة الأرض 1 exemplar(es)
Casi un objeto — Autor — 1 exemplar(es)
Cuadernos De Lanzarote 2 1 exemplar(es)
Le poesie 1 exemplar(es)
En esta esquina del tiempo (2013) 1 exemplar(es)
As Canções Possíveis 1 exemplar(es)
Male uspomene 1 exemplar(es)

Associated Works

Telling Tales (2004) — Contribuinte — 346 cópias
A Descoberta das Américas Pelos Turcos (1994) — Prefácio, algumas edições150 cópias
Nobel Lectures: From the Literature Laureates, 1986 to 2006 (2006) — Contribuinte — 72 cópias
Blindness [2008 film] (2009) — Original book — 33 cópias
Nobel Writers on Writing (2000) — Contribuinte — 14 cópias
Salgado, Parma (2002) — Prefácio — 3 cópias
Haut ab!: Haltungen zur rituellen Beschneidung (2014) — Contribuinte — 3 cópias
Conferencias presidenciales de Humanidades — Contribuinte — 1 exemplar(es)

Etiquetado

20th century (327) 21st century (120) allegory (106) blindness (187) contemporary fiction (127) dystopia (314) ebook (132) epidemic (113) fiction (4,109) historical fiction (231) history (113) José Saramago (163) Lisbon (113) literary fiction (110) literature (947) magical realism (261) narrativa (263) Nobel (233) Nobel Laureate (233) Nobel Prize (581) novel (927) Novela (322) novel·la (113) own (162) owned (114) Portugal (1,425) Portuguese (921) Portuguese fiction (181) Portuguese literature (1,394) read (335) religion (159) Roman (320) romance (344) Saramago (326) science fiction (222) short stories (113) to-read (2,417) translated (163) translation (380) unread (261)

Conhecimento Comum

Membros

Discussions

Group Read, March 2019: The Double em 1001 Books to read before you die (Março 2019)
Group Read, May 2015: The Year of the Death of Ricardo Reis em 1001 Books to read before you die (Maio 2015)
Group Read for July, 2013: Baltasar and Blimunda em 1001 Books to read before you die (Julho 2013)
Group Read "Blindness" by Jose Saramago em 75 Books Challenge for 2013 (Abril 2013)
MISSING by Jose Saramago em Book talk (Junho 2012)
The Double em Author Theme Reads (Fevereiro 2011)
Who is Jose Saramago? em Author Theme Reads (Dezembro 2010)
Blindness Group Read: Week Two (Spoiler Thread) em 75 Books Challenge for 2010 (Outubro 2010)
Blindness Group Read: Week One (Spoiler Thread) em 75 Books Challenge for 2010 (Setembro 2010)
Blindness Group Read: General Discussion Thread em 75 Books Challenge for 2010 (Setembro 2010)

Resenhas

Uma terrível ""treva branca"" vai deixando cegos, um a um, os habitantes de uma cidade. Com essa fantasia aterradora, Saramago nos obriga fechar os olhos e ver. Recuperar a lucidez, resgatar o afeto: essas são as tarefas do escritor e de cada leitor, diante da pressão dos tempos e do que se perdeu.

Um motorista parado no sinal se descobre subitamente cego. É o primeiro caso de uma ""treva branca"" que logo se espalha incontrolavelmente. Resguardados em quarentena, os cegos se perceberão reduzidos à essência humana, numa verdadeira viagem às trevas.
O Ensaio sobre a cegueira é a fantasia de um autor que nos faz lembrar ""a responsabilidade de ter olhos quando os outros os perderam"". José Saramago nos dá, aqui, uma imagem aterradora e comovente de tempos sombrios, à beira de um novo milênio, impondo-se à companhia dos maiores visionários modernos, como Franz Kafka e Elias Canetti.Cada leitor viverá uma experiência imaginativa única. Num ponto onde se cruzam literatura e sabedoria, José Saramago nos obriga a parar, fechar os olhos e ver. Recuperar a lucidez, resgatar o afeto: essas são as tarefas do escritor e de cada leitor, diante da pressão dos tempos e do que se perdeu: ""uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos"".

""Sim, o Ensaio sobre a cegueira é um livro para se ler neste momento de reclusão e confinamento do coronavírus. Mas não para pensar sobre como uma doença que se espalha sem controle pode mudar nossa vida, mas como nossa vida talvez estivesse completamente equivocada antes que essa doença chegasse."" ― Renato Rovai, Revista Fórum
… (mais)
 
Marcado
Naves3516 | May 8, 2024 |
Os dois exemplares estão em EstSalaE4
 
Marcado
ulisin | outras 5 resenhas | Jul 21, 2022 |
Todos os nomes é a história de um modesto escriturário da Conservatória Geral do Registo Civil, o Sr. José, cujo hobby é colecionar recortes de jornal sobre pessoas famosas. Um dia sua curiosidade acabará se concentrando num recorte que o acaso põe diante dele: a mulher focalizada ali não é célebre, mas o escriturário desejará conhecê-la a todo custo. Abandonando seus hábitos de retidão, ele estará disposto a cometer pequenos delitos para alcançar o que deseja: pequenas mentiras que darão à vida uma intensidade desconhecida. Numa espécie de enredo kafkiano às avessas, o pequeno burocrata enrodilha-se na imprecisão das informações que ele mesmo acumula e acaba forçado a ganhar o mundo, a deixar os meandros de seu arquivo monumental, em busca de dados que, em última instância, mantenham alguma fidelidade à vida.… (mais)
 
Marcado
andreluizss | outras 65 resenhas | Jun 27, 2022 |
Nesse livro, José Saramago cria um país fictício onde um dos mais antigos anseios do ser humano acontece: a vida eterna, ou melhor dizendo, a ausência de morte. Mas atenção, foi a morte que parou de trabalhar, não o tempo que deixou de passar. Os velhos agonizam em sua camas sem morrer, os doentes fazem o mesmo, os mortalmente feridos não conseguem um descanso... A primeira instituição a se dar conta do problema é a igreja, afinal sem morte não há ressureição e sem ressurreição não há igreja. Na sequência outras instituições também começam a se preocupar: as agências funerárias, os hospitais, as casas de repouso, e as companhias de seguro. Mas e se alguém for para outro país e lá conseguir morrer, seria isso assassinato?

De repente a morte volta aos trabalhos, mas agora avisará com antecedência aqueles que irão morrer. Mais problemas. Porém, um dos avisos da morte não consegue ser entregue, e o motivo e a consequência disso só lendo para saber.

Que livro! A história é simplesmente incrível. A escrita de Saramago é muito gostosa, apesar de não ser fácil: os parágrafos e períodos imensos, os parêntesis dentro de parêntesis, os diálogos corridos no meio do texto, o português de Portugal, a falta de maiúsculas e pontuações... E mesmo assim com o mesmo prazer de ler uma Agatha Christie. A história simplesmente prende. Muita ironia, muita risada de canto de boca, Saramago não perdoa nada nem ninguém. E o final desse livro!? Que final, inesperado e lindo e faz o livro voltar ao começo, porém com um significado totalmente diferente.

Só não ganha cinco estrelas porque tem algumas inconsistências, sei que deveria relevar, mas não consigo. De qualquer forma vai para os favoritos.
… (mais)
½
 
Marcado
CZanette | outras 106 resenhas | Jan 2, 2022 |

Listas

1990s (2)
1980s (2)

Prêmios

You May Also Like

Associated Authors

Estatísticas

Obras
190
Also by
9
Membros
46,930
Popularidade
#337
Avaliação
3.9
Resenhas
1,248
ISBNs
1,650
Idiomas
40
Favorito
254

Tabelas & Gráficos