Picture of author.

Geraldine Brooks (1) (1955–)

Autor(a) de As memórias do livro

Para outros autores com o nome Geraldine Brooks, veja a página de desambiguação.

14+ Works 34,441 Membros 1,606 Reviews 131 Favorited

About the Author

Geraldine Brooks is the author of two acclaimed works of nonfiction, "Nine Parts of Desire" and "Foreign Correspondence." A former war correspondent, her writing has appeared in The Wall Street Journal, The New York Times, and The Washington Post. (Publisher Provided) Geraldine Brooks was born in mostrar mais Sydney, Australia on September 14, 1955. She attended Bethlehem College Ashfield and the University of Sydney. She worked as a feature writer with a special interest in environmental issues for The Sydney Morning Herald for three years. In 1982, she won the Greg Shackleton Australian News Correspondents scholarship to the journalism master's program at Columbia University in New York City. She later worked for The Wall Street Journal, where she covered the Middle East, Africa, and the Balkans. She has written both fiction and non-fiction books including Year of Wonders, Nine Parts of Desire, and The Secret Chord. She has won several awards including the Nita Kibble Literary Award for Foreign Correspondence, the Pulitzer Prize in fiction in 2006 for March, the New England Book Award for Fiction and the Christianity Today Book Award for Caleb's Crossing, and the Australian Book of the Year Award and the Australian Literary Fiction Award in 2008 for People of the Book. (Bowker Author Biography) mostrar menos

Obras de Geraldine Brooks

As memórias do livro (2008) 9,862 cópias
Year of Wonders (2001) 8,670 cópias
March (2005) 6,656 cópias
Caleb's Crossing (2011) 3,312 cópias
Horse (2022) 1,457 cópias
The Secret Chord (2015) 1,418 cópias
The Best American Short Stories 2011 (2011) — Editor — 346 cópias
The Idea of Home (2011) 22 cópias
On Tim Winton: Writers on Writers (2022) 1 exemplar(es)
Horse r 1 exemplar(es)

Associated Works

Etiquetado

17th century (307) 2008 (123) American Civil War (160) audiobook (123) Australia (210) Australian (138) book club (242) books (197) books about books (214) Bosnia (174) Civil War (553) ebook (144) England (455) fiction (3,660) Haggadah (205) historical (432) historical fiction (2,931) history (385) Islam (314) Judaism (325) Kindle (135) literature (174) Little Women (249) Middle East (192) mystery (137) Native Americans (131) non-fiction (351) novel (399) own (149) plague (660) Pulitzer (130) Pulitzer Prize (199) read (351) religion (374) Sarajevo (214) slavery (254) to-read (1,804) unread (141) war (154) women (257)

Conhecimento Comum

Outros nomes
Brooks, Geraldine
Data de nascimento
1955-09-14
Sexo
female
Nacionalidade
Australia
USA
País (para mapa)
USA
Local de nascimento
Sydney, New South Wales, Australia
Locais de residência
Waterford, Virginia, USA
Martha's Vineyard, Massachusetts, USA
Educação
University of Sydney (BA)
Columbia University (MA, Journalisme | 1983)
Bethlehem College
Ocupação
journalist
Relacionamentos
Horwitz, Tony (Epoux)
Organizações
The Wall Street Journal (Journaliste)
Sydney Morning Herald (Journaliste)
Harvard University, Sydney, Australie
Premiações
Overseas Press Club's Hal Boyle Award
Radcliffe Institute for Advanced Study fellowship, Harvard University (2006)
Dayton Literary Peace Prize's Lifetime Achievement Award (2010)
Helmerich Award (2009)
Prix Pulitzer de la fiction (2006)
Officier de l'Ordre de l'Australia (2016) (mostrar todas 7)
Université de Sydney (Doctorat honoris causa)
Agente
Kris Dahl (ICM)
Pequena biografia
Geraldine Brooks (born 14 September 1955) is an Australian-American journalist and novelist whose 2005 novel March won the Pulitzer Prize for Fiction.

A native of Sydney, Geraldine Brooks grew up in its inner-west suburb of Ashfield. Her father, Lawrie Brooks, was an American big-band singer who was stranded in Adelaide on a tour of Australia when his manager absconded with the band's pay; he decided to remain in Australia, and became a newspaper sub-editor; her mother Gloria, from Boorowa, was a public relations officer with radio station 2GB in Sydney. She attended Bethlehem College, a secondary school for girls, and the University of Sydney. Following graduation, she was a rookie reporter for The Sydney Morning Herald and, after winning a Greg Shackleton Memorial Scholarship, moved to the United States, completing a master's degree at New York City's Columbia University Graduate School of Journalism in 1983. The following year, in the Southern France artisan village of Tourrettes-sur-Loup, she married American journalist Tony Horwitz and converted to Judaism.

As a foreign correspondent for The Wall Street Journal, she covered crises in Africa, the Balkans, and the Middle East, with the stories from the Persian Gulf which she and her husband reported in 1990, receiving the Overseas Press Club's Hal Boyle Award for "Best Newspaper or Wire Service Reporting from Abroad". In 2006, she was awarded a fellowship at Harvard University's Radcliffe Institute for Advanced Study.

Brooks's first book, Nine Parts of Desire (1994), based on her experiences among Muslim women in the Middle East, was an international bestseller, translated into 17 languages. Foreign Correspondence (1997), which won the Nita Kibble Literary Award for women's writing, was a memoir and travel adventure about a childhood enriched by penpals from around the world, and her adult quest to find them.

Her first novel, Year of Wonders, published in 2001, became an international bestseller. Set in 1666, the story depicts a young woman's battle to save fellow villagers as well as her own soul when the bubonic plague suddenly strikes her small Derbyshire village of Eyam.

Membros

Discussions

Group Read: Horse by Geraldine Brooks em 75 Books Challenge for 2023 (Fevereiro 2023)

Resenhas

Ah, Geraldine Brooks... Cada livro que passa eu gosto mais ainda da sua narrativa e do seu jeito de escrever! Estou virando uma fã quase incondicional e já começo a procurar o próximo livro dela traduzido para português para ler... Os tradutores de suas obras, tem sido bons com ela... :)

Um Ano de Milagres é um romance histórico, muito bem baseado, feito com muito esmero e com uma pesquisa sólida que me impressionou em sua riqueza de detalhes. Tendo formação na área médica, e conhecendo um pouco da história das descobertas científicas que envolveram a epidemiologia de doenças como a peste bulbônica, posso afirmar que Geraldine foi muito feliz em relatar os acontecimentos e descrever os quadros dos doentes da aldeia acometida por ela.
A história do livro é narrada pela empregada do reverendo da aldeia, que sobrevive e o ajuda, assim como à sua esposa, na difícil tarefa de manter a doença isolada na aldeia, para preservar a vida das pessoas da região.
A visão da simples empregada vai evoluindo de acordo com a própria personagem, que começa analfabeta, mulher simples de um mineiro da aldeia, com pouco conhecimento das coisas, e termina como a mais fiel e forte aliada contra a doença, aprendendo não só a ler, mas latim e um pouco de outras línguas para desenvolver conhecimento e habilidades suficientes para auxiliar os aldeões.

No romance está presente também o conflito entre a religião e fé e a ciência, muito característica da época e especialmente da região onde a trama acontece, visto que eles estavam passando pelo processo reformista que dividiu famílias, nações e pessoas.

Nada é exagerado, tudo feito sob a medida correta para não se querer parar a leitura até saber o seu final, que para mim foi surpreendente e agradável! Nada de óbvio ou "viveram felizes para sempre"...
Recomendo o livro, a autora e a pesquisa sobre o momento histórico do livro!
… (mais)
½
 
Marcado
paula.datti | outras 410 resenhas | Apr 9, 2012 |
Quando os livros e autores são bons eles estimulam ainda mais a leitura. O Senhor March é o outro lado da história da família criada por Louise May Alcott em Mulherzinhas, mais um clássico da literatura britância que acabo de adquirir e será minha próxima leitura assim que terminar esse da querida Geraldine Brooks. :)

Gostei muito do livro, porém a narrativa por diversas vezes se torna um pouco lenta. Não é tão cativante quanto As Memórias do Livro, mas é muito lindo como ela pegou um hiato existente na obra de Alcott e se inspira o pai desta para criar a personagem central: Sr. March.
Também aprendi um pouquinho sobre a Guerra Civil americana, a Guerra da Secessão, foi muito interessante conhecer a guerra abolicionista de lá, muito diferente da que conhecemos por aqui.
Valeu o aprendizado!!!
… (mais)
½
 
Marcado
paula.datti | outras 275 resenhas | Jun 22, 2011 |
Ainda não terminei de ler...
Estou no segundo capítulo, mas tenho achado o livro sensacional... Não dá vontade de parar de ler. A narrativa é gostosa, e as informações técnicas estão na medida certa, trazendo algo de real sobre o cenário do livro, sem tornar a história lenta e chata.
Estou encantada, com a impressão de me apaixonar pela autora! :D

11/07/2008
Já terminei de ler esse livro faz algumas semanas e realmente adorei a histórias, apesar de muitas vezes achar que Brooks tem uma tendência feminista... :D
Estou com muita vontade de ler seus outros livros...

(16 de maio de 2008)
… (mais)
 
Marcado
paula.datti | outras 494 resenhas | Mar 11, 2011 |

Listas

Prêmios

You May Also Like

Associated Authors

Estatísticas

Obras
14
Also by
8
Membros
34,441
Popularidade
#550
Avaliação
3.9
Resenhas
1,606
ISBNs
360
Idiomas
21
Favorito
131

Tabelas & Gráficos