Picture of author.

Becky Albertalli

Autor(a) de Simon vs. the Homo Sapiens Agenda

19+ Works 11,301 Membros 502 Reviews 6 Favorited

About the Author

Includes the name: Albertalli Becky

Séries

Obras de Becky Albertalli

Associated Works

Love, Simon [2018 film] (2018) — Original book — 156 cópias

Etiquetado

2018 (68) audiobook (64) blackmail (44) bullying (52) coming of age (79) coming out (80) contemporary (186) ebook (94) English (31) family (30) favorites (37) fiction (460) friendship (150) gay (97) goodreads (42) goodreads import (40) high school (120) humor (47) Kindle (56) lgbt (199) LGBTQ (381) LGBTQ+ (67) LGBTQIA (68) library (27) love (33) New York City (30) novel (38) own (34) queer (89) read (113) read in 2018 (66) realistic fiction (111) relationships (37) romance (485) series (27) teen (44) to-read (1,160) YA (328) young adult (522) young adult fiction (92)

Conhecimento Comum

Outros nomes
Алберталли, Бекки
Data de nascimento
1982-11-17
Sexo
female
Nacionalidade
USA
Local de nascimento
Atlanta, Georgia, USA
Pequena biografia
Becky Albertalli is a former clinical psychologist who specialized in working with children and teens

Membros

Resenhas

Nossa e pensar que eu pedi dinheiro pra minha mãe comprar esse livro, já que na época era o único livro gay que eu sabia que existia e que eu achava que as pessoas não saberiam que é gay, jurei que tinha feito a linha incógnita.
Eu queria me matar lendo todas as marcas famosas possíveis e lojas americanas/estadunidenses sendo mencionados no inicio do livro, que porra é essa?? Por que caralhos a merda de uma bolacha de marca é tão relevante assim? Parece até que foi patrocinada pra escrever isso no livro, eu eim, faltou só honrar a bandeira no livro, falar como os eua tem o maior pinto do mundo, faltou só colocar o hino no meio, americano é uma praga mesmo.
Logo no inicio do livro, nomes e mais nomes são jogados pra lá e pra cá, sem explicar direito quem é quem, sem introduzir, como se eu tivesse que saber previamente quem está sendo mencionado. Esse insignificante do simon que todo mundo trata como se fosse um cara legal e lindo e fofo, é só um twink que é mais padrão do que twink, o livro e os amigos dele ficam hypando ele, jogando ele lá pra cima mas ele não é nem metade, só um adolescente medíocre chato do caralho, tem uns diálogos que parece eu de 2012, os amigos do simon carregam ele nas costas o livro todo, que vergonha de ler isso. Ele dirige antes dos 18 mas não pode beber álcool, nossa alguém tinha que explodir esse pais estúpido mesmo, onde que isso faz sentido? Dar um negócio gigante de metal que anda na mão de um adolescente é ok, mas beber álcool é muito perigoso.
Aquela tal de leah também é uma insuportável; não gosta de contato físico, não interage, insegura e faz questão de falar/expressar em todos os momentos suas inseguranças, qualquer coisa irrita ela, qualquer coisa ela vai embora, não se comunica, não gosta de garotas chegando perto do nick pq ela gosta dele só que ela em sí não vai lá e fala, mas mesmo assim quer ficar brava quando dão em cima dele, sério, bixinha chata da porra.
A única que salva nesse livro é a Abby, queridona, bem fictícia mesmo pra aguentar essas bombas, tem uma parte lá que ela fica brava com o simon por causa do martin e nossa asdyugefhiau foi do nada, nem fez sentido pq o inútil nem tava ajudando o outro la, e logo depois ela volta a falar com ele, eita como escreve.
Bem medíocre, as únicas partes boas do livro, ou melhor, decentes, são da metade pro final, que é quando as coisas realmente acontecem; brigas, revelações e quando o simon conhece o blue. O simon é a próprio farofa, sem acompanhamento você cansa de comer aquilo, que menino chato zé ninguém, nossa senhora que negócio ruim de mastigar, de digerir. Esse livro não precisava ter tudo isso de páginas não, foram muitas palavras pra poucas informações. Capa feia da porra, copiaram e colaram do filme. Foi uma luta pra eu conseguir terminar de ler, não quero essa bosta na minha estante não, então perguntei pros meus amigos se alguém queria trocar esse livro e um deles disse que "só alguém de 13 anos pra gostar disso né".
… (mais)
 
Marcado
Fartomic | outras 234 resenhas | Dec 28, 2023 |

Listas

Prêmios

You May Also Like

Associated Authors

Mathilde Tamae-Bouhon Traduction, Translator
Astrid Staartjes Translator
Ingo Herzke Übersetzer
Ivana Cingelová Translator
Tiziana Lo Porto Translator
Victoria Simó Traductor
Lotta Sonninen Translator
Böbe Weisz Translator
Mario Pulver TõLkija
Mathilde Bouhon Traduction
Christel Kröning Übersetzer
Hanna Fliedner Übersetzer
Noah Galvin Narrator
Maija Lang Narrator
Åsa Kempe Translator
Peikko Pitkänen Translator
Stian Omland Translator
Teresa Lanero Translator
Regiane Winarski Translator
Ana Rodrigues Translator
Margot Reesink Translator
Denise Silvestri Translator
Tiya Sircar Narrator
Bebe Wood Narrator
Ana Guadalupe Translator

Estatísticas

Obras
19
Also by
2
Membros
11,301
Popularidade
#2,079
Avaliação
4.0
Resenhas
502
ISBNs
238
Idiomas
16
Favorito
6

Tabelas & Gráficos