Picture of author.

Aldous Huxley (1894–1963)

Autor(a) de Brave New World

264+ Works 91,526 Membros 1,229 Reviews 274 Favorited

About the Author

Aldous Huxley was born on July 26, 1894, in Surrey, England, into a distinguished scientific and literary family; his grandfather was the noted scientist and writer, T.H. Huxley. Following an eye illness at age 16 that resulted in near-blindness, Huxley abandoned hope of a career in medicine and mostrar mais turned instead to literature, attending Oxford University and graduating with honors. While at Oxford, he published two volumes of poetry. Crome Yellow, his first novel, was published in 1927 followed by Antic Hay, Those Barren Leaves, and Point Counter Point. His most famous novel, Brave New World, published in 1932, is a science fiction classic about a futuristic society controlled by technology. In all, Huxley produced 47 works during his long career, In 1947, Huxley moved with his family to southern California. During the 1950s, he experimented with mescaline and LSD. Doors of Perception and Heaven and Hell, both works of nonfiction, were based on his experiences while taking mescaline under supervision. In 1959, Aldous Huxley received the Award of Merit for the Novel from the American Academy of Arts and Letters. He died on November 22, 1963. (Bowker Author Biography) mostrar menos
Image credit: Courtesy of the NYPL Digital Gallery (image use requires permission from the New York Public Library)

Séries

Obras de Aldous Huxley

Brave New World (1932) 53,421 cópias
A Ilha (1962) 4,213 cópias
Brave New World Revisited (1958) 2,804 cópias
Point Counter Point (1928) 2,572 cópias
Crome Yellow (1921) 1,989 cópias
The Perennial Philosophy (1944) 1,835 cópias
The Devils of Loudun (1952) 1,492 cópias
Ape and Essence (1948) 1,311 cópias
Eyeless in Gaza (1936) 1,302 cópias
Antic Hay (1923) 1,301 cópias
After Many a Summer Dies the Swan (1939) 1,186 cópias
The Doors of Perception (1954) 1,097 cópias
Time must have a stop (1944) 596 cópias
Those Barren Leaves (1925) — Autor — 589 cópias
The Genius and the Goddess (1955) — Autor — 492 cópias
The Art of Seeing (1942) 403 cópias
The Crows of Pearblossom (1967) 339 cópias
Grey Eminence (1941) 282 cópias
Brief Candles (1930) — Autor — 242 cópias
Collected Short Stories (1957) 236 cópias
Jacob's Hands (1998) 180 cópias
Mortal Coils (1922) 177 cópias
Collected Essays (1959) 171 cópias
Jesting Pilate (1926) — Autor — 143 cópias
Heaven and Hell (1956) — Autor — 141 cópias
Beyond the Mexique Bay (1934) 132 cópias
Huxley and God: Essays (1901) 121 cópias
The Human Situation (1977) 119 cópias
Texts and Pretexts (1932) 105 cópias
Literature and Science (1963) 91 cópias
Two or Three Graces (1926) — Autor — 82 cópias
Pride and Prejudice [1940 film] (1940) — Screenwriter — 81 cópias
Science, Liberty, and Peace (1946) 79 cópias
Limbo (1920) 68 cópias
Jane Eyre [1943 film] (1943) — Screenwriter — 63 cópias
The Gioconda Smile {short story} (1901) — Autor — 61 cópias
Do What You Will (1929) 59 cópias
100 Eternal Masterpieces of Literature - volume 1 (2017) — Contribuinte — 56 cópias
Proper Studies (1927) 51 cópias
Twice Seven (1944) 51 cópias
On Art and Artists (1960) 45 cópias
Stories, Essays, and Poems (1921) 42 cópias
Themes and Variations (1777) 42 cópias
Little Mexican (1924) 39 cópias
Letters of Aldous Huxley (1969) 39 cópias
Adonis and the alphabet (1956) 37 cópias
The Hidden Huxley (1994) 32 cópias
The World of Aldous Huxley (1921) 27 cópias
Now More Than Ever (2000) 23 cópias
Psychedelics: Vintage Minis (2017) 21 cópias
Leda (1920) 20 cópias
An encyclopaedia of pacifism (1937) 18 cópias
Mi Tio Spencer (1933) 17 cópias
The burning wheel (1916) 16 cópias
The Gioconda Smile: A Play (1948) 14 cópias
Essays New and Old (1926) 12 cópias
Words and their meanings (2018) 10 cópias
Essays 7 cópias
Prisons (1949) 7 cópias
Crome Yellow | Antic Hay (1968) 7 cópias
Selected Essays (1961) 5 cópias
Contos escolhidos (2014) 5 cópias
Pacifism and Philosophy (1994) 5 cópias
The Monocle (1959) 4 cópias
Obras Completas Vol III (1969) 3 cópias
CUENTOS SELECTOS (2014) 3 cópias
Novelas I Aldous Huxley (1957) 3 cópias
Aldous Huxley 3 cópias
Obras completas 3 cópias
The Rest Cure (1985) 3 cópias
The Tillotson Banquet (1953) 3 cópias
Jonah (2001) 3 cópias
Brave New World & 1984 (2020) 2 cópias
Fard 2 cópias
Meistererzählungen (1984) 2 cópias
EL TIEMPO Y LA MAQUINA (1945) 2 cópias
Cynthia (1988) 2 cópias
EDEBİYAT VE BİLİM (2016) 2 cópias
Point Counter Point : vol 1 (1929) 2 cópias
Nuns at Luncheon (2013) 2 cópias
Selected Poems (1925) 2 cópias
El precio del progreso (2022) 1 exemplar(es)
Le Meilleur d'Aldous Huxley (2023) 1 exemplar(es)
Himmel og helvede 1 exemplar(es)
Djevlene fra Loudun 1 exemplar(es)
Las manos de Jacob (1998) 1 exemplar(es)
La situación humana (1980) 1 exemplar(es)
Czas musi stanąć (2022) 1 exemplar(es)
Zaman Artık Durmalı (2023) 1 exemplar(es)
Eminência Parda (1900) 1 exemplar(es)
L'Arte di vivere 1 exemplar(es)
Novelas II 1 exemplar(es)
O divnyy novyy mir. Slepets v Gaze (2017) 1 exemplar(es)
Un mundo feliz 1 exemplar(es)
LOS CUERVOS DEL JARDÍN 1 exemplar(es)
Novelas Tomo I 1 exemplar(es)
Si restul e tacere 1 exemplar(es)
The French of Paris 1 exemplar(es)
Louise de la Valliere 1 exemplar(es)
A Day in Windsor 1 exemplar(es)
The Dwarfs 1 exemplar(es)
Antologia do conto moderno — Autor — 1 exemplar(es)
Fairy Godmother 1 exemplar(es)
Harper's modern classics 1 exemplar(es)
Cartas 1 exemplar(es)
Aldous Huxley Cartas 1 exemplar(es)
Cicadas and Other Poems (1931) 1 exemplar(es)
Essays : [in drei Bänden] (1994) 1 exemplar(es)
U prilog duhu (2015) 1 exemplar(es)
The Burning Wheel and Leda (2020) 1 exemplar(es)
Poesía completa (2011) 1 exemplar(es)
The Albatross almanac for 1935 (1935) 1 exemplar(es)
el camino al infierno 1 exemplar(es)
Pripovjetke 1 exemplar(es)
Brave New World (Dramatized) (2012) 1 exemplar(es)
Unser Glaube 1 exemplar(es)
Brave New World 1 exemplar(es)
℗L'℗arte della vista 1 exemplar(es)
Markmid og Leidir 1 exemplar(es)
Uncollected Stories 1 exemplar(es)
1977 1 exemplar(es)
1965 1 exemplar(es)
O Céu e o Inferno 1 exemplar(es)
A arte de ver 1 exemplar(es)
Essays of Aldous Huxley 1 exemplar(es)
Half-Holiday 1 exemplar(es)
Poslije mnogih ljeta 1 exemplar(es)
The Claxtons 1 exemplar(es)
On Language (1961) 1 exemplar(es)
Chawdron (2011) 1 exemplar(es)
LA PAIX DES PROFONDEURS. 1 exemplar(es)
Verhalen 1 exemplar(es)

Associated Works

The Bhagavad Gita (0400) — Introdução, algumas edições9,279 cópias
50 Great Short Stories (1952) — Contribuinte — 1,239 cópias
The Devil in the Flesh (1921) — Introdução, algumas edições1,103 cópias
CRIMES DO AMOR, OS (1800) — Introdução, algumas edições541 cópias
The First and Last Freedom (1954) — Prefácio, algumas edições499 cópias
The Penguin Book of English Short Stories (1967) — Contribuinte — 430 cópias
75 Short Masterpieces: Stories from the World's Literature (1961) — Contribuinte — 295 cópias
A Treasury of Short Stories (1947) — Contribuinte — 291 cópias
The Penguin Book of Contemporary Verse (1950) — Contribuinte, algumas edições264 cópias
A Book of English Essays (1942) — Contribuinte — 240 cópias
The Omnibus of Crime (1929) — Contribuinte — 208 cópias
The Gospel of Sri Ramakrishna (1942) — Prefácio, algumas edições192 cópias
The Oxford Book of English Short Stories (1998) — Contribuinte — 189 cópias
Zen and the Psychology of Transformation: The Supreme Doctrine (1951) — Prefácio, algumas edições177 cópias
Selected Letters (1950) — Editor — 165 cópias
Short Stories from the Strand (1992) — Contribuinte — 139 cópias
The Road to Science Fiction #2: From Wells to Heinlein (1979) — Contribuinte — 136 cópias
The World of Mathematics, Volume 4 (1956) — Contribuinte — 123 cópias
The Utopia Reader (1999) — Contribuinte — 111 cópias
Great Modern Reading (1943) — Contribuinte — 106 cópias
You Are Not the Target (1602) — Prefácio — 106 cópias
Soul: An Archaeology--Readings from Socrates to Ray Charles (1994) — Contribuinte — 101 cópias
Books and Printing: A Treasury for Typophiles (1951) — Contribuinte — 95 cópias
The Piero della Francesca trail (1523)algumas edições86 cópias
The Treasury of English Short Stories (1985) — Contribuinte — 84 cópias
The Complete Etchings of Goya (1943) — Prefácio, algumas edições84 cópias
The Treasury of Science Fiction Classics (1954) — Contribuinte — 75 cópias
Traveller's Library (1933) — Contribuinte — 70 cópias
The Awakening of Faith: The Classic Exposition of Mahayana Buddhism (1960) — Prefácio, algumas edições67 cópias
The Bedside Book of Famous British Stories (1940) — Contribuinte — 66 cópias
Brave New World: A Graphic Novel (2022) — Contribuinte — 60 cópias
Turning Points: Essays on the Art of Science Fiction (1977) — Contribuinte — 47 cópias
The Mammoth Book of Thrillers, Ghosts and Mysteries (1936) — Contribuinte — 47 cópias
Vedanta for Modern Man (1951) — Contribuinte, algumas edições46 cópias
Masters of the Modern Short Story (1945) — Contribuinte — 46 cópias
Krishnamurti: 100 Years (1995) — Autor — 46 cópias
The Oxford Book of Historical Stories (1994) — Contribuinte — 40 cópias
A Quarto of Modern Literature (1935) — Contribuinte — 39 cópias
Ellery Queen's Book of Mystery Stories by 25 Famous Writers (1952) — Contribuinte — 36 cópias
Modern English Short Stories (1939) — Contribuinte — 35 cópias
The Oxford Book of English Love Stories (1996) — Contribuinte — 34 cópias
Great Short Stories of Detection, Mystery, and Horror (1928) — Contribuinte — 32 cópias
The Devils [1971 film] (1991) — Original novel — 31 cópias
A Book of Essays (1963) — Contribuinte — 26 cópias
The Seas of God: Great Stories of the Human Spirit (1944) — Contribuinte — 25 cópias
A Virgin Heart (1925) — Tradutor, algumas edições23 cópias
Acupuncture : cure of many diseases (1971) — Prefácio, algumas edições23 cópias
Great English Short Stories (1930) — Contribuinte — 20 cópias
Twentieth Century Interpretations of 1984 (1971) — Contribuinte — 19 cópias
The Future is Now: America Confronts the New Genetics (2002) — Contribuinte — 17 cópias
Great Classic Stories II: Eighteen Unabridged Classics (2010) — Contribuinte — 15 cópias
The Panorama of Modern Literature (1934) — Contribuinte — 14 cópias
Future Media (2011) — Contribuinte — 13 cópias
Trees: A Celebration (1989) — Contribuinte — 13 cópias
Mehr Morde (1961) — Contribuinte — 13 cópias
Travel in Vogue (1981) — Autor — 11 cópias
Murder Without Tears (1946) — Contribuinte — 9 cópias
England forteller : britiske og irske noveller (1970) — Contribuinte — 9 cópias
Mystery in the Mainstream: An Anthology of Literary Crimes (1986) — Contribuinte — 9 cópias
Great Classic Mysteries: Thirteen Unabridged Stories (2010) — Autor, algumas edições8 cópias
Meesters der Engelse vertelkunst (1957) — Contribuinte — 8 cópias
Writer to Writer: Readings on the Craft of Writing (1966) — Contribuinte — 8 cópias
Food in Vogue: Six Decades of Cooking and Entertaining (1976) — Contribuinte — 8 cópias
Bachelor's Quarters: Stories from Two Worlds (1944) — Contribuinte — 7 cópias
The Black Cabinet (1989) — Contribuinte — 7 cópias
Time to Be Young: Great Stories of the Growing Years (1945) — Contribuinte — 7 cópias
The London Omnibus (1932) — Contribuinte — 6 cópias
Quintet: 5 of the World's Greatest Short Novels (1956) — Contribuinte — 6 cópias
They still draw pictures! (2019) — Introdução — 6 cópias
The Ambassador (1961) — Contribuinte — 5 cópias
The discovery: a comedy in five acts (1924) — Adaptation, algumas edições5 cópias
Huivering wekken : 26 onthutsende verhalen (1982) — Contribuinte — 4 cópias
The Best from Cosmopolitan — Contribuinte — 4 cópias
Profil d'une oeuvre : Le meilleur des mondes, Huxley (1986) — Contribuinte — 3 cópias
La experiencia del éxtasis 1955-1963 (2003) — Contribuinte — 3 cópias
Selections From Huxley (1911) 2 cópias
Great Tales of the Far West (1956) — Contribuinte — 2 cópias
Oxford Poetry 1917 (1918) — Contribuinte — 2 cópias
American Aphrodite (Volume Three, Number Nine) (1953) — Contribuinte — 2 cópias
Georgian Stories 1924 — Contribuinte — 2 cópias
Best Crime Stories 2 — Contribuinte — 1 exemplar(es)

Etiquetado

20th century (839) Aldous Huxley (551) anthology (439) British (518) British literature (724) classic (1,430) classics (1,470) drugs (456) dystopia (2,990) dystopian (732) England (269) English (431) English literature (899) essays (678) fiction (7,990) future (394) Hinduism (1,004) history (260) Huxley (385) India (394) literature (1,968) non-fiction (908) novel (1,493) own (326) philosophy (1,648) poetry (415) politics (307) psychology (342) read (1,038) religion (1,526) Roman (304) satire (405) science fiction (4,643) sf (411) short stories (734) spirituality (414) to-read (3,514) totalitarianism (274) unread (452) utopia (443)

Conhecimento Comum

Membros

Discussions

March 2013: Aldous Huxley em Monthly Author Reads (Março 2013)
Fiction 'midget' parents of growing boy em Name that Book (Março 2013)

Resenhas

Um clássico moderno, o romance distópico de Aldous Huxley é indispensável para quem busca leituras sobre autoritarismo, manipulação genética, ficção especulativa e outros temas que, embora tenham surgido com força durante a primeira metade do século XX, se tornam cada dia mais atuais.
Em uma sociedade organizada segundo princípios estritamente científicos, Bernard Marx, um psicólogo, sente-se inadequado quando se compara aos outros seres de sua casta. Ao descobrir uma “reserva histórica” que preserva costumes de uma sociedade anterior – muito semelhante à do leitor – Bernard vai perceber as diferenças entre esta civilização e a sua – e a partir de um sentimento de inconformismo ele desafiará o mundo. A história de Bernard se passa em um ambiente em que a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar a alienação; um universo que louva o avanço da técnica, a produção em série, a uniformidade contra a diversidade.
Muitas das previsões de Huxley vieram a ser confirmadas anos mais tarde, como a tecnologia reprodutiva, as supostas técnicas de aprendizado durante o sono e a manipulação pelo condicionamento psicológico.
Ao lado de obras como Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, e 1984, de George Orwell, que criticavam os governos totalitários de esquerda e de direita, Admirável Mundo Novo figura na lista dos livros mais relevantes e influentes de todos os tempos. O clássico de Huxley não é somente um hábil exercício de futurismo ou de ficção científica, mas um olhar acerca do autoritarismo no mundo desde que o livro foi publicado, em 1932, e que continua a nos assombrar.
… (mais)
 
Marcado
FranklinJRibeiro | outras 763 resenhas | Jan 13, 2023 |
Um clássico moderno, o romance distópico de Aldous Huxley é incontornável para quem procura um dos exemplos mais marcantes da tematização de estados autoritários, ao lado de 1984, de George Orwell.

Ele mostra uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras “pai” e “mãe” produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance Huxley.

Ao lado de 1984, que criticava acidamente os governos totalitários de esquerda e de direita, o terror do stalinismo e a barbárie do nazifascismo, em Huxley o objeto é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, na qual a racionalidade se tornou a nova religião, a ciência é o novo ídolo, um mundo no qual a experiência do sujeito não parece mais fazer nenhum sentido, e no qual a obra de Shakespeare adquire tons revolucionários.

Entretanto, o moderno clássico de Huxley não é um mero exercício de futurismo ou de ficção científica. Trata-se, o que é mais grave, de um olhar agudo acerca das potencialidades autoritárias do próprio mundo em que vivemos. Como um alerta de que, ao não se preservarem os valores da civilização humanista, o que nos aguarda não é o róseo paraíso iluminista da liberdade, mas os grilhões de um admirável mundo novo.
… (mais)
 
Marcado
matheus1berto21 | outras 763 resenhas | Jul 13, 2021 |
Um clássico moderno, o romance distópico de Aldous Huxley é incontornável para quem procura um dos exemplos mais marcantes da tematização de estados autoritários, ao lado de 1984, de George Orwell.

Ele mostra uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras “pai” e “mãe” produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford. Essa é a visão desenvolvida no clarividente romance Huxley.

Ao lado de 1984, que criticava acidamente os governos totalitários de esquerda e de direita, o terror do stalinismo e a barbárie do nazifascismo, em Huxley o objeto é a sociedade capitalista, industrial e tecnológica, na qual a racionalidade se tornou a nova religião, a ciência é o novo ídolo, um mundo no qual a experiência do sujeito não parece mais fazer nenhum sentido, e no qual a obra de Shakespeare adquire tons revolucionários.

Entretanto, o moderno clássico de Huxley não é um mero exercício de futurismo ou de ficção científica. Trata-se, o que é mais grave, de um olhar agudo acerca das potencialidades autoritárias do próprio mundo em que vivemos. Como um alerta de que, ao não se preservarem os valores da civilização humanista, o que nos aguarda não é o róseo paraíso iluminista da liberdade, mas os grilhões de um admirável mundo novo.
… (mais)
 
Marcado
Rafael.Bartoletti | outras 763 resenhas | Mar 31, 2021 |
Ficção inglesa. Admirável mundo novo, uma antevisão de um futuro dominado pela ciência ao qual produziu uma sociedade completamente desumanizada.
 
Marcado
Sonia_Silva | outras 763 resenhas | Dec 12, 2020 |

Listas

1950s (1)
Books (1)
AP Lit (1)
1920s (1)
100 (1)
1930s (1)
Read (1)

Prêmios

You May Also Like

Associated Authors

D. H. Lawrence Contributor
Jane Austen Original book
George Sand Contributor
Jane Murfin Screenwriter
Emily Brontë Contributor
Fyodor Dostoyevsky Contributor
Arthur Machen Contributor
Guy de Maupassant Contributor
Theodor Fontane Contributor
John Webster Contributor
Honore de Balzac Contributor
Charlotte Brontë Contributor
Louisa May Alcott Contributor
Lewis Carroll Contributor
Alphonse Daudet Contributor
George Eliot Contributor
Leo Tolstoy Contributor
Anne Brontë Contributor
Joseph Conrad Contributor
Honoré de Balzac Contributor
Henry James Contributor
Oscar Wilde Contributor
Homer Contributor
Virginia Woolf Contributor
Thomas Dekker Contributor
Henri Barbusse Contributor
Mark Twain Contributor
Bram Stoker Contributor
Victor Hugo Contributor
Mary Shelley Contributor
Nikolai Gogol Contributor
Marcel Proust Contributor
Jack London Contributor
Arthur Conan Doyle Contributor
Dante Alighieri Contributor
Jonathan Swift Contributor
Gustave Flaubert Contributor
Henry Fielding Contributor
Theodore Dreiser Contributor
Stendhal Contributor
Washington Irving Contributor
Sir Walter Scott Contributor
E. M. Forster Contributor
Blaise Pascal Contributor
Edgar Allan Poe Contributor
Alexandre Dumas Contributor
Herman Melville Contributor
H. P. Lovecraft Contributor
Sun Tzu Contributor
Gaston Leroux Contributor
Felicity Belfield Illustrator
julian huxley Composer
Luís Dourdil Illustrator
David Bradshaw Introduction, Editor
Karl Freund Cinematographer
William Goetz Producer
George Barnes Cinematographer
Erika Dyck Editor
James Thurber Contributor
Annie M.G. Schmidt Contributor
Italo Calvino Contributor
Paul Theroux Contributor
Hans Keller Contributor
Louis Couperus Contributor
Thomas Mann Contributor
Kafavis K.P. Contributor
Maarten 't Hart Contributor
Kees van Kooten Contributor
Henk Spaan Contributor
Cees Nooteboom Contributor
Judith Herzberg Contributor
Rudy Kousbroek Contributor
August Willemsen Contributor
Bob den Uyl Contributor
Bas Heijne Contributor
F Kafka Contributor
Eric Newby Contributor
Laurence Sterne Contributor
S. Carmiggelt Contributor
Gerrit Komrij Contributor
Jan Eijkelboom Contributor
Paul Fussell Contributor
Jan Blokker Contributor
Nicolaas Beets Contributor
Jean Adhémar Contributor
Leonard Rosoman Cover artist, Illustrator
Ashley Montagu Introduction
Margaret Atwood Introduction
Charles Binger Cover artist
I. H. Orras Translator
Pauline Moody Translator
Yuval Noah Harari Introduction
Michael York Narrator
Georg Brochmann Translator
Maurits Mok Translator
Ton Heuvelmans Afterword
George Snow Cover artist
Mara McAfee Illustrator
Attilio Salemme Cover artist
John Vandenbergh Translator
Pé Hawinkels Translator
Max Ernst Cover artist
Marlys Herlitschka Übersetzer
Ian Whadcock Cover artist
Nicholas Mosely Introduction
Matthew Huxley Photographer
Tamara de Lempicka Cover artist
Malcolm Bradbury Introduction
Willem van Toorn Translator
John Bratby Illustrator
Peter Vos Cover designer
Clara Eggink Translator
Michael Foreman Illustrator
P. van Vliet Translator
Beatrice Alemagna Illustrator
Barbara Cooney Illustrator
Sophie Blackall Illustrator
Rafael Tasis Translator
Paul van Vliet Translator
Harald Raykowski Translator
M. Mok Translator
Helen Knopper Translator

Estatísticas

Obras
264
Also by
94
Membros
91,526
Popularidade
#102
Avaliação
3.9
Resenhas
1,229
ISBNs
1,629
Idiomas
36
Favorito
274

Tabelas & Gráficos